Banner

Em Crise, Sampaio enfrenta o MAC

Desclassificado do Campeonato Brasileiro Série C, após péssima campanha dentro de campo e do STJD ter arquivado a denúncia contra a Tuna Luso, o Sampaio entra em campo hoje à noite contra o Maranhão, às 20h30, no Estádio Nhozinho Santos pelo 1º turno do Campeonato Maranhense.

O Tricolor não vence a sete jogos (cinco pela Série C e duas pelo Estadual). Além, disso, a diretoria deverá anunciar uma lista de dispensas para o próximos dias e já mandou um recado: os jogadores que quiserem continuar terão os salários reduzidos.

Os jogadores Coelho (atacante) e Caldeiras (lateral-direito) foram dispensados e estão fora do clássico. O técnico Wink recebeu uma proposta de um time de Porto Alegre e deverá deixar o Sampaio.

O time que enfrenta o Maranhão somente será definido no vestiário do Nhozinho Santos.

Denúncia

A diretoria do Sampaio negou que a denúncia contra a Tuna Luso tenha sido arquivada pelo STJD. O assunto foi destaque apenas nos jornais do Pará.

Publicidade

Cavalo até na quarta divisão!

Por Werlyn Sandro Noleto Chaves

Caro Zeca,

Admiro seu trabalho, mas tá na hora de vossa senhoria parar de favorecer a Tuna e Sampaio em seu Blog. Sinceramente! Cadê sua imparcialidade? Tenho minhas dúvidas se a denúncia não partiu da própria Federação dando início a uma conspiração pra tirar o Cavalo de Aço. Esse Geografia é um mala e tem grande influência no FMF. Tá na cara, o Imperatriz perde seus 6 e fica com 4, a Tuna perde 6 também e fica com 2 e o Sampaio sai por fora comendo tudo e sob influência fortíssima de Fernado Sarney, vice-presidente da CBF, entidade esta que não tem nenhuma credibilidade moral quando aciona seu STJD. O Sampaio tem sim é que montar um time de vergonha, toma duas lavadas de 4 x 0 no campeonato e ainda quer prosseguir na competição. Pra quê? Coitado dos Bolivianos. Timinho sem vergonha!

Passar bem caro Zeca!!

RESPOSTA:

Caro Werlyn,

Inicialmente quero continuar contando com a sua participação aqui e pedir a permissão para chamá-lo de amigo. Nos últimos dias tenho acompanhado a sua participação e quero deixar bem claro que como todo e qualquer brasileiro sou torcedor de um clube, mas não sou responsável pelo que acontece dentro ou fora dele. E também não tenho nenhuma influência no dia-a-dia dos outros demais clubes. E se tivesse “tal influência” ela seria usada para o bem.

Compreendo a angústia e a decepção que tomou conta de todos vocês depois daquela bomba que estourou na semana passada. E digo que compreendo porque sei que o Imperatriz tem time para seguir bem mais adiante. Tenho acompanhado a campanha do Barras-PI (nossos vizinhos) e ficaria muito feliz em ver um time do Maranhão e outro do Piauí de volta à Série B.

Mas daí você achar que estou beneficiando Tuna ou Sampaio no blog parece demais. Não posso fazer nada nessa questão. Os auditores do STJD não julgarão nada com base nos meus textos. Se fosse assim, o presidente do STJD não teria considerada vazia a denúncia do Sampaio. Por isso, apenas relatei os fatos aqui.

Mas voltando ao caso Rossini houve um erro de um funcionário do próprio Imperatriz e apesar disso já disse aqui que ele não é o único culpado. Até onde ouvi, o próprio diretor técnico da CBF, Virgílio Elísio disse que a denúncia partiu da própria CBF que constatou a irregularidade numa contagem de rotina. E fez a denúncia junto ao STJD.

Quanto à liminar. Ouvi do próprio repórter Carlos Dantas (Rádio Mirante AM) que a liminar do Imperatriz havia sido acatada. Perguntei: acatada onde? Se era apenas para receber… O que interessava era que a liminar mandasse acontecer o jogo entre ABC e Imperatriz. Mas não foi isso. E as coisas continuam na mesma.

As chances do Imperatriz são pequenas, mas mesmo assim ninguém sabe o que vai acontecer no STJD. Na minha opinião, qualquer que seja o resultado de hoje, o mundo não vai acabar por isso. Todos nós (imprensa, clubes e atletas) seremos derrotados. Não é apenas o Imperatriz que poderá sair da Série C. É o o futebol maranhense que estará desclassificado da competição também.

Publicidade

São Luís conquista a Taça Cidade de Beach Soccer

A seleção de São LuÍs conquistou neste domingo, o titulo da primeira edição da Taça Cidade de Beach Soccer ao derrotar o selecionado de Primeira Cruz pelo placar de 6 x 4, em partida disputada na Arena Domingos Leal, na Lagoa da Jensen.

A competição disputada na Lagoa da Jansen foi uma homenagem aos 395 anos da cidade de São Luís e contou com a participação de quatro equipes: São Luís, Raposa, Paço do Lumiar e Primeira Cruz.

O primeiro tempo da partida começou com o São Luís arriscando com o jogador Cacá que abriu logo o placar em uma jogada iniciada por Jaldo. Com a desvantagem no placar, a seleção de primeira Cruz passou a desperdiçar algumas oportunidades até marcar o gol de empate com Laurinho em um chute de fora da área. O segundo gol de São Luís foi marcado mais uma vez pelo jogador Cacá. O primeiro período terminou com vitória de São Luís pelo placar de 2 x 1.

A segunda etapa começou com a seleção de Primeira Cruz pressionando em busca do gol de empate, depois de três tentativas seguidas Carlão conseguiu empatar a partida 2 x 2. Os jogadores de São Luís após o gol de empate passaram a pressionar, em duas tentativas Ricardo desperdiçou chances claras de gol. Depois das duas tentativas Ricardo virou o placar para 3 x 2 para São Luís em uma jogada que saiu dos pés de Janilber.

Na terceira e última etapa o domínio total foi da seleção da Capital que conseguiu marcar mais três gols com Cacá, enquanto a seleção de Primeira Cruz descontou com Marcelo e Aran. Final de jogo 6 x 4 para a Seleção de São Luís.

Foi um evento muito bom apesar de ter sido a primeira edição, ficamos muito feliz pelo excelente desempenho das duas equipes que chegaram a final. A seleção de São Luís ganhou com mérito e tecnicamente foi uma seleção muito bem composta desde o inicio da competição – disse o presidente da Federação Maranhense de Beach Soccer Eurico Pacifico.

Cacá conquista termina como artilheiro da Competição

O jogador Cacá, da Seleção de São Luís além de conquistar o titulo também garantiu a artilharia da competição. Nos quatro jogos disputados, Cacá marcou 11 gols, sendo cinco deles na decisão contra a seleção de Primeira Cruz.

Campanha da Seleção de São Luís

São Luís 2 x 3 Primeira Cruz
São Luís 4 x 3 Raposa
São Luis 4 x 3 Paço do Lumiar
São Luis 6 x 4 Primeira Cruz

Publicidade

Chegou a hora

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBF realiza hoje, às 18h, o Imperatriz no caso Rossini. Segundo o departamento técnico da CBF, o Imperatriz lançou o jogador com três cartões amarelos na partida contra o Sampaio em São Luís, pela penúltima rodada da 2ª fase do Campeonato Brasileiro Série C. Se a irregularidade for confirmada, o Imperatriz perderá seis pontos e estará eliminado da terceirona. Além disso ainda deverá ser multado.

O advogado do Imperatriz, José Mauro Couto alegará durante a defesa do clube maranhense que não houve má fé e sim um equívoco na interpretação da legislação por parte de um funcionário do clube.

Ontem, o Imperatriz empatou com o Nacional de 1 a 1 pelo 1º turno do Campeonato Maranhense, no Estádio Frei Epifânio D’Abadia. Rossini marcou para o Imperatriz e Carlinhos Silva empatou para o Nacional.

Publicidade

Campeonato Maranhense

Imperatriz e Nacional de Santa Inês empataram de 1 a 1, ontem, à noite, no Estádio Frei Epifânio D’Abadia. Rossini marcou para o Cavalo de Aço e Carlinhos Silva fez o gol de empate do Nacional. O Imperatriz volta a jogar na quinta-feira (13) contra o Maranhão, no Estádio Nhozinho Santos.

Publicidade

Copa Maranhão de Futebol Sub-18

Definidos os grupos da 4ª etapa da Copa Maranhão Sub-18 que reunirá as equipes da Grande São Luís, Munin e Lençóis. Seis equipes confirmaram a participação na etapa que terá início na próxima terça-feira (11).

Os grupos foram definidos através de sorteios e terão Sampaio, Moto/Desportiva e Macau Esporte no Grupo A. Maranhão, Americano e Rosário formam o Grupo B.

Os jogos serão realizados no Estadio Nhozinho Santos e terão a transmissão da Rádio Mirante AM. Confira a tabela:

11/09 – Terça-feira

18h – Americano x Maranhão
20h – Sampaio x Moto/Desportiva

12/09 – Quarta-feira

18h – Perdedor Americano e Maranhão x Rosário
20h – Perdedor Sampaio e Moto/Desportiva x Macau Esporte

14/09 – Sexta-feira

18h – Vencedor Sampaio e Moto/Desportiva x Macau Esporte
20h – Vencedor Americano e Maranhão x Rosário

15/09 – Sábado

18h – Campeão do Grupo A x Campeão do Grupo B

Publicidade

Ex-capitão Tião é o novo treinador do Moto

A diretoria do Moto confirmou esta tarde o acerto com o ex-jogador do clube Tião para comandar o time rubro-negro no restante do Campeonato Maranhense. Tião foi volante do Moto na década de 80 e conquistou vários títulos como capitão do time. Ele assume no lugar de Ronaldo Bagé que deixou o clube após acordo com a diretoria que decidiu reduzir as despesas no Papão do Norte.

A apresentação de Tião acontecerá na próxima segunda-feira à tarde, quando os jogadores voltam a treinar após quase um mês em greve por conta dos salários atrasados.

O Moto volta a jogar pelo Campeonato Maranhense no próximo domingo (16), no clássico contra o Sampaio, às 17h, no Estádio Nhozinho Santos.

Publicidade

Estádio Frei Epifânio D’Abadia completamente lotado

Dura realidade

Imagino o sentimento que tomou conta de jogadores, comissão técnica, dirigentes e torcedores do Imperatriz diante da possibilidade de desclassificação do Campeonato Brasileiro Série C por causa da utilização do meia Rossini de forma irregular na partida contra o Sampaio. Não se fala de outra coisa na Região Tocantina. A bomba que explodiu na segunda-feira acabou com a euforia que tomou conta de Imperatriz após a vitória do domingo contra a Tuna.

Ninguém admite a hipótese de eliminação, mas a entrevista concedida pelo diretor técnico da CBF, Virgílio Elísio à Rádio Mirante AM deixou pouca esperança à torcida colorada.

Segundo Virgílio foi um erro primário. Ele disse ter a certeza de que não houve má fé do clube maranhense ao lançar o jogador com três cartões amarelos, mas isso não basta para o STJD.

Temos todos que ser realistas neste momento bastante delicado. A situação é difícil e quase irreversível. Vencer no SJTD seria, na minha opinião, a principal vitória do Imperatriz em toda a sua história.

Serão quatro longos dias até a próxima segunda-feira. O julgamento é como uma

decisão. Os jogadores ficam tensos e se fosse por eles, a partida até aconteceria logo. Que bom seria que isso já tivesse sido resolvido.

Mas qualquer que seja a decisão do SJTD, o episódio envolvendo o Imperatriz servirá de exemplo para todos os clubes maranhenses. O mundo não acabará por isso e não existirá apenas um culpado. Futebol precisa de profissionalismo. Não chegaremos nunca a lugar nenhum se continuarmos com estamos. Aos jogadores e torcedores diria que o sonho de retornar à Série B continua.

Publicidade

Tricolor empata com Nacional

Depois da eliminação na Série C, a má fase do Sampaio continua. Em jogo que marcou o reinício do Campeonato Maranhense, o Tricolor deixou escapar a vitória e conquistou apenas o empate de 2 a 2 com o Nacional na noite desta quarta-feira (5), no Estádio Nhozinho Santos.

O primeiro tempo começou equilibrado, mas foi o Nacional quem abriu o marcador. Aos 15min, Juninho cobrou falta e marcou o primeiro da equipe de Santa Inês. O gol de empate do Sampaio saiu logo depois, aos 21min, com o estreante Diego, de pênalti. Ainda na primeira etapa, Leandro Maragnon bateu na saída do goleiro do Nacional para marcar o gol da virada da Bolivía, aos 46 min. No segundo tempo, aos 22, Café aproveitou cruzamento na área do Sampaio e converteu de cabeça a favor do Nacional. Final, Sampaio 2×2 Nacional.

Com o resultado o Sampaio ocupa a 5ª colocação no Estadual com 11 pontos ganhos, já o Nacional ocupa a 7ª posição com 8 pontos. O próximo jogo do Sampaio será o clássico contra o MAC, marcado para a próxima segunda-feira, no Nhozinho Santos.

Fonte: Luís Victor, Imirante

Publicidade

Taça Cidade de São Luís de Beach Soccer

O show de bola na areia vai começar. A partir desta quinta-feira até o próximo domingo a capital maranhense será homenageada no aniversário de 395 anos com a . O torneio será disputado por quatro equipes: São Luís, Raposa (Toca do Vale), Paço do Lumiar e Primeira Cruz. Todas as seleções jogarão entre si e as duas primeiras colocadas irão decidir o título.

Os jogos de quinta e sexta-feira serão realizados a partir das 20h, na Arena Domingos Leal, na Lagoa da Jansen. No sábado, quando acontecerá a última rodada da fase classificatória, as partidas começam às 18h. A decisão de domingo será disputada às 10h.

Na primeira rodada, programada para esta quinta, Raposa (Toca do Vale) enfrentará Paço do Lumiar e, em seguida, acontecerá o confronto entre São Luís e Primeira Cruz.

Entre os quatro, a seleção de Primeira Cruz chega como favorita porque conquistou recentemente o título do Campeonato Maranhense. Raposa também entra na competição como sério candidato a ficar com a taça de campeão, pois os atletas estavam em plena atividade até o último fim de semana quando disputaram a Copa Toca do Vale. Nessa competição, foram escolhidos os melhores para a Taça Cidade de São Luís.

Antes de a bola rolar, nesta quinta-feira, às 19h, haverá a cerimônia de abertura com o desfile das equipes, hasteamento das bandeiras do Maranhão e do Brasil e a execução do hino nacional.

Outra atração na competição será a apresentação dos alunos/atletas da escolinha da Federação Maranhense de Beach Soccer. Durante todos os dias os futuros jogadores da modalidade estarão em ação mostrando o que já aprenderam.

A competição terá a transmissão ao vivo da Rádio Mirante AM.

TABELA DA TAÇA CIDADE DE SÃO LUÍS

06/07 – Quinta-feira
20h – Raposa x Paço do Lumiar
21h – São Luís x Primeira Cruz

07/07 – Sexta-feira
20h – São Luís x Raposa
21h – Paço do Lumiar x Primeira Cruz

08/07 – Sábado
18h – São Luís x Paço do Lumiar
19h – Raposa x Primeira Cruz

09/09 – Domingo
10h – Final