Homenagem de Roberto Júnior a Roberto Fernandes

Faz exatamente um ano que o Maranhão perdeu o grande jornalista Roberto Fernandes e eu perdi o meu pai. Durante todo esse tempo encontrei vários amigos, colegas, admiradores e até fãs, e de todos escutei uma palavra que era muito comum nos discursos que ouvia sobre ele… legado.

Cheguei à conclusão que o legado que meu pai deixou é o seu nome, o qual carrego com muito orgulho. Eu sempre seguirei seus preceitos que eram lealdade e amor aos nossos, verdade naquilo que nos propusermos a fazer e seguir, respeito e senso de justiça.

Ele sempre pensava naqueles que são menos favorecidos, os que não têm voz e a maior parte da população não escuta, não vê e não luta. Mas ele escutava, ele via e ele lutava, falando aos quatro cantos com sua voz tão marcante. Vendo (e vivendo!) isso percebi o quanto era lindo, o quanto que era inspirador vê-lo lutar por aqueles que na maioria das vezes sequer conhecia.

A premissa do bom jornalismo diz que sempre deve-se checar as informações, usar da imparcialidade, dar voz e vez a todos, usar sempre a verdade e a ética. Era baseado nisso que ele norteava sua vida profissional e pessoal. Acredito que justamente por isso, ele tinha tanto respeito e credibilidade.

Passei esse ano pensando em como poderia fazer com que seu nome e sua forma de fazer jornalismo pudesse seguir ajudando pessoas e dando lugar a verdade, algo tão difícil em tempos de fake news.  Surgiu então o projeto de fazer um portal de notícias que seguisse a premissa do bom jornalismo algo que meu pai tanto acreditava.

Esse projeto tomou forma e hoje o MA98 conta com uma equipe comprometida com o jornalismo sério e íntegro. E nada menos que isso, afinal é um legado. E por esse motivo temos orgulho, mas também assumimos a responsabilidade de carregá-lo.

Espero que você meu pai esteja feliz com esta homenagem.  

Meu eterno muito obrigado. Sempre e pra sempre TE AMO.

Roberto Fernandes Jr.

Seja o primeiro à comentar em "Homenagem de Roberto Júnior a Roberto Fernandes"