César Nascimento lança clipe em homenagem à Igreja do Desterro

Um dos mais bonitos cartões-postais de São Luís é a Igreja de Nossa Senhora do Desterro, cujo largo faz parte do conjunto arquitetônico e paisagístico do respectivo bairro, tombado pelo IPHAN.

O cenário encantador serviu de fonte de inspiração para uma das músicas de César Nascimento, chamada Desterro, gravada no mesmo LP da icônica Ilha Magnética, de 1989. Agora, a faixa Desterro recebeu uma nova roupagem, e já está disponível em todas as plataformas digitais. E neste sábado, dia 21 de outubro, terá clipe lançado no YouTube com direção de Diego Caversan, imagens de estúdio feitas por ele, imagens aéreas do fotógrafo Meireles Junior e desenhos do artista plástico Cordeiro Filho.

A data para o lançamento do clipe “Desterro” foi proposital. Há registros históricos de que a Igreja do Desterro quase sofreu demolição, mas com a ajuda da população local, em  21 de outubro de 1869, foi reedificada por Marcelino José Antunes Pimenta.

Sobre a inspiração para compor a música, César Nascimento conta: “Estávamos recém-casados, eu e Renata, na casa dos pais dela, no São Francisco, quando me chamou atenção um pequeno quadro com a pintura da Igreja do Desterro, na sala de estar. E pintou uma vontade inexplicável de ir com o violão defronte à igreja para compor uma canção. E assim a fiz…”.

E sobre o clipe, ele diz: “Eu gostei muito do resultado final deste trabalho. Acredito que ele será um belo presente para fortalecermos a história da Igreja do Desterro, como um ícone do Centro Histórico de São Luís do Maranhão”, aponta.

Em setembro passado, César Nascimento lançou a música “Vem, Maninha!”. Este ano, também lançou o disco “É Pra São João”, com ritmo da cultura popular, e EPedra!, um EP voltado ao ritmo jamaicano com sotaque maranhense.

César Nascimento tem 42 anos de carreira artística. Ao todo, além dos singles, são dois álbuns virtuais nas plataformas; além dos 08 (oito) CDs, 02 (dois) DVDs, 02 LPs já produzidos e mais outras faixas gravadas em coletâneas, como “Mururu” do LP Segunda de Arte (1992), “Gavião Vadio”, composição de Nicéas Drumont e Cecílio, interpretada com Betto Pereira no LP Maio Oito Meia (2017) e “João do Vale, Minha Homenagem”, do LP Vinil & Poesia – Vol.01 (2020). A saber, o CD/DVD Violão de Coreiro – A composição de César Nascimento e seu violão, de 2018, é considerado pela crítica especializada como uma obra prima da carreira do artista.

César Nascimento é autor da consagrada balada Ilha Magnética, eleita como “Bem Cultural do Estado do Maranhão”, e de hits como: O Radinho, Maguinha do Sá Viana e Reggae Sanfonado, imprescindíveis na programação das rádios de todo o país e nas playlists de Música Brasileira.

Foto: Diego Caversan

Seja o primeiro à comentar em "César Nascimento lança clipe em homenagem à Igreja do Desterro"