Bulimia: da vida real para a tela da TV

Páginas da Vida, novela da TV Globo, vem trazendo para a ficção um problema pouco explorado por mulheres e adolescentes: a bulimia. Na trama, Giselle, personagem da atriz Pérola Faria, é uma adolescente que convive com a bulimia desde criança, devido a grande pressão psicológica imposta pela mãe que exige que ela seja magra para se tornar uma grande bailarina.

Como nas cenas da novela, a pessoa que sofre desse distúrbio alimentar tem uma conduta caracterizada por episódios repetidos de comer compulsivo, seguidos pela culpa que gera o ato da purgação (vômito auto-induzido ou ingestão de laxantes e/ou diuréticos). “Esse é um dos distúrbios alimentares mais graves, e causa sérias conseqüências nutricionais. Considero a iniciativa da novela importante, pois a bulimia, bem como a anorexia, são assuntos velados entre as mulheres”, alerta o presidente da Associação Brasileira de Nutrologia, o médico nutrólogo, Dr. Durval Ribas Filho.

Mulheres, o público-alvo

A bulimia afeta predominantemente o público feminino. Dados apresentados no Simpósio de Tratamento dos Distúrbios da Conduta Alimentar, em meados de setembro, durante o X Congresso Brasileiro de Nutrologia, revelaram que em média apenas 5% dos casos de bulimia são em garotos.

“O bulímico apresenta uma grande preocupação em relação à forma e ao peso corpóreo, é uma doença diretamente relacionada com o conceito de padrão de beleza da sociedade moderna, é por isso que o público prevalecente é o de mulheres na fase da adolescência. As atletas também são alvo nas estatísticas, com um agravante: geralmente não percebem a doença. Por serem atletas, minimizam as conseqüências da doença por acharem que com elas, não haverá repercussão para a saúde. Porém, na verdade, na ânsia de trabalhar o corpo na busca de resultados perfeitos, incorporam características típicas de quem sofre de distúrbio alimentar e dificilmente aceitam esse diagnóstico”, destaca Dr. Carlos Alberto Werutsky, diretor da ABRAN, e palestrante do tema no evento.

A magreza nas passarelas

A atual ditadura da beleza impõe que bonito é ser magro. No mundo da moda, os estilistas buscam meninas e mulheres cada vez mais jovens, altas e magras para desfilar as coleções das mais famosas grifes do mundo. Referência para boa parte das adolescentes, as modelos optam por todas as alternativas para se adequar ao padrão esquelético que as passarelas exigem, e muitas vezes ficam doentes.

Por serem consideradas “maus exemplos” para os jovens, a Espanha foi o primeiro país a vetar a participação de modelos que seguem o estilo “anoréxico” – com o Índice de Massa Corporal (IMC) menor que 18 – dos desfiles da semana de moda mais tradicional do país, a Pasarela Cibeles. “Se proibir é a melhor alternativa no caso dessas moças não podemos garantir, porém a preocupação espanhola é conveniente visto que a bulimia é uma doença grave, tem índice de mortalidade de 0,5%, e pode provocar outros males como doenças gastro-intestinais, esofagite de refluxo e perda dos dentes”, ressalta Dr. Ribas Filho.

Como tratar a bulimia

Várias medidas podem ser tomadas, para a reversão desse quadro. Hoje em dia é tão natural o jovem fazer dietas, ir à academia, evitar ao máximo as calorias, que reconhecer uma pessoa que sofre de transtorno alimentar é o primeiro e mais difícil passo. “O bulímico disfarça muito bem. É preciso que os familiares fiquem atentos, pois essas pessoas chegam a ingerir de 2 a 2 mil e quinhentas calorias por dia, para saciar o desejo compulsivo de comer, e continuam com o peso habitual. Depois quando bate o sentimento de culpa, sofrem, se sentem muito mal e querem se livrar de tudo que ingeriram”, explica.

As principais conseqüências geradas pela bulimia são a perda de muitos nutrientes, sobretudo do potássio, e a depressão causada pelo grande sofrimento psicológico. Portanto, a cura dessa enfermidade depende essencialmente de duas modalidades de terapia, a psicoterapia e o tratamento medicamentoso.

A psicoterapia, geralmente realizada por um terapeuta com experiência em distúrbios alimentares, mostra-se, geralmente, muito eficaz. Um medicamento antidepressivo, freqüentemente, pode ser útil no controle da bulimia nervosa, mesmo quando o paciente não apresenta depressão evidente. Durante o tratamento, uma dieta balanceada é fundamental para a reeducação desse paciente que deverá seguir novos hábitos alimentares.

Sobre a ABRAN

A ABRAN – Associação Brasileira de Nutrologia – é uma entidade médica científica, reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina. Fundada em 1973, dedica-se ao estudo de nutrientes dos alimentos, decisivos no diagnóstico, na prevenção e no tratamento da maior parte das doenças que afetam o ser humano, as enfermidades nutricionais. Reúne 3.200 associados, médicos nutrólogos, cientistas, pesquisadores e profissionais na área de nutrição, que atuam no desenvolvimento e atualização científica em prol do bem estar nutricional, físico, social e mental da população.

Outras informações: [email protected] ou pelo telefone: (11) 3817 7974

Publicidade

ESTRELA DALVA

O acidente com o avião da Gol que caiu na última sexta-feira é mais uma grande tragédia, a maior na história da aviação brasileira. Morreram 155 pessoas. Tenho acompanhado as informações sobre o acidente e também procuro encontrar uma explicação para o que aconteceu. Para entender melhor, acho que vamos ter que esperar as demoradas investigações.

Imagino a dor que está sentindo a minha colega, jornalista Dalva Abreu que perdeu o marido no acidente. Vi uma foto da dela na internet, sendo consolada no aeroporto e confesso que fiquei bastante chocado.

Mesmo de longe, Dalvinha receba o nosso carinho e tenho certeza de todos os teus amigos aqui de São Luís. Que você que é uma mulher sempre muito forte, encontre toda força do mundo para superar este momento de dor. Força Dalva, força!!!!!!

Publicidade

A GRANDE PESQUISA

Chegou a hora da verdade! Hoje vamos escolher os novos governadores, senadores e deputados, além do presidente da República. E precisamos votar. A hora do voto é a hora da grande pesquisa eleitoral. Vamos saber se a população aprova o trabalho de quem está ou já esteve no poder ou se quer gente nova na política.

Acompanhamos as propostas dos candidatos durante o horário eleitoral e agora é a hora de decidir o que queremos no futuro. Temos que tomar uma decisão. Acho que deixar de votar significa deixar nas mãos dos outros a decisão sobre o seu futuro. Eu não quero isso e acho que você também não. Então vamos às urnas!!!!!

Publicidade

NÃO É HORA DE CALÇAR SAPATO ALTO

Nem bem o público retornou aos estádios da capital e a Federação Maranhense de Futebol já começa a calçar sapato alto. No último clássico entre Sampaio e Moto foram quase 8 mil torcedores. MAC e Sampaio levaram pouco mais de 3 mil ao Nhozinho Santos.

A FMF confirmou para a próxima quarta-feira (4), os jogos de ida da semifinal do 1º turno. Os jogos estão marcados para 20h, enquanto a televisão anuncia uma rodada completa do Campeonato Brasileiro Série A, mesmo que para 21h30. Os jogos de volta acontecerão em rodada dupla no dia 8, com Sampaio x Imperatriz, às 16h e Moto x Maranhão, às 18. Não seria melhor um desses jogos na segunda-feira?

Estranho porque até aqui os jogos vinham sempre acontecendo todas as quintas-feira como forma de fugir da concorrência da TV. Acho que os clubes precisam reagir contra isso. Não dá para aceitar a imposição da FMF ou do contrário, o público começará a sumir dos estádios novamente.

Publicidade

RESULTADO DAS ELEIÇÕES NA INTERNET

O portal Imirante disponibilizará na sua página das Eleições 2006, o resultado completo com a votação para Presidente da República, Governador, Senador, Deputado Estadual e Deputado Federal.

Além da votação dos candidatos, o Imirante estará com a cobertura completa mostrando o dia da eleição, o momento do voto, a apuração e a festa dos eleitos.

Para acessar basta digitar: imirante.com.

Publicidade

COBERTURA MAIS RÁPIDA NO RÁDIO

O horário eleitoral obrigatório no rádio e na televisão termina hoje. Vamos agora para a grande pesquisa que é a eleição do próximo domingo.

Equipes de jornalismo das emissoras de rádio, TV, jornais e internet estão preparadas para horas e horas de cobertura. Nós do rádio, estaremos falando de eleições o dia inteiro, em todos os cantos do Maranhão.

Neste momento, lembro-me das cansativas coberturas que fazíamos na época em que o voto era contado manualmente. Hoje, com os avanços tecnológicos, ainda na noite de domingo conheceremos os eleitos.

Convido você a ouvir a nossa cobertura na Rádio Mirante AM através dos 600 KHz, via satélite pelo Brasil Sat 1 ou ainda pela internet no site: miranteam.com. Contamos com a sua audiência!

Publicidade

É PRECISO MELHORAR O HORÁRIO ELEITORAL NO RÁDIO E TV

Anotem aí: faltam apenas dois dias para o final do horário eleitoral obrigatório no rádio e na televisão. Os candidatos tiveram 40 dias para apresentar suas propostas aos eleitores. Foram 50 minutos pela manhã e tarde, no rádio e mais 50 minutos pela tarde e noite na TV. E eles ainda acharam pouco. Além dos programas, os partidos tiveram as inserções nos intervalos comerciais.

Ouvi alguns candidatos dizendo que o tempo foi pequeno e por isso não conseguiram mostrar o que pretendem fazer. Coisa de quem está atrás do nosso voto. Por outro lado, vi muita gente aproveitando o tempo que tinha e dando o seu recado direitinho. De fato, os candidatos reclamam do tempo porque este é utilizado para troca de acusações e denúncias. Poucos apresentam e debatem suas propostas com os eleitores. E haja repetição dos programas.

Durante a campanha, os programas gravados para a televisão acabam sendo utilizados pela maioria dos candidatos para a propaganda no rádio. E você é obrigado a ouvir coisas do tipo: “Eu quero o seu voto para… Vote…. O Meu número é… Conto com você”. Falam como se no rádio você estivesse vendo a pessoa. Imagina isso na TV? Sem imagem e somente com o som não dá.

Terminada a campanha, acho que os partidos, candidatos e o próprio TRE deveriam repensar o modelo atual de propaganda. Poderiam ouvir os profissionais de rádio e TV, por exemplo.

É por isso que defendo um estudo para que se possa melhorar o modelo atual. Caso contrário, o desinteresse pela propraganda eleitoral no rádio e na TV será cada vez maior. E você o que acha? Você gostou do que viu e ouviu este ano?

Publicidade

DEBATES NA TELEVISÃO

Hoje é dia de debate na televisão. A Mirante realiza o debate com todos os candidatos ao Governo do Maranhão, logo após a novela Páginas da Vida. Amanhã (27), acontece o debate com os candidatos a presidente da República, promovido pela TV Globo.

Nos últimos anos uma prática tem sido bastante comum nos debates: os candidatos se unirem para bater naquele que está na frente. E acho que não será diferente hoje e amanhã. A saída encontrada pelos que estão liderando as pesquisas é a de não participar de debates. E aí, o debate fica sem a mínima graça. É o que tenho visto em alguns debates em outras Redes de televisão com a ausência de Lula.

Acho os debates válidos, mas sinceramente a tática de todos contra um já está bastante desgastada. Também não gosto das regrinhas impostas. Elas são necessárias, mas deixam os candidatos bem amarrados e por isso o debate nunca esquenta.

De qualquer forma, os debates servem para os eleitores indecisos tirarem as últimas dúvidas nesta reta final de campanha. Vamos ficar atentos, portanto, hoje e amanhã.

Publicidade

NÃO HÁ FAVORITO EM DECISÃO


As semifinais do primeiro turno do Campeonato Maranhense 2006, só vão acontecer após as eleições, nos dias 4 e 8 de outubro, mas os confrontos foram conhecidos neste domingo e serão os seguintes: Maranhão x Moto e Sampaio x Imperatriz.

A vantagem no mata-mata será de Moto e Sampaio, respectivamente primeiro e segundo colocados na fase de classificação. A outra vantagem será o direito de jogar a segunda partida em casa. Dessa forma, apenas o Sampaio poderá aproveitar o fator campo.

Será uma decisão bem diferente das que tenho acompanhado nos últimos anos, pois teremos as quatro maiores forças do nosso futebol. Além disso, o equilíbrio que marcou a primeira fase deverá se repetir, dando mostra de que não há favorito.

A semifinal terá o MAC que manteve a base da equipe que disputou o Campeonato Brasileiro Série C. O Imperatriz que sonha com o inédito ‘bicampeonato’ e para isso procurou trazer de volta os principais destaques da conquista de 2005. O Moto que apresenta a base da equipe que foi destaque na Copa São Paulo de Juniores, além de outros reforços e o novo Sampaio, bem diferente do time desastroso do primeiro semestre e que aparece como uma das sensações deste primeiro turno.

Por tudo isso é que digo que não temos favorito. E usando uma linguagem bem própria do futebol, acredito que o campeão será aquele que errar menos. E você aposta em alguém?

Publicidade

A SELEÇÃO DE BASQUETE QUASE CHEGOU LÁ

Faltou pouco… O Brasil perdeu para a Austrália e ficou fora da final do mundial de basquetebol feminino. Mas diferentemente do que vimos durante a Copa do Mundo com a Seleção de futebol, as meninas do basquete mostraram alma e muita vontade de vencer.

Alma presente também nas arquibancadas. Lá estavam alguns dos maiores nomes do basquetebol de todos os tempos no país: Paula, Hortência, Branca, Oscar, Marquinhos e atletas de outras modalidades como o Maurício (vôlei) apoiando as ‘Meninas do Brasil’. Foi emocionante.

O Brasil mandou no placar até o terceiro quarto quando vencia por sete pontos de diferença. No final, a derrota por 12 pontos de diferença: 88 a 76. Foram dez minutos de como não se deve jogar basquete e estamos fora da final.

Mas não serão esses dez minutos que irão tirar o brilho das nossas meninas. Elas não decepcionaram. Acho que perdemos pelos nossos próprios erros. Não faremos a final, mas o nosso basquete feminino está mais uma vez na elite. É por isso que continuo na torcida e acreditando na nossa seleção.