Emap destaca sucesso da Operação Carnaval no Maranhão

A Operação de Carnaval 2024, realizada pelo Governo do Maranhão por meio da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), foi considerada um grande sucesso. O trabalho da gestão estadual garantiu conforto e segurança a todos os usuários que passaram pelos terminais da Ponta da Espera e Cujupe, durante o período entre 8 e 18 de fevereiro.

Ao todo, 69.065 pessoas utilizaram os terminais, com embarque de 13.498 veículos em 270 viagens realizadas. Equipes da Emap estiveram em operação contínua e eficiente, 24 horas por dia. Os números registrados confirmam a eficiência da operação de Carnaval de 2024.

Quanto à movimentação de cada terminal, o maior registro foi no sentido Ponta da Espera/Cujupe, com um total de 37.751 pessoas, 6.775 veículos em 129 viagens. No sentido Cujupe/Ponta da Espera foram 33.314 passageiros, 6.723 veículos em 141 viagens.

O dia 9 de fevereiro, sexta-feira, foi marcado como o ápice de movimentação no terminal da Ponta da Espera, com mais de 8 mil passageiros, 1.196 veículos em 17 viagens. Já no Cujupe, a quarta-feira de cinzas, dia 14, registrou 7.728 passageiros, 1.327 veículos em 17 viagens.

Ricardo Miranda, diretor de Engenharia da Emap, setor responsável pela administração dos terminais, ressaltou: “É relevante destacar que, durante todos os dias da operação, não ocorreu nenhuma intercorrência, mostrando que todo o planejamento garantiu operações com mais eficiência. Todos os nossos colaboradores se doaram muito para que a população tivesse o melhor atendimento possível”, frisou.

Este ano, algumas novidades auxiliaram o trabalho nos terminais. A criação de mais um canal de comunicação com os usuários, no caso uma página no Instagram, ajudou interação com quem utilizou os serviços. Outra ação que foi considerada fundamental para o relacionamento com o público foi o “filômetro”, adotado por meio de postagens no perfil @navega.ma.

Foto: Divulgação

Seja o primeiro à comentar em "Emap destaca sucesso da Operação Carnaval no Maranhão"