Fapema e Iema discutem apoio técnico durante o Fira Roboworld Cup


O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), Nordman Wall, e a diretora do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), Cricielle Muniz, reuniram-se, nesta quarta-feira (28), para tratar sobre ações conjuntas com foco no mundial de robótica – Fira Roboworld Cup na Summit 2024, que será realizado de 3 a 10 de agosto, em São Luís. Entre as ações está o lançamento do edital para seleção de intérpretes, nos idiomas inglês e espanhol, além de apoio técnico para arbitragem em robótica, que irão atuar no campeonato mundial.O edital tem como foco atrair professores e estudantes interessados em atuar no evento. A ideia é oferecer suporte linguístico e técnico, garantindo uma participação mais qualificada e eficiente das equipes na competição.

Durante a reunião que contou ainda com assessores da Fundação e do Instituto que estão envolvidos na organização do evento, Nordman Wall ressaltou a importância da parceria entre a Fapema e o Iema, para o êxito do campeonato. “É uma união de esforços para garantir o sucesso desse importante evento que será realizado na capital. É um grande evento para o Maranhão e para o país, que o Governo do Maranhão está organizado por meio do Iema, com a parceria da instituição e de outras. O Roboworld Cup Fira-2024 é uma oportunidade e uma vitrine para nossos estudantes, professores e pesquisadores apresentarem sua capacidade e criatividade na área de robótica”, frisou.

A diretora do Iema, Cricielle Muniz, destacou o esforço conjunto das instituições de governo. “Participar de uma competição internacional como a Roboworld Cup é uma experiência enriquecedora para nossos alunos e pesquisadores. Neste momento, a robótica precisa estar na centralidade do modelo de ensino do Iema e a Fapema, sendo grande instituição da pesquisa e ciência do estado e que contribui com a nossa rede, viemos discutir este importante edital para que possamos, juntos, construir este instrumento e realizar este grande evento com sucesso”, disse.

O campeonato tem entre seus objetivos promover uma competição internacional com o intuito de incentivar a geração mais jovem e a indústria a concentrarem mais esforços na robótica e na inteligência artificial, compartilhando ideias e divulgando resultados de pesquisas nessas áreas.

Também é objetivo do evento utilizar o ambiente proporcionado pelas competições de robótica para estimular o pensamento computacional de estudantes da educação básica, sendo estímulo para o interesse desses jovens pelas carreiras tecnológicas.

Neste sentido, a Fapema tem sido grande incentivadora do ensino da robótica no Maranhão. Por meio de editais a Fundação tem garantido recursos para qualificação de professores e compra de kits de robótica garantindo que o ensino chegue em lugares nunca alcançados como em comunidade quilombolas e indígenas. O resultado desses investimentos tem refletido no destaque do Maranhão no cenário nacional e internacional nas competições nesta área.

Foto: Divulgação

Uma resposta para "Fapema e Iema discutem apoio técnico durante o Fira Roboworld Cup"

  • Reynaldo Pinto Filho

    Nessa reunião faltou convidar o Sesi/Senai que fizeram um grande evento de Robotica ,que mobilizou o Maranhão e outros estados.