Edivaldo entrega Praça João Lisboa e Largo do Carmo

Mantendo sua agenda de inaugurações do programa São Luís em Obras, o prefeito Edivaldo Holanda Junior entregou as obras de recuperação da Praça João Lisboa, Largo do Carmo, Rua de Nazaré e entorno.

A reforma foi executada com recursos próprios da Prefeitura por meio do programa São Luís em Obras e conta com parceria do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que elaborou o projeto de recuperação dos espaços. O superintendente do Iphan no Maranhão, Maurício Itapary, acompanhou a entrega.

Edivaldo realizou ampla reforma nos locais, recuperou a arquitetura colonial portuguesa, implantou nova iluminação, paisagismo e acessibilidade. A estátua de João Lisboa, o busto do frei Carlos Olearo e o tradicional relógio foram restaurados.

A área que antes sofria com o vandalismo agora está preservada e volta a ser um importante espaço de convivência, descanso e contemplação da arquitetura histórica da cidade.

Com mais esta entrega Edivaldo amplia os investimentos de sua gestão na região central de São Luís, que recebe um volume de obras de recuperação do patrimônio histórico e da infraestrutura urbana inédito nas últimas décadas.

Membros da Academia Maranhense de Letras, entre eles o presidente Carlos Gaspar, e da Academia Ludovicense de Letras, incluindo a presidente Ceres Murad, estiveram presentes e destacaram a importância desta política da gestão do prefeito Edivaldo.

É neste ritmo que Edivaldo vai seguir, trabalhando até o último dia da gestão como se fosse o primeiro e tendo o reconhecimento do trabalho que executa em sua gestão.

Foto: Divulgação

Uma resposta para "Edivaldo entrega Praça João Lisboa e Largo do Carmo"

  • Reynaldo Pinto Filho

    A recuperação da praça ,trouce ao local modernidade e a deixou mais alegre.Contudo,não notei a presença dos velhos trabalhadores engraxates,que sempre foram um marco dos encontros de políticos,
    jornalistas e escritores.Outra coisa que me chamou atenção,que também não notei inicialmente,foi a falta dos banheiros públicos e posto policial como alguma cabine para que sirva de apoio aos policiais na proteção ,principalmente a noite dos turista e da população saudosista Para que ficasse completo,Faltou o velho cinema Eden por perto.