Morre o radialista Djalma Rodrigues aos 66 anos em São Luís

O radialista Djalma Rodrigues morreu, na tarde deste sábado (22), em São Luís, aos 66 anos, vítima de câncer.

No ano passado, Djalma Rodrigues foi diagnosticado com um câncer no estômago e desde então iniciou o tratamento.

A morte do radialista, no entanto foi confirmada pela esposa Elineusa Matos Rodrigues.

Djalma Rodrigues integrou a equipe dos jornais O Estado do Maranhão, Pequeno e Atos e Fatos, além da Rádio Capital onde apresentou

Foi também assessor assessor de comunicação na Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) e diretor de comunicação da Câmara de São Luís.

A Câmara de São Luís , a Assembleia Legislativa do Maranhão e o Governo do Maranhão divulgaram nota de Pesar:

“Por mais de três décadas, o comunicador construiu uma brilhante trajetória no Legislativo ludovicense e, por 23 anos consecutivos, atuou como diretor de comunicação. Ele assumiu o cargo pela primeira vez na gestão do ex-presidente Deco Soares, em 1993, mas permaneceu na função com João Evangelista, Chico Carvalho, Ivan Sarney e Isaías Pereirinha, em 2014”, destaca uma nota do Legislativo da capital.

A Casa também reconheceu seu relevante trabalho como jornalista, radialista, blogueiro e na produção literária do seu primeiro livro intitulado “O Órfão e o Jornalista”, que estava em fase de publicação.

Em abril de 2023, a Mesa Diretora homenageou o comunicador com o certificado de honra ao mérito pela dedicação em relação aos trabalhos prestados por ele ao longo de sua trajetória no parlamento.

Nossas sinceras condolências à família e aos amigos por esta inestimável perda. Neste momento de dor, solidarizamo-nos com todos, rogando a Deus que conforte os seus entes queridos”, diz a nota divulgada pela Câmara.

“Com uma trajetória iniciada em 1979 e marcada pela competência e dedicação à profissão, Djalma Rodrigues deixou sua marca como redator e repórter em diversos meios de comunicação de São Luís, tendo atuado em jornais como O Estado do Maranhão, Jornal Pequeno, Atos e Fatos e Jornal de Hoje, entre outros.

Foi também consultor de Comunicação da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) e assessor e diretor de Comunicação da Câmara Municipal de São Luís, além de ter prestado relevantes serviços à comunicação da Alema”, destacou a Assembleia Legislativa.

“O Governo do Maranhão manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento do jornalista Djalma Rodrigues, neste sábado (22), em São Luís (MA). Djalma atuou como profissional da imprensa em diversos veículos de comunicação em São Luís e Imperatriz, como o Jornal de Hoje, Jornal O Estado do Maranhão e Jornal Pequeno; além da atuação na Rádio Capital e como Assessor de Imprensa da Câmara Municipal de São Luís.

Neste momento de dor, a gestão estadual se solidariza com familiares e amigos, reiterando nossos sinceros sentimentos”.

Foto: Arquivo pessoal

Seja o primeiro à comentar em "Morre o radialista Djalma Rodrigues aos 66 anos em São Luís"