Eternas lembranças


Aproveito a data de hoje, 2 de novembro, Dia de Finados para lembrar de algumas das grandes vozes que fizeram história no rádio maranhense e nos enchem de saudade. Sei que poderei esquecer alguns nomes, mas lembro-me agora de Jairo Rodrigues, Murilo Costa Ferreira, Japhet Mendes Nunes, Alberto Farias, Lisa Martins, Jurandir Souza, Oton Santos, Guioberto Alves, José de Assis, Ivanildo Ewerton e os técnicos Luís Cleris e Hugo de Oliveira, alem do motorista Lúcio, tão importantes durante a trajetória desses que já foram e dos que ainda estão por aqui.

Lembro-me também de vários cantores e cantoras que conheci através do trabalho que desempenhei durante mais de dez anos como programador musical: Cazuza, Renato Russo, Raul Seixas, Luiz Gonzaga, Gonzaguinha, Elis Regina, Cássia Eller, John Lennon, Elvis…

E por fim, lembro-me de alguns ouvites que não conseguiriam viver sem o rádio: Ednor, Mauro, Roberto Lima, Fuad, Colasso… Gente que participava da programação diária das nossas rádios e que ficou para sempre em nossos corações.

Publicidade

A força do rádio

A importância do rádio cresce dia-a-dia. Ele assumiu o papel de principal interlocutor entre comunidade e autoridades. É tão imediato que os ouvintes, cansados de andar atrás dos homens públicos, procuram o rádio para resolver os problemas da sua rua, bairro, escola, enfim….

O rádio é hoje, a principal fonte de informação dos outros veículos (TV, jornais e internet). E pode ser ouvido através do radinho, via satélite ou pela internet. Por isso está presente em locais onde os outros veículos não chegam.

Os programas jornalísticos predominam nas emissoras de amplitude modulada. Só aqui na capital são cinco rádios com programas diários. A Mirante AM tem a maior programação jornalística. São exatas 14 horas todos os dias, sem direito a feriados e final de semana. Toda hora tem notícia nova no ar!

Nas FMs, apenas duas destinam espaço ao jornalismo. É pouco, mas todo começo é assim. Acredito que essa tendência que predomina em alguns estados brasileiros, aos poucos tome conta por aqui também.

Vale destacar, também a grande participação dos ouvintes ao vivo nos programas radiofônicos. Essa é a principal característica que nos diferencia do modelo praticado no sul do país, onde a participação é restrita e ocorre através de uma seleção, enquanto aqui é aberta a todos.

Então, é ligar o rádio e bom dia!!!

Publicidade

Programa de inclusão digital registra aumento de 3 mil % na transmissão de voz pela internet

Entre dezembro de 2005 e outubro deste ano, a transmissão de voz pela internet por meio dos terminais do Programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac), coordenado pelo Ministério das Comunicações, aumentou, em minutos, de 2.131 para 66.865, ou seja, crescimento superior a 3 mil %.Os usuários dos mais de 3,2 mil pontos de presença do programa, em 1,9 mil municípios do País, podem dispor gratuitamente dos computadores para fazerem as ligações.

O maior uso do recurso de transmissão de voz sobre protocolo de internet, ou VoIP, tem a ver com o trabalho de capacitação no uso da tecnologia e, também, com a distribuição de telefones IP aos pontos de presença do Gesac. Até setembro, foram entregues 268 aparelhos e a previsão é de que, até o final de 2006, mais 482 fiquem à disposição dos usuários. As chamadas, com tempo médio de 8,4 minutos, foram, na maioria, para destinos de fora da rede Gesac, por exemplo, residências, órgãos públicos e instituições privadas.

Fonte: Ministério das Comunicações

Publicidade

Provedores dos EUA se juntam para combater pedofilia on-line

Empresas que oferecem acesso à internet nos Estados Unidos se juntaram em um projeto para combater a pornografia infantil. O objetivo é criar um banco de dados e desenvolver ferramentas que facilitem a identificação deste conteúdo –a iniciativa deve facilitar a ação de autoridades.

AOL, Yahoo, Microsoft, EarthLink e United Online (responsável pela NetZero e Juno) afirmaram nesta terça-feira que investirão US$ 1 milhão no projeto desenvolvido em parceria com o Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas. O banco de dados deve estar pronto até o final do ano.

Segundo os planos divulgados nesta terça, as empresas podem criar uma maneira de identificar as fotos com conteúdo pedófilo. Desta forma, os sistemas poderiam reconhecer automaticamente estas imagens, assim como acontece com os vírus depois de identificados por empresas de segurança.

Ernie Allen, responsável pelo centro, afirma que as empresas já possuem tecnologias para proteger seus usuários contra diversas ameaças, como vírus e golpes virtuais. “Mas não há nada mais pérfido e inapropriado que a pornografia infantil”, afirmou.

O projeto foi divulgado depois que autoridades dos EUA passaram a pressionar organizações de tecnologia para que elas ajudem no combate a este crime. Oficiais querem, por exemplo, que as empresas preservem informações de seus clientes para que sejam utilizadas durante investigações.

Fonte: Folha Online

Publicidade

Livro propõe nova teoria sobre morte de Mozart

Wolfgang Amadeus Mozart não teria morrido de sífilis ou assassinado por seu colega Antonio Salieri, mas teria sido eliminado porque sabia quem tinha envenenado o imperador austríaco José 2º um ano antes.

A nova teoria é de um escritor italiano, Tito Gilberto, que acaba de publicar “Mozart: crimes em ré maior”, romance investigativo lançado pela editora Todaro após vários anos de pesquisas em arquivos austríacos.

O protagonista do livro é um médico italiano, encarregado de investigar as verdadeiras razões da misteriosa morte do compositor, ocorrida em 1791, um ano depois da repentina morte do soberano reformista, José 2º, aos 48 anos.

No final do Réquiem que Mozart deixou incompleto, o médico descobre um pentagrama que transcrito esconde, na realidade, uma mensagem a ser decifrada.

Gilberto, que é jornalista televisivo, tinha escrito até agora apenas um ensaio histórico sobre jornais e jornalistas na Itália após a onda de movimentos revolucionários de 1848. “José II foi eliminado para bloquear sua política reformista e Mozart sabia algo sobre a morte misteriosa do soberano e por isto foi eliminado?”, se pergunta o escritor que fazendo investigações em arquivos descobriu que a idéia não é tão vazia.

“Se tivesse que usar um termo musical para meu romance este seria o de um divertimento ‘alegre mas não muito'”, afirma Gilberto confessando que escreveu todo o livro escutando o Réquiem póstumo de Mozart.

Fonte: da Ansa, em Milão para o portal Terra

Clube do Rei


Fiquei sabendo hoje que um dos mais conhecidos apresentadores do rádio maranhense estará de volta ao ar nos próximos dias. Estou falando de Florisvaldo Sousa – uma voz que começei a ouvir exatamente na época em que decidi seguir a profissão de jornalista e radialista. Florisvaldo vai apresentar o , com músicas do rei Roberto Carlos, aos domingos, das 17h às 19h, na Difusora FM. É uma homenagem mais do que justa. Ele tem a própria cara e muitos anos de trabalho dedicados à emissora da Camboa.

Eleição paralela

Estava vendo o horário eleitoral gratuito e não é que descobri que estamos tendo também uma disputa entre as “atrizes/apresentadoras” contratadas pelas duas coligações. Estranhou? É isso mesmo. Tem uma outra eleição aí e você ainda não viu? Tá rolando essa “disputa” no rádio e na TV.

Que tal um debate entre as duas estrelas que receberam o sinal verde para utilizar alguns preciosos minutos da propaganda dos dois candidatos ao governo para troca de “gentilezas”. Já estou imaginando como seriam as réplicas e tréplicas. Coisa de cinema.

Como disse esta semana, ainda vou ver muita coisa engraçada até o dia 27 quando termina a propaganda. Então deixo uma perguntinha no ar: o que os eleitores do Maranhão ganham com essa discussão tão importante?Até parece que estão concorrendo a uma secretaria no novo governo…

Democratização da comunicação

Uma série de atividades marcará, até o dia 25, a 3ª Semana Nacional pela Democratização da Comunicação. Promovido por organizações não-governamentais e entidades ligadas a movimentos sociais, o evento ocorre em diversas capitais. Por meio de debates, palestras, exibição de vídeos e oficinas, os organizadores pretendem abrir um diálogo com a sociedade em torno do estímulo aos meios alternativos de comunicação.

Neste ano, a escolha do padrão japonês de TV digital será um dos principais temas dos debates. “Apesar das possibilidades trazidas pela nova tecnologia, a definição do sistema foi um processo que atendeu apenas aos interesses dos radiodifusores”, avaliou Bráulio Ribeiro, membro do Coletivo Intervozes, uma das entidades organizadoras da Semana no Distrito Federal.

A concentração da propriedade dos veículos será outro tópico central nas atividades. Para os organizadores da Semana, o monopólio dos meios de comunicação representa um dos principais obstáculos ao exercício pleno da liberdade de expressão. “A gente só vai alcançar um nível verdadeiro de democracia quando as várias opiniões e discursos estiverem inseridos na arena das comunicações”, explicou Bráulio Ribeiro.

Em Brasília, os principais temas dos debates serão o controle público da mídia e o combate à criminalização dos movimentos sociais. As atividades ocorrem a partir da noite de hoje (17) em faculdades e pontos culturais do Distrito Federal.

Em Vitória, o impasse entre os indígenas do Espírito Santo e a indústria de celulose Aracruz será tema de seminário. Em São Paulo, a partir de amanhã (18), o foco das discussões será o comportamento da mídia na cobertura das eleições. Também será entregue o 28º Prêmio Vladimir Herzog, para jornalistas que se destacaram na cobertura dos direitos humanos.

Um ato público marcará a semana, em Recife (PE). E também estão previstas atividades em Salvador (BA) e São Luís (MA).

A programação completa pode ser conferida na internet, no endereço
www.ciranda.net/sedeco.

Fonte: Agência Brasil

Filme vai mostrar golpe a turistas no Brasil

Em dezembro deste ano, a Fox Atomic, braço do conglomerado voltado ao público entre 17 e 24 anos, lança o filme de terror “Turistas”, em que um grupo de jovens norte-americanos cai no golpe “Boa Noite, Cinderela” em terras brasileiras.

Há quatro anos, o mesmo canal polemizou ao mandar a família Simpson para o Rio de Janeiro. O frisson aconteceu porque na capital carioca Homer e companhia encontraram macacos e ratos nas ruas, além de uma população sexualmente agressiva. Após a exibição do episódio nos EUA, até o presidente FHC entrou no debate.

Desta vez, um grupo de estrangeiros sofre um acidente de ônibus e se perde em uma “remota floresta brasileira”. No início do trailer, o local é apresentado como o paraíso. Os jovens jogam futebol, fazem topless, dançam com mulatas e bebem caipirinha.

Após uma festa, acordam atordoados em uma praia, sem seus documentos. “Parece o paraíso. Mas em um país em que tudo vale… tudo pode acontecer”, explica o trailer, que mostra cenas de tortura contra os mochileiros azarados.

Integram o elenco do filme Josh Duhamel (“Las Vegas”), Melissa George (“The Amityville Horror”) e John Stockwell (“Blue Crush”). O lançamento de “Turistas” está previsto para 1º de dezembro nos EUA.

Fonte: Folha Online

Radiodifusores querem definição do governo

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, recebe hoje (17), às 15 horas, em Brasília, radiodifusores de todo o país. Eles vão pedir rapidez na definição do padrão tecnológico de rádio digital que será adotado no Brasil. Atualmente, 15 rádios brasileiras operam em caráter experimental com o Sistema de Radiodifusão Sonora Digital, o Iboc. Participam ainda da audiência, pedida pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), os presidentes das associações estaduais de Radiodifusão.

Fonte: Agência Brasil