Deputado bolsonarista protocola notícia-crime contra Flávio Dino

O deputado federal eleito Nikolas Ferreira (PL-MG) protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (11), notícia-crime contra Flávio Dino, ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino (PSB).

Para Nikolas houve “omissão intencional” de Flávio Dino nos atos terroristas do último domingo (8), em Brasília.

O deputado bolsonarista pede que o STF decrete “se for o caso” a prisão preventiva do ministro Flávio Dino.

“Protocolei uma notícia crime ao ministro Alexandre de Moraes sugerindo que seja analisado a responsabilização do ministro da justiça, Flávio Dino, por omissão intencional nos atos de 08/01. Inclusive, se for o caso, decretando sua prisão preventiva”, afirmou.

“Há fortes evidências de que o ministro havia sido informado dos acontecimentos inclusive por parte da agência de inteligência brasileira. Pedi que a ABIN fosse oficiada para confirmar tal fato. Sendo verdadeiro, os fatos são muito graves, uma vez que a lei brasileira prevê nesses casos que a pessoa seja punida pelos atos que não impediu. Ou seja, nesse tipo de omissão, ele tinha o dever, por lei, de impedir qualquer resultado criminoso”, finalizou Nikolas.

Foto: Divulgação

Seja o primeiro à comentar em "Deputado bolsonarista protocola notícia-crime contra Flávio Dino"