Márcio Honaiser participa do projeto Formando e Cozinhando

Na terça-feira (5) aconteceu a aula inaugural do projeto social ‘Formando e Cozinhando’, uma iniciativa do Governo do Maranhão que reúne chefs de cozinha do estado para profissionalizar 25 alunos durante três meses, com aulas teóricas e práticas. Durante o curso, os alunos irão receber uma bolsa no valor de 500,00 reais. O projeto é realizado por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), Secretaria de Estado de Governo (Segov), e Secretaria de Estado da Cultura (Secma), através da Lei de Incentivo à Cultura.

Durante a aula inaugural os aprendizes visitaram as instalações do IEMA Gastronomia, localizado na Rua do Egito e ouviram dos chefs depoimentos sobre suas trajetórias na gastronomia.  Presente ao evento o titular da Sedes, deputado Márcio Honaiser, parabenizou os selecionados e falou sobre a oportunidade de estarem participando deste curso.

“Hoje o programa Formando e Cozinhando vai começar a preparar 25 maranhenses nos caminhos da alta gastronomia. Pessoas que já tinham experiencia e que agora vão receber aulas com grandes chefs aqui do Maranhão. Além disso, durante os três meses de curso, os alunos irão receber uma bolsa de R$ 500 reais. É o apoio do Governo do Maranhão para fortalecer cada vez mais a nossa cultura, a nossa gastronomia e a nossa culinária”, disse Márcio Honaiser.

A secretária adjunta de Renda e Cidadania da Sedes e coordenadora do ‘Formando e Cozinhando’, Ana Gabriela Borges, ressaltou a importância do projeto que vem ganhando destaque nacional.

“Os alunos terão aulas todas as segundas e terças-feiras, que serão ministradas por convidados daqui do estado e chefs de cozinha de renome nacional que estão interessados em participar deste processo de qualificação dos profissionais da gastronomia no estado do Maranhão. O programa favorece profissionais que fazem a mesa, que fazem o alimento e que superam a fome através de sua profissão. Por isso, o Governo do Estado do Maranhão está a frente de todo este processo, este é um marco na história da política da gastronomia do nosso país”, frisou Ana Gabriela Borges.

Em um depoimento emocionante, o chef Wagner Velasco, contou que só se tornou cozinheiro por causa de um projeto social que trabalhava com menores infratores. O cozinheiro chef de um dos restaurantes mais badalados de São Luís disse que a culinária o salvou.

“Vejo o ‘Formando e Cozinhando’ como uma forma de aprimorar as habilidades destas pessoas que vieram em busca de desenvolvimento profissional. O Brasil precisa de mais iniciativas de políticas voltadas para a gastronomia, porque ela me fez chegar até aqui.  Sinto-me honrado por poder, em breve, compartilhar um pouco do que sei com estes alunos”, disse chef Wagner Velasco.

Para Maria Maia, aluna do ‘Formando e Cozinhando’, o curso é uma oportunidade de aprimoramento profissional. A estudante de 33 anos, disse que não acreditou quando seu nome saiu na lista de selecionados divulgada no último sábado (2), no site do programa.

“Esta é a realização de um sonho. Fiquei muito emocionada quando vi que o meu nome entre os selecionados. Estou aqui para absorver todo conteúdo dos professores/chefs para que eu aprenda e me desenvolva profissionalmente. Quero poder chegar a lugares que jamais imaginei por meio da gastronomia”, falou a aluna.

Dos quase 600 inscritos, 25 foram selecionados para aperfeiçoar suas habilidades na cozinha com aulas práticas e teóricas que ocorrem duas vezes na semana (segundas e terças-feiras), das 8h às 18h, com carga horária de 120h. O aluno além de qualificar-se, ainda recebe bolsa auxilio mensal no valor de R$500,00 para poder garantir o acesso às aulas.

Fotos: Divulgação

Seja o primeiro à comentar em "Márcio Honaiser participa do projeto Formando e Cozinhando"