Sampaio Basquete larga na frente no playoff contra o Rio de Janeiro

O Sampaio Basquete largou na frente no playoff da Liga de Basquete Feminino contra o Sodiê Mesquita, na Arena Sodiê, , em Mesquita, no interior do Rio de Janeiro ao vencer por 63 a 53.

O time maranhense procurou decidir a partida logo no início com uma forte marcação e precisão no ataque quando chegou a abrir vantagem de 14 pontos. As adversárias até tentaram reagir, mas o Sampaio sobe controlar a partida com tranqulidade.

A ala-pivô Sassá, do Sampaio Basquete foi a MVP e a cestinha da partida com um duplo-duplo, 21 pontos e 11 rebotes.

O segundo jogo entre Sampaio Basquete e Sodiê Mesquita será na próxima quarta-feira (19), a partir das 19h, no Ginásio Costa Rodrigues, em São Luís.

O Sampaio Basquete tem o patrocínio da Equatorial Energia e do Governo do Maranhão, através da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Matheus Ayrton

Publicidade

Empresário e agiota Pacovan é executado com dez tiros na cabeça

O empresário agiota Josival Cavalcante da Silva, mais conhecido por Pacovan foi assassinado na tarde desta sexta-feira (13), em Zé Doca.

Segundo as primeiras informações, Pacovan foi executado por volta de 17h, com 10 tiros por dois homens em um posto de combustível de sua propriedade

As imagens que circulam na internet mostram que Pacovan estava de costas quando foi atingido na cabeça. Ele chegou a ser levado para o hospital.

Um funcionário do posto também foi atingido e socorrido.

Após o crime, os bandidos atearam fogo no veículo utilizado no crime e fugiram.

Foto: Divulgação

Publicidade

Bumba Meu São João: é marcado por música, alegria e segurança

O segundo dia do Bumba Meu São João, realizado na Arena Castelão em São Luís, foi um sucesso em todos os sentidos! Na sexta-feira, 14 de junho, o público se rendeu aos hits de Mari Fernandez, Calcinha Preta, MC Daniel e Mayara Lins que fez a abertura. Todos agitaram a noite com muita música, dança, energia e, acima de tudo, segurança.

O evento foi realizado com apoio do Governo do Maranhão, Ministério do Turismo, Sesc e patrocínio da Devassa, Vai de Bet, Correios, Governo Federal, Guaraná Jesus, Claro e O Boticário.

Com o objetivo de proporcionar um ambiente seguro e tranquilo para todos os foliões, o Bumba Meu São João contou com um esquema de segurança reforçado, composto por policiais militares, civis e seguranças particulares. O policiamento ostensivo foi realizado tanto dentro da Arena Castelão quanto no entorno.

Além do policiamento, diversas medidas preventivas foram tomadas para garantir a segurança do público, como revista na entrada do local, monitoramento por câmeras de segurança e pontos de apoio médico espalhados pela Arena. O resultado foi um evento tranquilo, sem ocorrências graves, permitindo que todos pudessem gostar da festa com alegria e despreocupação.

O esquema de segurança do Bumba Meu São João foi elogiado pelo público, que se sentiu seguro para aproveitar a festa ao máximo. “A segurança estava ótima, me senti muito à vontade para curtir o show”, disse Maria Silva. “É importante ter um evento seguro para que todos possam se divertir”, completou o João Oliveira, 21 anos.

Programação completa:

15 de junho: Zé Vaqueiro, Matheus & Kauan, Matheus Fernandes e Guilherme Dantas

16 de junho: Nattan, Dennis DJ, Jonas Esticado e Manim Vaqueiro

19 de junho: Luan Santana, Gustavo Mioto, Felipe Amorim e Toca do Vale

21 de junho: Henrique & Juliano, Ávine e Zé Cantor

Fotos: Divulgação

Publicidade

Assembleia homenageará Sarney com a Medalha Manuel Beckman

O ex-presidente da República e escritor José Sarney, de 94 anos, receberá homenagem expressiva da Assembleia Legislativa do Maranhão. Fruto de proposição do deputado Roberto Costa (MDB), a Medalha do Mérito Legislativo “Manuel Beckman”, a mais alta honraria do Poder Legislativo, será entregue em sessão solene na quarta-feira (19), às 10h, no Plenário Nagib Haickel, da Alema.

“José Sarney tem uma história e um legado reconhecidos no mundo todo. É um maranhense dono de uma trajetória vitoriosa, de dedicação ao Maranhão e a seu povo, além de ser autor de dezenas de livros. A Assembleia presta essa homenagem como forma de reconhecer esse trabalho do homem, do político e do escritor José Sarney”, afirmou a presidente do Parlamento Estadual, deputada Iracema Vale (PSB).

Para o deputado Roberto Costa, a concessão da Medalha “Manuel Beckman” será um marco na história da Casa. Também é uma forma de reconhecer em vida o legado de José Sarney para o Maranhão, tanto na política quanto nas letras.

“O ex-presidente José Sarney é um dos maiores estadistas do país e vai receber um justo reconhecimento dessa Casa legislativa, materializado na entrega da Medalha “Manuel Beckman”, afirmou Costa. O parlamentar observou, ainda, que o homenageado é autor da frase “Não há democracia sem Parlamento livre”, que ilustra a parede ao lado da tribuna e, dessa forma, já tem seu nome inscrito no plenário da Assembleia.

Exposição

A homenagem será marcada ainda pela exposição “Hoje é Dia de… José Sarney”, realizada em parceria com a Fundação da Memória Republicana, e composta por painéis que retratam capas de obras essenciais do autor, trechos desses títulos e críticas de destaque através dos tempos.

A exposição será instalada no hall de entrada do Plenário Nagib Haickel e destaca parte da produção literária do imortal membro das Academias Brasileira (ABL) e Maranhense de Letras (AML). José Sarney é autor de 120 obras, entre as quais “Norte das águas (contos, 1969), “Marimbondos de fogo” (poesia, 1978), “Sexta-feira, Folha (1994, crônica), “O dono do mar” (romance, 1995), “Saraminda” (romance, 2000) e “A duquesa vale uma missa (romance, 2007).

Na área política, também ocupou os cargos de deputado federal, governador do Maranhão, vice-presidente da República e senador.

Trajetória

José Sarney de Araújo Costa é advogado, nascido na cidade de Pinheiro (MA), em 24 de abril de 1930. Filho de Sarney de Araújo Costa e de Kiola Ferreira de Araújo Costa. É casado com Marly Macieira Sarney, com quem tem três filhos. Bacharelou-se pela Faculdade de Direito do Maranhão (1953).
Ingressou na Academia Maranhense de Letras (1953).

Entrou para a vida política em 1954. Oficial judiciário e diretor da Secretaria do Tribunal de Justiça do Maranhão. Professor da Faculdade de Serviço Social da Universidade Católica do Maranhão (1957).
Elegeu-se suplente de deputado federal pelo Partido Social Democrático (PSD), assumindo o mandato em 1956 e 1957.

Presidente da União Democrática Nacional – UDN/MA (1958-1965). Deputado federal pelas Oposições Coligadas, legenda integrada pela UDN, Partido Democrata Cristão – PDC e Partido Republicano – PR (1959-1966). Vice-líder da UDN na Câmara dos Deputados (1959-1960). Vice-presidente nacional da UDN (1961-1963).
Com a extinção dos partidos políticos e a imposição do bipartidarismo pelo AI-2, em 27 de outubro de 1965, ingressou na Arena, partido de sustentação do regime militar. Elegeu-se governador do Maranhão (1966-1970).

Senador pela Aliança Renovadora Nacional – ARENA/MA (1971-1979). Presidente do Instituto de Pesquisas e Assessoria do Congresso – Ipeac (1971-1983). Tornou-se presidente da Arena em 1979 e, no ano seguinte, com a instalação do pluripartidarismo, do Partido Democrático Social (PDS). Vice-líder da maioria no Senado (1978-1979).

Um dos fundadores do Partido Democrático Social – PDS (1979) e senador por essa legenda (1979-1985). Presidente da Comissão Diretora Nacional Provisória do PDS (1980).
Presidente nacional do PDS (1980-1984).

Academia Brasileira de Letras

Em 1980, foi eleito membro da Academia Brasileira de Letras. Em 1984, juntamente com outros dissidentes do PDS, passou a integrar a Frente Liberal, que o lançou como vice-presidente da República na chapa de Tancredo Neves, do PMDB, tendo sido eleito pelo Colégio Eleitoral em janeiro de 1985.
Assumiu interinamente a presidência, em 15 de março de 1985, em virtude da doença de Tancredo Neves e, com a morte de Tancredo, em 21 de abril, foi efetivado no cargo.

Após o término de seu mandato presidencial, elegeu-se duas vezes senador pelo estado do Amapá (1991 e 1999). Presidente do Senado no período de 1995 a 1996 e 2003 e 2004.

Principais obras

A Canção Inicial (1952, poesia)
A pesca do curral (ensaio, 1953)
A canção inicial (poesia, 1954)
Norte das águas (contos, 1969)
Marimbondos de fogo (poesia, 1978)
O parlamento necessário (1982, discursos, 2 volumes)
Falas de bem-querer (1983, discursos)
Dez contos escolhidos (1985)
Brejal dos Guajas e outras histórias (1985)
A palavra do presidente (1985-1990, discursos, 6 volumes)
Sexta-feira, Folha (1994, crônica)
O dono do mar (romance, 1995)
Mercosul, o perigo está chegando (1997, geopolítica)
Amapá, a Terra onde o Brasil começa (1998, história)
A onda liberal na hora da verdade (1999, crônica)
Saraminda (romance, 2000)
Saudades mortas (poesia, 2002)
Canto de página (2002, crônica)
Crônicas do Brasil contemporâneo (2004, 2 volumes)
Tempo de pacotilha (2004)
20 anos de democracia (2005, discursos, 2 volumes)
20 anos do Plano Cruzado (2006 discursos)
Semana sim, outra também (2006, crônica)
A duquesa vale uma missa (romance, 2007)
Maranhão – sonhos e realidades (romance, 2010)
Galope à beira-mar: Casos e acasos da política e outras histórias (memórias, 2018)

Foto: Divulgaçào

Publicidade

Iracema destaca políticas públicas voltadas para pessoas LGBTI+

A presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputada Iracema Vale (PSB), participou, nesta quinta-feira (13), no Salão de Atos do Palácio dos Leões, da assinatura do Acordo de Cooperação Técnica para implementação do projeto-piloto do ‘Programa Empodera+’, sendo o Maranhão o primeiro estado da federação a receber a iniciativa ligada ao Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania. Na ocasião, o governador Carlos Brandão também lançou o Plano Estadual de Políticas Públicas LGBTI+.

O ato teve a presença do ministro dos Direitos Humanos e Cidadania, Silvio Almeida e de integrantes da pasta federal. Também participaram os deputados Roberto Costa (MDB), Antônio Pereira (PSB) e Ricardo Arruda (MDB), este último, presidente da Comissão de Diretos Humanos da Assembleia Legislativa do Maranhão. Secretários de estado, representantes do poder público, da sociedade civil e dos movimentos sociais LGBTI+ também estiveram na solenidade.

“Em um momento tão importante como este, a Assembleia Legislativa do Maranhão, que é a Casa do povo, não poderia estar ausente. Este momento é histórico, importante para o Maranhão, para todas as pessoas LGBTI+ e também para o governador Carlos Brandão. O governo maranhense entrou nesta luta, porque o governador é essa pessoa que traz pessoas invisibilizadas para a luz, que tem feito muitos gestos em favor do povo do Maranhão, democratizando os espaços e combatendo a discriminação com políticas públicas”, destacou a presidente Iracema Vale.

O Maranhão é o primeiro estado do Brasil a aderir ao projeto ‘Empodera+’, que tem o objetivo principal de promover trabalho digno, geração de renda e de fomento à autonomia econômica e financeira para pessoas LGBTI+ em situação de vulnerabilidade.

“Assinamos uma parceria com o governo federal, com o programa ‘Empodera+’, para que possamos ampliar nossas ações voltadas para a comunidade LGBTI+, que hoje sofre com discriminação e com a falta de espaço em todas as áreas. O programa vem para dar oportunidade para mudarmos esta realidade. Assinamos, também, o Plano Estadual de Políticas Públicas LGBTI+, que foi discutido pela sociedade civil organizada e vai fazer com que tiremos estas pessoas do esquecimento, dando a elas apoio e segurança para que possam avançar”, disse Carlos Brandão.

O Maranhão foi escolhido como o primeiro a receber o projeto-piloto do ‘Programa Empodera+’ em reconhecimento aos esforços feitos pela gestão estadual em prol da implementação de direitos no estado. O programa será executado pela Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), que atua na coordenação da Política Estadual de Promoção dos Direitos da População LGBTI+.

“O governador Carlos Brandão, ao anunciar o Plano Estadual, recebeu os cumprimentos emocionados das pessoas que pertencem ao movimento social e de luta LGBTI+. Estes agradecimentos talvez sejam os mais importantes, porque vêm de pessoas que já sofreram muito, que podiam não acreditar, mas que seguem acreditando. Hoje, estamos aqui defendendo esta luta, quando promovemos políticas de estado voltadas para a inclusão das pessoas LGBTI+”, disse o ministro Silvio Almeida.

O ‘Empodera+’ pretende articular ações para promover a inserção e a permanência no mercado de trabalho, estimular o empreendedorismo e a economia solidária, bem como a possibilidade de expansão na carreira de pessoas LGBTI+ em situação de vulnerabilidade social. Dessa forma, a iniciativa pretende enfrentar a desigualdade de oportunidades ao acesso e permanência no mercado de trabalho por pessoas LGBTI+.

Foto: Divulgação

Publicidade

AL condecora ministro André Fufuca com Medalha Manuel Beckman

O ministro dos Esportes, André Fufuca, foi homenageado, na manhã desta quinta-feira (13), com a Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman, a maior comenda do Poder Legislativo maranhense. A presidente do Parlamento Estadual, deputada Iracema Vale (PSB), conduziu os trabalhos de concessão da honraria, que foi proposta pelo deputado estadual Davi Brandão (PSB).

Participaram ainda da mesa os deputados estaduais Antônio Pereira (PSB), Roberto Costa (MDB) e Davi Brandão (PSB); o secretário estadual de Assuntos Municipalistas, Orleans Brandão; o diretor institucional da Alema, Marcus Brandão; e o prefeito da cidade de Bacabal, Edvan Brandão.

A solenidade, realizada no Plenário Nagib Haickel da Assembleia Legislativa do Maranhão, contou ainda com a participação de diversas autoridades políticas locais.

Na ocasião, a presidente Iracema Vale destacou que André Fufuca é um exemplo a ser seguido de uma liderança jovem e um político comprometido com o país e com o Maranhão.  “Ele está encarando uma missão em todo o país, que é o de democratizar as práticas esportivas. É com muito orgulho que o Parlamento concede a maior honraria desta Casa”, completou a parlamentar.

Homenagem

A mesma opinião foi compartilhada pelo deputado Davi Brandão, autor da proposição que concedeu a homenagem a André Fufuca. “Esperamos que esse reconhecimento sirva também como um incentivo para que continue com o seu excelente trabalho, sempre pautado pela ética, dedicação e amor”, disse.

Em seu pronunciamento, o secretário estadual da Casa Civil, Sebastião Madeira, que na ocasião representou o governador Carlos Brandão (PSB), falou sobre a importante trajetória do homenageado.

“O Maranhão todo se orgulha do seu trabalho, da sua trajetória e de como você desenvolve tão bem as missões que lhes foram confiadas. O deputado e ministro Fufuca tem um ativo de imenso valor, além do talento na política e competência no exercício do seu mandato e do Ministério”, destacou

Bastante emocionado, André Fufuca agradeceu a todos os presentes pela homenagem, que foi aprovada de forma unânime pelos 42 deputados. “É um prazer imenso voltar para a Assembleia. A Casa onde eu comecei na política e que tenho um carinho muito grande. Receber essa condecoração, a mais importante do Poder Legislativo, é um fato que nos enche de orgulho, alegria e, acima de tudo, responsabilidade”, disse o ministro.

Perfil

André Fufuca nasceu em Santa Inês, no dia 27 de agosto de 1989. Médico de formação, entrou para a política em 2010, ano em que foi eleito deputado estadual aos 21 anos – o deputado mais jovem do país à época.

Em 2014, Fufuca elegeu-se deputado federal pela primeira vez e, naquele mesmo mandato, foi eleito segundo-vice-presidente da Câmara dos Deputados, ocasião em que presidiu a Casa por duas vezes. Na eleição da Mesa Diretora seguinte, foi conduzido, por votação, ao cargo de quarto secretário, destacando-se por uma gestão caracterizada pelo diálogo.

Foto: Divulgação

Publicidade

Assembleia vai homenagear advogado Kleber Moreira

A Assembleia Legislativa do Maranhão realizará, nesta sexta-feira (14), às 11h, no Plenário Nagib Haickel, uma sessão solene para homenagear o advogado Dr. Kleber Moreira (in memoriam) com a entrega da Medalha ‘Manuel Beckman’.

Durante a cerimônia, será promulgada a Lei Estadual 12.310/2024, conhecida como Lei Dr. Kleber Moreira, que visa fortalecer a defesa das prerrogativas da advocacia no Maranhão. Tanto a homenagem póstuma quanto a lei são matérias de autoria do deputado Rodrigo Lago.

Kleber Moreira

Kleber Moreira nasceu no dia 8 de janeiro de 1931, no município de Penalva, e se formou em Direito pela Faculdade de Direito de São Luís. Atuou como conselheiro Federal de 1983 a 1984 e como conselheiro seccional por mais de 30 anos.

Na OAB, Kleber Moreira também presidiu o Tribunal de Ética e Disciplina do Conselho Seccional do Maranhão, de 1995 ao ano 2000. Além de contribuir para a história da entidade máxima da advocacia no Brasil, ele foi o primeiro presidente do Instituto dos Advogados do Maranhão; membro fundador do Instituto Maranhense de Estudos de Direito Tributário; integrou comissões de concursos para ingresso na magistratura, promovidos pelo Tribunal de Justiça do Estado e pelo Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região.

Destaques da lei

A Lei Estadual 12.310/2024 estabelece diretrizes para a garantia das prerrogativas da advocacia e o direito dos advogados tais como:

– Estabelece normas para a defesa dos direitos e prerrogativas da advocacia;

– Determina a obrigatoriedade da publicação dos direitos e prerrogativas da advocacia em repartições públicas estaduais;

– Inclui advertências sobre as possíveis consequências da violação desses direitos por servidores públicos;

– Cria canais de ouvidoria para denúncias sobre violações de prerrogativas da advocacia.

Foto: Divulgação

Publicidade

Arraial do Ipem abre programação oficial do São João do Maranhão

Começa na sexta-feira (14) a programação do São João do Maranhão no tradicional arraial do Ipem, com atrações nos palcos principal e alternativo, Barracão do Forró, além de uma programação especial para o público infantil. São quatro espaços para programação junina e o arraial vai funcionar até o dia 14 de julho. O Arraial do Ipem fica localizado no bairro Calhau, na Avenida A. A programação é diária, com entrada gratuita.

No primeiro dia de arraial se apresentam, a partir das 17h30, no palco principal, os grupos: Tambor de Crioula Estrela de Luz, Cacuriá de Dona Teté, Boi Oriente (baixada), show de Tutuca Viana, Boi Upaon-Açu (orquestra), show de Yara Costa, Boi de Axixá (orquestra) e Boi da Maioba (matraca).

No Barracão do Forró, a programação começa às 19h com os grupos: Forró do Meu Jeito, Trio Mulundus e Forró Não Gela. O São João do Maranhão é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secma).

Praça de Alimentação
Em todo local há espaços instagramáveis, área para acessibilidade, pontos de ativações de parceiros, área específica para soltura de bombinhas e barraca de tiros. E quando se fala de arraial, não dá para não falar da comida típica. No Ipem, o público poderá se deliciar com uma variedade de comidas e bebidas que podem ser encontradas nas barracas, food trucks, food bikes, restaurantes, quiosques e barracas do programa Mais Renda, sorveteria, barraca de drinks e uma vila de chopp. São mais de 70 pontos de alimentação e bebidas.

Além disso, haverá uma grande estrutura preparada para diversão e entretenimento do público, que vai se encantar com a decoração do lugar e espaços instagramáveis para deixar aquele registro especial.

Arraiais em vários cantos
No arraial do Ipem, haverá programação todos os dias até o dia 14 de julho. Com o slogan “O Maior São João do Mundo”, a programação do São João do Maranhão 2024, em São Luís,  vai contar com muita música, comidas típicas e diversão nos arraiais do Ipem, Vila Palmeira, Santo Antônio, Bairro de Fátima, João Paulo, Cohatrac, João de Deus, Cidade Operária e Parque da Juçara. Também terá festejo no arraial do Maiobão, no município de Paço do Lumiar, e em São José de Ribamar.

No interior do estado, o São João do Maranhão vai contar com arraiais nas cidades de São José de Ribamar, Imperatriz, Cururupu, Barreirinhas e Timon. São mais de 700 atrações, em 60 dias de festa, que vão encher os arraiais realizados pelo Governo do Estado com apresentações de cantores, bandas, grupos de bumba meu boi, cacuriá, quadrilha, tambor de crioula, danças diversas, entre outras manifestações culturais maranhenses.

Programação
14/6 – Sexta-Feira
17h30 – TC Estrela de Luz
18h – Cacuriá de Dona Teté
19h – BMB Oriente (B)
20h – Tutuca Viana (Palco Show)
21h – BMB Upaon-Açu (O)
22h – Yara Costa (Palco Show)
23h – BMB de Axixá (O)
00h0- BMB da Maioba (M)

Barracão do Forró
19h – Forró do Meu Jeito
21h – Trio Mulundus
23h – Forró Não Gela

15/6 – Sábado
17h30 – TC Catarina Mina
18h – Quadrilha Fogueira Viva
19h – BMB Encanto do Olho d’Água (O)
20h – Bumba Show (Palco Show)
21h – BMB Lendas e Magias (O)
22h – Emanuel Jesus (Palco Show)
23h – BMB de Sonhos (O)
0h – BMB do Mestre Leonardo (Z)

Barracão do Forró
19h – Forró Cris Campo
21h – Forró Made In Xote
23h – Forró do Rui

16/6 – Domingo
17h30 – TC Arte Nossa
18h – DP Império de Lisboa
19h – BMB de Nina Rodrigues (O)
20h – Banda Erickson Andrade (Palco Show)
21h – Cia Barrica (A)
22h – Fernanda Furtado (Palco Show)
23h – BMB de Morros (O)

Barracão do Forró
19h – Forró Bom Demais
23h – Forró Com Xote

Foto: Fernando Santos

Publicidade

Fapema apoia 1º Amazon Nanobiotec e fomento à biotecnologia

A rica biodiversidade do Maranhão, aliada ao potencial da biotecnologia e da nanotecnologia, será o foco da I Amazon Nanobiotec. O evento tem como objetivo fomentar a qualificação de recursos humanos e promover discussões de alto nível no campo da biotecnologia. Em sua primeira edição, contando com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), a iniciativa será realizada de 26 a 29, no Centro de Pós-graduação do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), das 9h às 17h. As inscrições são gratuitas e estão abertas até dia 14 de junho, no link: renorbio@ufma.br. Estão disponíveis 30 vagas.

Com o tema “Uso de nanomateriais para o desenvolvimento de formulações de polifenóis naturais e sintéticos”, a I Amazon Nanobiotec reunirá especialistas renomados do Brasil e do exterior para debater temas como bioprospecção de produtos naturais, nanocarriers para entrega intracelular de polifenóis, bioinformática e modelagem molecular, e prospecção de patentes. O evento tem formato bootcamp – campo de treinamento – pelo seu rigor e intensidades das atividades.

A expectativa para essa primeira edição do evento é poder reunir os estudantes de pós-graduação da Ufma e de outras instituições do estado, que estejam interessados na biotecnologia, no melhor aproveitamento da biodiversidade do Estado e nas possibilidades que possa proporcionar à região, explica o coordenador do PPG Renorbio/Ufma e do evento, Marcus Paes.

“É um tema de grande relevância para o Maranhão, Brasil e mundo e que será debatido com especialistas locais, nacionais e internacionais. O Maranhão tem rica diversidade e é área de transição para diferentes biomas. Precisamos entender essa biodiversidade e a maneira de poder explorar de uma forma sustentável, proporcionando novas oportunidades para os especialistas dentro do estado”, destacou Marcus Paes.

Para o diretor científico da Fapema, Cristiano Capovilla, o Amazon Nanobiotec representa um marco significativo para a ciência do estado. “O Amazon Nanobiotec traz consigo uma proposta ambiciosa e surge como um marco significativo para o desenvolvimento científico e tecnológico do estado, na área de biotecnologia. Este evento vai impulsionar a formação de recursos humanos qualificados e estimular reflexões essenciais sobre o setor, sendo importante contribuinte para valorização dos recursos naturais da região e pelo desenvolvimento sustentável. O apoio da Fapema a esta iniciativa reflete o compromisso da instituição em promover a ciência e a inovação em benefício do Maranhão”, reforçou.

A programação terá ciclo de palestras com especialistas do Uruguai e Estados Unidos, das universidades e agências de pesquisa. Entre os temas abordados, estão biodiversidade maranhense e a relação para o desenvolvimento biotecnológico do meio-norte; uso e manejo sustentável da biodiversidade; polifenóis naturais; potencial bionanotecnológico de produtos da Amazônia; e bioprospecção de produtos naturais, em tempos de Inteligência Artificial (IA). “Essa temática estratégica oferece uma oportunidade ímpar para explorar as potencialidades da nanotecnologia, ampliando suas aplicações e convertendo em benefícios para a sociedade, a economia e o desenvolvimento das regiões”, reitera Cristiano Capovilla.

A Amazônia Legal ocupa 58,9% do território brasileiro, estendendo-se por nove Estados e de três regiões geográficas. Dentre estes, o Maranhão é o que possui maior número de municípios abrangidos pela região – 181 do total de 217. Além do bioma Amazônia, o Maranhão também apresenta extensa cobertura dos biomas Caatinga e Cerrado, sendo importante e única zona de convergência e transição da biodiversidade, predominante nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. Essa realidade confere ao Maranhão um potencial maior, no que se refere a projetos voltados ao tema ambiental e ao desenvolvimento sustentável.

Inscrição

O Amazon Nanobiotec é voltado a alunos de pós-graduação, matriculados na Ufma e de instituições parceiras que desenvolvam projetos de dissertação ou tese relacionados ao tema. Para se inscrever, devem ser informados dados pessoais, formação, projeto acadêmico de até 150 palavras com resumo científico em inglês, contendo título, autores, filiação, introdução, métodos, resultados e conclusão. O curso exige frequência mínima de 75% para certificação.

Mais informações sobre as inscrições, no link: https://sigaa.ufma.br/sigaa/public/programa/noticias_desc_stricto.jsf?lc=pt_BR&idPrograma=1154&noticia=294548521.

Foto: Divulgação

Publicidade

Francisco Nagib repudia críticas ao governador Carlos Brandão  

Em aparte e apoio ao pronunciamento do colega de plenário, deputado Antônio Pereira (PSB), o deputado Francisco Nagib (PDT) repudiou a iniciativa de parlamentar da oposição chamar o governador Carlos Brandão (PSB) de caloteiro e reiterou o compromisso do gestor estadual com a população maranhense, elencando obras realizadas pelo Executivo.

De acordo com Nagib, chamar o governador Brandão de caloteiro, veladamente, corresponderia a chamar também o ex-governador Flávio Dino de mesmo nome. Ele lembrou que fez parte do governo Flávio Dino, como diretor-geral do Detran, e foi prefeito de Codó.

“Sei o que é gerir o sistema público. O governador Brandão está acertando. Existem filas de cirurgias eletivas, mas nós saímos de uma pandemia com a demanda reprimida, e está aí o mutirão de visão para todos, onde o governador está zerando as filas de catarata, com distribuição de óculos, fazendo algo diferente. Eu sou defensor do governo que acredito e pode ter certeza de que nós teremos dias melhores”, disse

Ele disse, ainda, que deixou o Detran praticamente com todas as contas sanadas e que decidiu fazer parte do grupo de Carlos Brandão por acreditar na seriedade do governo.

“É um governo sério e comprometido com o empreendedorismo, a geração de emprego e renda. Eu repudio também essa questão da fala, de chamar o governador de caloteiro. Isso não é uma oposição correta. Nós temos que ter, cada vez mais, sensatez e dizer que é bom ter avanços em obras. Se está devendo a empreiteiros, vai ser pago, mas o importante é que está executando a obra,”, afirmou.

Por fim, o parlamentar destacou que o Governo do Estado vai investir no São João cerca de R$  44 milhões. “Isso é menos do que 10% do que todo mês se manda, no total, para a saúde, mas vale porque você faz geração de emprego e renda, empreendedorismo, descentraliza e traz R$ 400 milhões para dentro do estado por meio do turismo”, explicou.

Foto: Divulgação