Banner

Prefeitura realiza Dia D de vacinação contra Influenza em SL

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), realiza neste sábado (12), o Dia D da campanha de vacinação contra a influenza na capital maranhense. Para garantir a imunização em massa contra a H1N1, o Município abrirá os 62 locais para a imunização da população. Veja o público alvo e os locais de vacinação.

“Estamos preparando toda nossa rede de saúde para que a população que está inserida nesta terceira fase da campanha contra a Influenza possa se vacinar neste sábado (12), dia em que geralmente as pessoas não estão no trabalho ou em atividades. Sabemos da importância em garantir que nossa cidade seja vacinada contra a gripe e, por isso, queremos chamar todos os cidadãos a irem a um dos postos que colocamos à disposição para receber o imunizante”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

A campanha contempla, nesta fase, integrantes das forças armadas, de segurança e salvamento, além das pessoas com comorbidades, com condições clínicas especiais ou com deficiência permanente, além de caminhoneiros, que deverão procurar as unidades de saúde da Prefeitura.Também estão inseridos trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, funcionários do sistema de privação e liberdade, a população privada de liberdade e adolescentes em medidas socioeducativas.

Para vacinar é preciso levar documento com foto, além da carteira de vacinação. Pessoas com comorbidades devem apresentar laudo médico específico e os que se enquadram em funções profissionais deverão apresentar, nos casos possíveis, documento comprobatório.

Pessoas que porventura foram chamadas em fases anteriores e que perderam o prazo, ou seja, crianças entre seis meses e menores de seis anos, gestantes e as puérperas após 45 dias de parto, trabalhadores da saúde (ativos e de instituições hospitalares), idosos com 60 anos ou mais e professores de escolas públicas e privadas também poderão se vacinar neste sábado.

Segundo a última atualização da Semus, foram vacinadas desde o começo da campanha, no dia 12 de abril deste ano, 112.320 pessoas contra a influenza, o que representa 31,7% da cobertura vacinal.

Nesta terceira etapa da campanha contra a influenza, a orientação acerca da vacina Covid-19 segue a mesma, ou seja, com base em preconização do Ministério da Saúde (MS). Neste caso, não se recomenda a aplicação das duas doses (influenza e Covid-19) de forma simultânea. É preciso priorizar a imunização contra a Covid-19. As pessoas que fazem parte do grupo prioritário para a vacinação contra influenza e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19 devem tomar a dose contra o coronavírus e agendar a vacina contra a influenza com um intervalo mínimo de 14 dias entre elas.

O secretário de Saúde de São Luís, Joel Nunes, enfatiza a importância da campanha. “É importante que as pessoas enquadradas nestes perfis listadas na terceira etapa procurem os postos e se vacinem, assim como quem perdeu a chamada nas outras fases da campanha”, disse ele.

Foto: Divulgação

Publicidade

Sampaio vence a Ponte Preta no Castelão pela Série B

O Sampaio conquistou a sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro Série B ao bater a Ponte Preta por 1 a 0, pela terceira rodada, no Estádio Castelão.

As duas equipes não fizeram um bom jogo, mas a Ponte Preta foi ligeiramente melhor na partida, mas o Sampaio conseguiu aproveitar a chance que teve no fim da partida e marcou nos acréscimos, aos 49 minutos com o atacante Jean Silva.

Com o resultado, o Sampaio subiu para a terceira posição com 5 pontos ganhos.

O Sampaio volta a jogar pela Série B na próxima quarta-feira (17), às 18h, contra o Operário-PR, em Ponta Grrossa.

Foto: Fredson Ferreira/Sampaio Corrêa

Publicidade

Sedes lança Selo Estadual Município sem Trabalho Infantil

A Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), por meio da Secretaria Adjunta de Assistência Social (SAAS), lançou nesta sexta-feira (11) a 2ª Edição do Selo Estadual “Município sem Trabalho Infantil”, em alusão ao Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, que acontece neste sábado (12). 

A 2ª Edição do Selo Estadual “Município sem Trabalho Infantil”, tem como objetivo fomentar ações, nos 217 municípios maranhenses, que contribuam para a prevenção e erradicação do trabalho infantil e, ao mesmo tempo a prevenção à submissão de jovens e adultos ao trabalho análogo ao escravo. 27 municípios serão premiados nesta nova edição.

Durante a live de apresentação desta 2ª edição do Selo, que contou com a participação de vários órgãos envolvidos na rede de combate ao trabalho infantil, o secretário da Sedes, deputado Márcio Honaiser, fez uma reflexão sobre agravamento da violência sofrida pela criança e o adolescente durante este tempo de pandemia. 

“`Precisamos refletir sobre a situação de exploração que muitas das nossas crianças estão vivendo e que, com a pandemia, tem se agravado ainda mais, em função da crise sanitária e econômica. A Sedes vem trabalhando ao lado dos municípios na batalha contra o trabalho infantil, e para reconhecer as inciativas exitosas, criamos o Selo Município Sem Trabalho Infantil”, disse o secretário. 

Para a realização das ações desta 2ª Edição do Selo Estadual “Município sem Trabalho Infantil”, foram criadas novas estratégias, fundamentadas na qualificação e na integralidade do atendimento nos serviços da política de Assistência Social, em articulação com as políticas de educação, saúde, cultura, lazer e a profissionalização para adolescentes acima de 16 anos, dando respostas especificas a cada situação, haja vista às especificidades das histórias de vida dos sujeitos submetidos à condição de trabalhador precoce.  

Na oportunidade, a secretária Adjunta de Assistência Social da Sedes, Margarete Cutrim enfatizou que este ano foi caracterizado, pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), como o ano internacional para a eliminação do Trabalho Infantil, no mundo.

“A Sedes, atenta aos desafios da realidade social neste contexto de crises econômica, social, política e sanitária, reedita o Selo “Município sem Trabalho Infantil”, com o objetivo de Fomentar práticas exitosas na esfera municipal, para acelerar a prevenção, a identificação e a retirada de crianças e adolescentes da situação de trabalho infantil, com a certificação e premiação daquelas com melhor desempenho de resultados”, explicou Margarete Cutrim.

A 2ª Edição do Selo, tem por base ações estratégicas estruturadas em 06 eixos que orientam os passos/ações a serem realizados e se complementam para o alcance da finalidade a que se propõe. Os municípios serão apoiados e acompanhados pela equipe da Sedes, em conjunto com as equipes locais, para a certificação e premiação das experiências exitosas que contribuirão com a prevenção, identificação e eliminação do Trabalho Infantil no Maranhão.

Estarão habilitados para participar da 2ª edição do Selo, os 217 municípios maranhenses, que devem se habilitar por meio de um Termo de Adesão, em anexo, a partir do lançamento do Selo dentro do período estabelecido pela Sedes.

Após adesão, os municípios aptos a concorrer a 2ª edição do Selo “Município sem Trabalho Infantil”, deverão realizar as ações, por eixos, conforme a metodologia apresentada, no período de 10 meses a contar do seu lançamento do edital.

Na 1ª Edição do Selo, realizado em 2019, os primeiros 25 (vinte e cinco) municípios, no universo de 70, foram certificados e premiados pelo trabalho de identificação de crianças e adolescentes em situação de trabalho, pelo trabalho social realizado com as famílias, com orientação sobre os riscos do trabalho precoce em suas vidas.

Foto: Reprodução

Publicidade

Comissão fiscaliza fechamento de agências do BB no Maranhão

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara realizou, nesta sexta-feira (11), visita técnica à Superintendência do Banco do Brasil do Maranhão. O objetivo da inspeção foi verificar o anunciado processo de fechamento de agências do maior banco estatal do país no estado.

“O fechamento de agências de uma instituição financeira pública com as funções do Banco do Brasil inevitavelmente terá consequências sociais de diversas ordens”, justifica o deputado Hildo Rocha (MDB/MA), que vai comandar a missão. “Milhões de pessoas dependem de serviços bancários básicos, e, como se sabe, os bancos públicos são os principais responsáveis por atender esse público”, ressalta o parlamentar.

Hildo Rocha destaca ainda que “estamos falando de beneficiários de previdência e assistência social e de pequenos produtores rurais dependentes de serviços prestados em unidades de atendimento do Banco do Brasil”.

“Vale lembrar que milhões de brasileiros não têm computadores, celulares ou planos de internet ilimitada, e as unidades de atendimento são o caminho disponível para acesso ao sistema financeiro”, completa o deputado maranhense.

Foto: Reprodução/TV Mirante

Publicidade

São Luís é destaque na mídia nacional por vacinação avançada

A excelente performace da gestão do prefeito de São Luís Eduardo Braide (Podemos) na condução da vacinação contra a Covid-19, ganha repercussão nacional.

Sào Luís é a capital do país mais avançada na vacinação por idade. Até domingo serão vacinadas as pessoas com até 30 anos de idade.

O Bom dia Brasil da TV Globo mostrou reportagem ao vivo do Centro de Vacinação do Sebrae e deu destaque ao bom desempenho da nossa capital na vacinação.

O prefeito Eduardo Braide colocou em funcionamento 9 pontos de vacinação em São Luís e ontem (10) foi registrado o recorde de 19.260 pessoas vacinadas em apenas 12 horas.

Clique aqui para ver a reportagem completa 

Publicidade

Penha pede a SMTT melhorias na mobilidade urbana em bairros

O vereador Raimundo Penha (PDT) reuniu-se, esta semana, com o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Cláudio Ribeiro, ocasião na qual apresentou ao auxiliar do prefeito Eduardo Braide (Podemos) solicitações de melhorias do setor da mobilidade urbana para bairros da capital São Luís.

O parlamentar, atendendo reivindicação da sociedade, pleiteou a criação de uma linha de ônibus que trafegue na Avenida IV Centenário, beneficiando, desta forma, usuários do transporte coletivo que residem em regiões como a Alemanha, Liberdade e Camboa.

O pedetista pediu ao secretário que providencie a sinalização da Avenida 01 do bairro Bequimão, uma via larga e onde o fluxo de veículos é intenso.

Penha solicitou ainda a sinalização das principais Avenidas da Liberdade, que foram recuperadas recentemente e tiveram fluxo de veículos aumentado.

“Estas pautas são melhorias que irão gerar acessibilidade e garantir o direito de ir e vir com mais qualidade. Antes de tudo são direitos dessas comunidades. Agradeço a disponibilidade do secretário e tenho certeza que muito em breve vamos poder compartilhar o resultado dessas reivindicações”, disse o vereador.

Cláudio Ribeiro agradeceu a visita de Raimundo Penha e colocou a SMTT sempre à disposição do povo de São Luís para que o melhor serviço nas áreas do trânsito e transporte sejam implementadas.

Foto: Divulgação

Publicidade

Covid-19: Ribamar vacina 20.389 pessoas em uma semana

A prefeitura intensificou a vacinação contra a Covid-19 em São José de Ribamar. Com a Força Tarefa de Vacinação, quebrou recordes diários, e 20.389 ribamarenses foram vacinados do dia 3 ao dia 10 de junho. Desde o início da vacinação, 52.518 doses foram aplicadas, o que corresponde a 74,46% do total de doses recebidas.

Para atender os ribamarenses, a vacinação ocorre de forma descentralizada. Os pontos de vacinação são divulgados semanalmente.

Além da população em geral a partir dos 35 anos, a prefeitura também vacinou gestantes e puérperas na UBS Jota Câmara.

Pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, força de segurança, trabalhadores de indústria, construção civil, limpeza urbana, transporte coletivo e rodoviário (motorista e cobrador de ônibus e vans, motorista de aplicativo), transporte aquaviário e portuário e trabalhadores da comunicação que possuem a partir de 18 anos, podem se vacinar.

Foto: Divulgação

Publicidade

Hildo Rocha garante ônibus para universitários de Itinga

Um antigo desejo dos universitários de Itinga, que estudam na cidade de Imperatriz, será concretizado graças ao apoio do deputado federal Hildo Rocha. Cumprindo um compromisso assumido com lideranças do município, o parlamentar fez a entrega de um cheque simbólico, no valor de 200 mil reais que serão aplicados na compra de um ônibus que terá como finalidade fazer o transporte dos universitários que diariamente necessitam se deslocar até Imperatriz.

O ato que simbolizou a garantia dos recursos financeiros aconteceu durante evento liderado pelo prefeito Lúcio Flávio. O evento contou com a presença de vereadores, secretários e integrantes da equipe do governo municipal. Hildo Rocha destacou que o benefício decorre do esforço do vereador Rubens Paulo (Rubinho).

“Esse era um compromisso que foi gerado a partir de um pedido do vereador Rubinho. Hoje, tenho a satisfação de fazer a entrega simbólica desse cheque para que o prefeito Lúcio possa realizar esse sonho dos estudantes do ensino superior do Itinga que estudam na cidade de Imperatriz. Portanto, em breve essas pessoas passarão a dispor de um meio de transporte exclusivo e assim, irão diminuir as despesas e serão transportados com mais conforto e segurança”, comentou Hildo Rocha.

Conquista valiosa – O prefeito Lúcio Flávio agradeceu, comemorou e afirmou que a compra do ônibus é uma grande necessidade dos universitários de Itinga. “Eu tenho certeza que eles irão fazer bom uso desse ônibus porque a necessidade é grande, é uma demanda antiga que teremos a satisfação de atender em poucos dias. Esses estudantes merecem porque não é fácil ter que se deslocar todos os dias pagando passagem. A nossa gratidão é imensa e nós queremos que no dia da entrega o deputado Hildo Rocha esteja presente para que juntos possamos comemorar essa valiosa conquista que foi alcançada graças ao apoio desse parlamentar trabalhador e eficiente”, explanou o prefeito.

Foto: Divulgação

Publicidade

Flávio Dino descarta suspensão do uso de máscaras no MA

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) descartou em entrevista coletiva virtual, nesta sexta-feira (11), a possibilidade de suspensão do uso de máscaras neste momento da pandemia.

A afirmação foi feita pelo governador após a declaração do presidente Jair Bolsonaro que defendeu a realização de estudos para a retirada de máscaras por pessoas que já tenham recebido as duas doses da vacina ou que tenha contraído o vírus.

“No Maranhão permanece e permanecerá em vigor a determinação do uso de máscaras enquanto não tivermos as condições sanitárias favoráveis a tomada de uma decisão dessa. Eu acredito que nós chegaremos sim a esse momento, mas não chegamos ainda”, explicou.

Flávio Dino disse que por orientação do Ministério da Saúde, a vacina da Janssen (dose única) que chegará ao Maranhão nos próximos dias será distribuída apenas na Ilha de São Luís e outras grandes cidades (no máximo 4 ou 5). O anúncio das cidades será feito pelo secretário de Saúde Carlos Lula.

O governador reforçou o início nesta sexta-feira (11), às 19h até po domingo (13), ao meio-dia, do Arraial de Vacinação, de 41 horas, no Shopping Pátio Norte, para pessoas de 29 anos ou mais nos municípios da Ilha. Além da Ilha, Flávio Dino anunciou o Arraial em Timon.

“Vamos continuar os arraais durante todo o mês de junho esses mutirões nos arraiais de vacinação. Nós decidimos premiar o esforço do municípios que mais se dedicarem à vacinação”, afirmou.

Segundo Flávio Dino, 166 municpipios já alcançaram mais de 85 por cento de aplicação da vacinação recebida. 33 municípios estão entre 80% e 85%. 15 municípios entre 70% e 80% e 3 municípios entre 60% e 70%. Ele adiantou que na próxima semana deve ampliar o patarmar de vacinação para 90% para acelerar ainda mais a vacinação no Maranhão.

O governador afirmou que cidade de Alcântara deverá ser a primeira cidade do país a ter a população adulta vacinada. Mais de 60 por cento da população do município já foi vacinada até este momento.

Flávio Dino disse que a taxa de contágio no Maranhão diminuiu e está em 0,94%. O Maranhão está em estabilidade em relação a taxa de óbitos e continua com a menor taxa de mortalidade do Brasil com 1.170 mortes por cada milhão de habitante, enquanto a taxa do país é de 2.259.

O governador disse que a taxa de ocupação de leitos ainda continua em alta, mas disse acreditar em queda nas próximas semana. Ele afirmou que tem recebido a solicitação de leitos por outros governadores, mas diante do quadro não tem sido possível. E finalizou a coletiva prorrogando as medidas em vigor no Maranhão até 21 de junho.

Foto: Reprodução

Publicidade

Paço do Lumiar avança na vacinação contra a Covid-19

Mais de 35 mil e setecentas doses de vacinas foram utilizadas para imunizar a população de Paço do Lumiar desde o início da campanha contra a Covid-19 no município. Com aplicação de 62,9% das doses recebidas, os serviços de imunização prestados à população luminense começarão a atender nesta sexta-feira (11), pessoas com 29 anos de idade, tornando Paço do Lumiar a primeira cidade do estado com mais de 120 mil habitantes a imunizar essa faixa etária.

O atendimento acontece em seis postos de imunização, entre eles, a Unidade de Educação Básica, Nadir Nascimento de Moraes e no Clube da Assembleia Legislativa, no Maiobão, também na UEB Maria de Lourdes, na sede do município, no CAIC Maiobão e no Drive-Thru do Shopping Pátio Norte, em parceria com o Governo do Estado do Maranhão.

Nesta sexta-feira(11), a UEB Nadir Nascimento de Moraes atenderá exclusivamente o grupo de gestantes e terá o atendimento regular transferido para a quadra da faculdade IESF, no Maiobão. A campanha também está atendendo trabalhadores da comunicação, saúde, educação, limpeza pública, construção civil e indústria, profissionais do transporte coletivo, motoristas e cobradores, além de caminhoneiros e profissionais da imprensa com 18 anos de idade ou mais. Os interessados devem portar Documento Oficial de Identificação com foto, CPF, Cartão do SUS e comprovante de residência.

De acordo com Paula Almeida, Coordenadora de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde de Paço do Lumiar(SEMUS), o plano municipal de Paço do Lumiar atende a população em ritmo acelerado: “Nós já utilizamos 62,9% das de vacinas recebidas e a partir de amanhã(11), começaremos a atender a população com 29 anos de idade, conquistando lugar de destaque em número vacinados no estado do Maranhão”, explicou.

Durante o fim de semana, a vacinação também acontecerá na UEB Domingos Vieira Filho, no sábado, de 8h da manhã às 18h e no domingo, de 8h às 12h.