Flávio Dino descarta suspensão do uso de máscaras no MA

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) descartou em entrevista coletiva virtual, nesta sexta-feira (11), a possibilidade de suspensão do uso de máscaras neste momento da pandemia.

A afirmação foi feita pelo governador após a declaração do presidente Jair Bolsonaro que defendeu a realização de estudos para a retirada de máscaras por pessoas que já tenham recebido as duas doses da vacina ou que tenha contraído o vírus.

“No Maranhão permanece e permanecerá em vigor a determinação do uso de máscaras enquanto não tivermos as condições sanitárias favoráveis a tomada de uma decisão dessa. Eu acredito que nós chegaremos sim a esse momento, mas não chegamos ainda”, explicou.

Flávio Dino disse que por orientação do Ministério da Saúde, a vacina da Janssen (dose única) que chegará ao Maranhão nos próximos dias será distribuída apenas na Ilha de São Luís e outras grandes cidades (no máximo 4 ou 5). O anúncio das cidades será feito pelo secretário de Saúde Carlos Lula.

O governador reforçou o início nesta sexta-feira (11), às 19h até po domingo (13), ao meio-dia, do Arraial de Vacinação, de 41 horas, no Shopping Pátio Norte, para pessoas de 29 anos ou mais nos municípios da Ilha. Além da Ilha, Flávio Dino anunciou o Arraial em Timon.

“Vamos continuar os arraais durante todo o mês de junho esses mutirões nos arraiais de vacinação. Nós decidimos premiar o esforço do municípios que mais se dedicarem à vacinação”, afirmou.

Segundo Flávio Dino, 166 municpipios já alcançaram mais de 85 por cento de aplicação da vacinação recebida. 33 municípios estão entre 80% e 85%. 15 municípios entre 70% e 80% e 3 municípios entre 60% e 70%. Ele adiantou que na próxima semana deve ampliar o patarmar de vacinação para 90% para acelerar ainda mais a vacinação no Maranhão.

O governador afirmou que cidade de Alcântara deverá ser a primeira cidade do país a ter a população adulta vacinada. Mais de 60 por cento da população do município já foi vacinada até este momento.

Flávio Dino disse que a taxa de contágio no Maranhão diminuiu e está em 0,94%. O Maranhão está em estabilidade em relação a taxa de óbitos e continua com a menor taxa de mortalidade do Brasil com 1.170 mortes por cada milhão de habitante, enquanto a taxa do país é de 2.259.

O governador disse que a taxa de ocupação de leitos ainda continua em alta, mas disse acreditar em queda nas próximas semana. Ele afirmou que tem recebido a solicitação de leitos por outros governadores, mas diante do quadro não tem sido possível. E finalizou a coletiva prorrogando as medidas em vigor no Maranhão até 21 de junho.

Foto: Reprodução

Seja o primeiro à comentar em "Flávio Dino descarta suspensão do uso de máscaras no MA"