LDO: Comissão de Orçamento aprova relatório de Juscelino

A Comissão Mista de Orçamento aprovou, nesta segunda-feira (12), o relatório preliminar da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021, que determina as metas e prioridades para os gastos do governo no ano que vem.

O relator da LDO 2021, como Blog já havia destacado, é o deputado federal Juscelino Filho (DEM). O parlamentar maranhense destacou que cada deputado ou senador poderá apresentar até três
emendas ao Anexo de Prioridades e Metas da LDO. Além disso, as bancadas estaduais do Congresso e comissões permanentes da Câmara dos Deputados ou do Senado também podem apresentar até três emendas cada.

“Apresentamos a conjuntura macroeconômica com foco no cenário fiscal, acreditando na recuperação da economia em 2022. Mas estamos atentos ao delicado momento do cenário social que ainda perdura”, reconheceu Juscelino Filho.

Só vale destacar que o prazo para apresentação de emendas vai até quarta-feira (14), ao meio dia e foi prorrogado após uma solicitação feita pelo deputado federal Hildo Rocha (MDB).

Na votação do relatório, deputados e senadores declararam preocupação com o deficit nas contas públicas, que chega a R$ 177,5 bilhões — R$ 170,47 bilhões do governo federal, R$ 4,42 bilhões das estatais e R$ 2,6 bilhões de estados e municípios.

Foto: Divulgação

Seja o primeiro à comentar em "LDO: Comissão de Orçamento aprova relatório de Juscelino"