TAÇA CIDADE

Imperatriz já está na final

O empate de 0 a 0, ontem à tarde, no Estádio Lucídio Frazão, em Chapadinha garantiu o Imperatriz na final do 1º turno da Taça Cidade de São Luís. O adversário da decisão será Sampaio ou Moto que iniciam a semifinal hoje à noite.

De 2005 para cá, o Imperatriz sempre esteve presente em finais. Naquele ano, o Cavalo decidiu o 2º turno e foi campeão. Depois, acabou atropleando o Moto na decisão do estadual e conquistanto o título inédito de Campeão Maranhense.

Em 2006, o Imperatriz decidiu a Taça Cidade de São Luís, mas acabou derrotado pelo MAC. No Campeonato Maranhense, o Cavalo decidiu o 1º turno contra o Moto, mas foi derrotado outra vez. Agora, o Imperatriz é a primeira equipe a garantir vaga na final do 1º turno da Taça Cidade de São Luís e vai para mais um mata-mata. É nessa hora que o time e a torcida do Cavalo crescem.

Sampaio e Moto iniciam briga

A briga pela outra vaga na final do 1º turno da Taça Cidade de São Luís começa nesta segunda-feira. O Moto enfrenta o Sampaio, às 20h30, no Estádio Nhozinho Santos com a vantagem e joga por dois resultados iguais.

Será a primeira partida do time rubro-negro após a morte do diretor de futebol, Raul Menezes registrada na semana passada no Nhozinho Santos durante o clássico Sampaio x Moto. Naquela ocasião, a partida estava empatada de 0 a 0 e foi suspensa aos 40 minutos do 1º tempo.

O Moto entra na semifinal com a vantagem e joga por dois resultados iguais. O Sampaio terá que vencer um jogo e empatar outro, ou ainda vencer um e perder outro, mas a vitória deverá ser com saldo de gols superior à derrota.

Publicidade

SAMPAIO X MOTO

Clássico será realizado hoje à noite

Sampaio e Moto iniciam hoje a semifinal do 1º turno da Taça Cidade de São Luís. Os dois times voltam a campo para disputar a partida interrompida na segunda-feira passada, aos 40 minutos do 1º tempo com a morte do diretor de futebol do Moto, Raul Menezes. Mas a partida será disputada em seu tempo integral e os trocedores que guardaram o canhoto do ingresso terão acesso garantido às arquibancadas e cadeiras.

Os dois times estão cheios de novidades. O Sampaio lançará Juninho Laguna e possivelmente um lateral-esquerdo que estaria sendo contratado e já desembarcaria em São Luís em condições de jogo, além de Delmir, Válber e André Alves que a torcida terá a oportunidade de observar mais uma vez. O Moto adiou a estréia de Édson Mendes que não ganhou condição de jogo, mas o meia Fred e o atacante Gilson ficarão como opção no banco de reservas, além de Gabriel que se recuperou de contusão e estava parado desde outubro do ano passado.

São ingredientes que levam a crer que teremos um grande jogo hoje à noite, a partir de 20h30, no Estádio Nhozinho Santos.

Publicidade

GALO X CAVALO

Primeiro finalista sai hoje

Se depender do retrospecto do Chapadinha dentro de casa e do Imperatriz fora do Frei Epifânio podemos dizer que o Galo é favorito e deve conquistar a primeira vaga na final do 1º turno da Taça Cidade de São Luís. Mas o jogo deste domingo terá características bem diferentes.

Será um Chapadinha correndo atrás da vitória, enquanto o Imperatriz atuará de forma cautelosa e tentando parar o adversário, afinal um simples empate garantirá o Cavalo na decisão.

Dos 12 pontos disputados em casa, o Chapadinha conquistou 10. Foram três vitórias, uma delas contra o Imperatriz e um empate. O Imperatriz fez três jogos fora de casa. Dos nove pontos disputados, o Cavalo de Aço conquistou apenas um.

As duas equipes já se enfrentaram duas vezes durante a competição. Na primeira, o Chapadinha venceu de 2 a 0. No último encontro, o Imperatriz venceu por 1 a 0, na partida de ida pela semifinal. Essa foi a primeira derrota do Galo da Chapada na competição.

Acompanhe o retrospecto do Chapadinha em casa e do Imperatriz fora:

Chapadinha 2 x 1 Comerciário
Chapadinha 2 x 0 Bacabal
Chapadinha 1 x 1 Santa Quitéria
Chapadinha 2 x 0 Imperatriz

Sampaio 2 x 1 Imperatriz
Santa Quitéria 1 x 1 Imperatriz
Chapadinha 2 x 0 Imperatriz

Publicidade

SAMPAIO

Torcedor vai ver um time novo

O torcedor do Sampaio tem motivos de sobra para acreditar na equipe para o clássico desta segunda-feira contra o Moto. Os Bolivianos acharam que o time tinha tudo para vencer o seu maior rival até acontecer a morte do diretor de futebol do Moto, Raul Menezes e a interrupção da partida.

Naquela ocasião, três jogadores contratados estavam o time. O goleiro Delmir, o lateral-direito Válber e o meia André Alves. Para o jogão da próxima segunda-feira, o técnico Agnaldo Liz reforça o time ainda mais com Juninho Laguna, no ataque.

Serão pelo menos quatro novidades na equipe, mas o Sampaio ainda poderá promover a estréia de um lateral-esquerdo cujo nome é um mistério, mas que já estaria sendo contratado e como está atuando teria condições de enfrentar o Moto na segunda-feira.

Com os reforços, o jogo ganha conotação decisiva para o futuro do treinador Agnaldo Liz. A diretoria e a torcida Tricolor não aceitariam uma nova derrota para o Moto. Na última partida, o time perdeu de 2 a 0.

Publicidade

TUDO ERRADO

Regulamento da Taça Cidade e as normas da CBF dizem outra coisa

Li o regulamento da Taça Cidade de São Luís e as normas gerais da Confederação Brasileira de Futebol. Ficou ainda mais claro para mim. A partida entre Sampaio e Moto suspensa na última segunda-feira com a morte do diretor de futebol do Moto, Raul Menezes deveria ser reiniciada aos 40 minutos do 1º tempo. As normas gerais da CBF em seu Artigo 37, parágrafo 1º, ítem “f” é bastante clara: Uma partida só poderá ser adiada, interrompida ou suspensa quando ocorrerem os seguintes motivos: motivo extraordinário, não provocado pelos clubes, e que represente uma situação de comoção incompatível com a realização ou continuidade da partida. Foi o que aconteceu no Estádio Nhozinho Santos. A FMF decidiu simplesmente cancelar a partida, rasgando o seu próprio regulamento e desrespeitando as normas gerais da CBF. E mais uma vez todo mundo aceita.

REGULAMENTO DA TAÇA CIDADE

Art. 15 – Em caso de suspensão do jogo até os 30 minutos do segundo tempo, a partida terá continuidade 24:00 horas após, sendo reiniciada com o mesmo resultado do momento que houve a interrupção, somente podendo participar os atletas que já estavam relacionados na súmula.

NORMAS GERAIS DA CBF

Art. 37 – O árbitro é a única autoridade para decidir, a partir de duas horas antes do horário previsto para o início da partida, sobre o seu adiamento, ressalvada a causa de mau estado do campo, a qual poderá ser objeto de decisão anterior ao período de duas horas, bem como, no campo, a respeito da interrupção ou suspensão definitiva de uma partida, fazendo chegar ao Departamento Técnico da CBF, em 24 horas, um relatório minucioso dos fatos.
§ 1º – Uma partida só poderá ser adiada, interrompida ou suspensa quando ocorrerem os seguintes motivos:
a) falta de garantia;
b) mau estado do campo, que torne a partida impraticável ou perigosa;
c) falta de iluminação adequada;
d) conflitos ou distúrbios graves, no campo ou no estádio.
e) procedimentos contrários à disciplina por parte dos componentes dos clubes e/ou de suas torcidas.
f) motivo extraordinário, não provocado pelos clubes, e que represente uma situação de comoção incompatível com a realização ou continuidade da partida
.

INGRESSOS

E ontem, a FMF definiu os preços dos ingressos para o novo jogo entre Sampaio e Moto marcado para segunda-feira, às 20h30, no Estádio Nhozinho Santos. O torcedore que pagou R$ 20,00 (nas cadeiras) e R$ 8,00 (nas arquibancadas) e guardou o canhoto do ingresso terá acesso garantido. Quem perdeu o canhoto e demais torcedores pagarão R$ 10,00 (nas cadeiras) e R$ 4,00 (nas arquibancadas). Não me perguntem porque o novo preço.

Publicidade

OLHO GRANDE

Jogo não será de portões abertos

Agora é definitivo. A nova partida entre Sampaio e Moto interrompida aos 40 minutos do 1º tempo com a morte do diretor de futebol do Moto, Raul Menezes não será de portões abertos.

Os dirigentes dos clubes juntamente com o presidente da Federação Maranhense de Futebol, Alberto Ferreira anunciaram ainda na segunda-feira que a partida seria de portões abertos, mas ontem, a FMF decidiu voltar atrás alegando que a CBF não permite jogos com portões abertos.

Essa foi a justificativa encontrada para tirar mais dinheiro do bolso do torcedor. Aquele que foi ao estádio e pagou ingresso, mas por descuido não guardou o canhoto terá que pagar novamente.

Mais uma vez não vale a palavra dos dirigentes. Quem estava no estádio na segunda-feira acompanhou ao vivo pelas emissoras de rádio o acordo feito no campo de jogo. De forma precipitada decidiram abrir os portões numa demonstração de total desconhecimento da legislação.

Torcedor que é torcedor vai ao estádio e até aceita pagar ingresso outra vez até para ajudar os clubes que estão precisando bastante. O que ninguém suporta mais é este estado de coisas em nosso futebol. Mesmo se a partida tivesse sido confirmada com portões abertos tinha a minha desconfiança se o estádio ficaria lotado. Mas enfim, Sampaio e Moto jogam na próxima segunda-feira (5 de março), às 20h30, no Estádio Nhozinho Santos pela semifinal do 1º turno da Taça Cidade de São Luís.

Publicidade

DOIS TOQUES

Substituto de Raul Menezes

A diretoria do Moto ainda não sabe quem será o substituto do diretor de futebol, Raul Menezes que morreu após sofrer um ataque cardíaco fulminante na segunda-feira, durante a partida com o Sampaio, em pleno Estádio Nhozinho Santos.

O presidente Carlos Henrique Paixão convocará toda diretoria para uma reunião nos próximos dias. No início do ano passado, Raul Menezes trabalhou no time do Santa Quitéria. Durante este período, o atual supervisor José Rui Abreu Aires ocupou o cargo de diretor de futebol.

De quem é a esponsabilidade?

A morte do diretor de futebol do Moto, Raul Menezes abriu uma grande discussão na cidade. A lei determina que é obrigatória a presença do desfibrilador portátil nos estádios de futebol e não havia este equipamento no Nhozinho Santos, na trágica noite de segunda-feira. O estádio não possui ambulatório. A ambulância do SAMU estava lá sim, mas infelizmente não estava equipada. Até onde sei, a competição é da Federação Maranhense de Futebol, mas até agora ninguém falou nada sobre o assunto. Os dirigentes da FMF apenas lamentaram o ocorrido.

Conquista e homenagem

Durante o velório e até no enterro de Raul Menezes, os jogadores do Moto não falavam em outra coisa. Eles fizeram um pacto e garantiram que vão conquistar uma das vagas para o Campeonato Brasileiro Série C e o título da Taça Cidade de São Luís como forma de homenagear o ‘paizão’, Raul Menezes como era carinhosamente chamado por todos.

Datas definidas

A Federação Maranhense de Futebol confirmou a data da nova partida entre Sampaio e Moto. Será na segunda-feira (5 de março) e será realizada com portões abertos. A segunda partida acontecerá na quinta-feira (8 de março). O jogo do Chapadinha com o Imperatriz foi transferido para domingo, às 16h, no Estádio Lucídio Frazão.

Estréias no clássico

O clássico de segunda-feira entre Sampaio e Moto poderá marcar a estréia de vários jogadores. No Tricolor, o atacante Juninho Laguna deverá ser regularizado. O meia Cássio é outro que poderá iniciar a partida. O torcedor do sampaio poderá conhecer um pouco melhor o goleiro Delmir, o lateral Válber e o meia André Alves. No rubro-negro, Édson Mendes, Fred e Gilson são as opções de Arlindo Azevedo.

Publicidade

ADEUS

Futebol maranhense perde Raul Menezes

Tudo levava a crer que seria mais uma grande noite de Moto e Sampaio, mas a partida válida pela semifinal do 1º turno da Taça Cidade de São Luís foi interrompida aos 44 minutos do 1º tempo quando o diretor de futebol do Moto, Raul Menezes sofreu um ataque cardíaco fulminante e morreu.

Aos 52 anos, Raul Menezes era um dos mais apaixonados torcedores do Moto. Não seria nenhum exagero afirmar que Raul Menezes vivia 24 horas para o Moto. Torcedor nenhum vai esquecer as suas descidas em passadas largas em direção ao vestiário quando o time não ia bem. Muitas vezes, Raul conseguiu virar o jogo.

Lembro-me de uma das conquistas do Moto com Raul. O time perdia por 4 a 0 para o Sampaio. Isso apenas no 1º tempo. Raul não perdia a esperança. “Vamos voltar para o 2º tempo e buscar o resultado”. O Moto voltou e ainda fez dois gols e a partida terminou 4 a 2. No segundo jogo, o Moto fez 3 a 0 e sagrou-se campeão maranhense. Essa era a marca do Raul.

Uma de suas últimas entrevistas é também uma das mais polêmicas. Raul convocou os torcedores a se vestirem de “palhaços” ou “bobo da corte”. Era o desabafo após o julgamento na Comissão Disciplinar da FMF que segundo Raul teria beneficiado o seu maior rival. “Eu quero saber é o que falta a gente ver aqui no futebol do Maranhão”, disse

Hoje pela manhã cheguei a conversar com o Raul sobre o clássico com o Sampaio. Homem de poucas palavras, Raul disse: “Vamos lá, vamos buscar a vitória como sempre”.

Raul não viu a vitória rubro-negra, mas vai deixar muita saudade e será sempre lembrado como um dos grandes nomes do futebol maranhense de todos os tempos.

Que o Raul descanse em Paz.

Publicidade

COPA DO BRASIL

Moto perde e também está eliminado

Nem bem a Copa do Brasil começou e já estamos fora da competição. Tem sido assim nos últimos anos. Na semana passada, o Sampaio perdeu para o Fortaleza de 3 a 1, no Nhozinho Santos e deu adeus à competição logo no primeiro jogo. Ontem, o Moto não fez por menos e seguiu o caminho do seu maior rival. O time rubro-negro foi derrotado pelo Goiás por 3 a 1 e também está desclassificado da Copa do Brasil.

Não considero nenhuma surpresa a eliminação dos nossos dois representantes logo na primeira partida. Surpresa seria seguir em frente. E não era tão difícil assim, afinal Fortaleza e Goiás não são nenhum bicho de 7 cabeças.

O que mais me deixa preocupado é a forma passiva como dirigentes, comissão técnica e jogadores de Moto e Sampaio encaram a desclassificação. “Jogamos contra uma equipe da 1ª divisão ou enfrentamos um adversário que acabou de disputar a Série A” – justificam.

Isso prova que o nosso futebol está mesmo sem objetivo. E onde vamos parar se não temos condição de engrossar o jogo contra uma equipe da 1ª ou 2ª divisão como fez o Pirambu-SE, Fast-AM, Adesg-AC ou mesmo o Ulbra-RO? Fora das grandes competições nacionais, o nosso futebol segue rumo a um abismo que parece estar bem mais perto do que imaginamos. Se é que já não estamos lá embaixo.

Publicidade

É HOJE

Moto estréia na Copa do Brasil

O time rubro-negro estréia hoje na Copa do Brasil. O adversário será o difícil time do Goiás, de Petkovic e do técnico Geninho. O Moto levou a partida com muita seriedade e não quer repetir o “papelão” do Sampaio que foi logo eliminado pelo Fortaleza.

Os jogadores do Moto sabem que segurar o Goiás, mesmo em São Luís não será nada fácil. O verdão vem de excelente campanha no Brasileirão da Série A e está dando total prioridade à Copa do Brasil.

O Moto cumpre campanha que pode ser considerada apenas regular na Taça Cidade de São Luís. Na última partida venceu o Sampaio de 2 a 0 e isso foi o suficiente para a torcida acreditar no time. Mas para o jogo de hoje, o torcedor não terá acesso ao Nhozinho Santos.

O Moto foi punido pelo STJD da CBF e terá que cumprir a punição da perda do mando de campo em um jogo. E isso provocará um grande prejuízo financeiro ao rubro-negro.

O torcedor ficará ligado na transmissão da Rádio Mirante AM que acompanhará todos os detalhes de Moto e Goiás. Para isso basta sintonizar AM 600 ou acessar o site miranteam.com. A partida começa às 20h45 (horário local).