Edivaldo inaugura unidade para mulheres em situação de rua

O prefeito Edivaldo Holanda Junior inaugurou, nesta quinta-feira (22), a Unidade de Acolhimento para Mulheres em Situação de Rua – Elisângela Cardoso. Trata-se de mais um equipamento da assistência social da Prefeitura de São Luís voltado para o acolhimento e abrigo de mulheres em situação de vulnerabilidade social, sendo o primeiro voltado para esta parcela específica da população. Localizado no bairro Bequimão, a unidade receberá mulheres com vínculos familiares rompidos, em situação de rua, negligência ou abandono. A coordenação do local está a cargo da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas). O Instituto de Solidariedade e Inclusão Social (Solis) será parceiro no gerenciamento do espaço.

“É com muita alegria que entregamos este importante equipamento da área de Assistência Social, mais uma conquista da nossa gestão, mais um legado que iremos deixar para a São Luís. Em nossa rede de assistência social, já temos uma casa destinada a acolhida de homens em situação de rua, assim como dispomos de outras unidades com propósitos distintos, mas a conclusão desta unidade significa o atendimento de uma demanda importante do setor e, agora, podemos propiciar condições dignas para essas mulheres, muitas delas mães de família, para que possam encontrar além de um abrigo, condições de reconstruir as suas vidas”, disse o prefeito Edivaldo que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, do titular da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Francisco Gonçalves; e da secretária da Semcas, Andréia Lauande, entre outras autoridades.

A Unidade de Acolhimento para Mulheres em Situação de Rua – Elisângela Cardoso, tem capacidade para acolher 25 mulheres na faixa etária dos 18 aos 59 anos. Serão pessoas que não dispõem de condições para permanecer na família, ou aquelas que se encontram com vínculos familiares fragilizados ou rompidos, em situações de negligência familiar ou institucional, pessoas em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência ou pessoas em trânsito e sem condições de autocuidado.

A secretária da Semcas, Andréia Lauande, falou da importância dos investimentos feitos pela gestão do prefeito Edivaldo no setor de assistência social. “Iniciamos a nossa jornada com poucas unidades de acolhimento e, depois de alguns anos, aumentamos muito os equipamentos deste tipo. Sem dúvida, isto é um grande avanço na política de assistência social implantada pelo prefeito Edivaldo. A entrega desta unidade de acolhimento para mulheres representa o cumprimento de um compromisso do prefeito”, ressaltou.

Foto: Divulgação

Seja o primeiro à comentar em "Edivaldo inaugura unidade para mulheres em situação de rua"