Edilázio destaca filiação de Braide no PSD e a transição de Lula

O deputado federal e presidente do PSD no Maranhão, Edilázio Júnior, em entrevista ao programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM, direto de Brasília, comentou sobre a chegada do prefeito de São Luís, Eduardo Braide, no partido e a saída do ex-prefeito da capital, Edivaldo Júnior, da legenda.

“O Braide é um grande quadro, hoje o partido passa a ter quatro prefeitos de capitais. A chegada do Braide no PSD estava amadurecendo, mas ontem quando fomos marcar a data da filiação com o presidente nacional, Gilberto Cassab, ele sugeriu que filia-se logo e assim aconteceu”, afirmou Edilázio.

O presidente do PSD no Maranhão também lamentou a saída de Edivaldo do partido. Edilázio disse que tudo que foi combinado entre ambos foi cumprido e não existia nenhum acordo sobre as eleições de 2024, até mesmo pelo fato do partido integrar o Governo Braide. O candidato do PSD ao Governo do Maranhão em 2022, resolveu deixar o partido após o desembarque de Braide na legenda.

“Eu queria que Edivaldo continuasse no partido, é um bom quadro, bom caráter e bom político, mas é importante dizer que nunca tratamos sobre as eleições em São Luís para 2024. Conversei com Edivaldo ontem a noite e expliquei a situação, só posso desejar muita sorte”, destacou.

Transição – Edilázio também teve seu nome confirmado na equipe de transição do futuro Governo Lula. Por indicação do PSD, o deputado maranhense estará integrando o grupo que debaterá sobre infraestrutura.

Edilázio agradeceu ao PSD pela indicação e confiança, bem como se comprometeu a lutar para que a recuperação de estradas federais do Maranhão seja uma das prioridades na infraestrutura do próximo Governo Federal.

Além disso, Edilázio disse que já foi sondado para ocupar um cargo no Governo Lula e está discutindo o assunto com o comando nacional do PSD, que estará integrando a base da próxima gestão.

Veja a entrevista aqui

Seja o primeiro à comentar em "Edilázio destaca filiação de Braide no PSD e a transição de Lula"