Assembleia divulga nota sobre caso envolvendo Fábio Macedo

A deputada estadual, Helena Duailibe (Solidariedade), procuradora da Mulher na Assembléia Legislativa do Maranhão, divulgou nesta terça-feira (20), nota de esclarecimento após notícias veiculadas na imprensa sobre o envolvimento do deputado Fábio Macedo em suposto caso de violência doméstica no âmbito familiar.

Na nota, a Procuradoria manifesta repúdio a todo e qualquer ato de violência física, verbal e ou psicológica à mulher. A esposa do deputado Fábio Macedo, Lorena Melo Macedo será convidada pela Assembleia para prestar informações sobre o caso.

Veja a nota na íntegra:

“A Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, com base no art. 24-A do Regimento Interno desta Casa, em face de notícias veiculadas na imprensa, envolvendo o deputado Fábio Macedo em suposto episódio de violência doméstica no âmbito familiar, vem a público manifestar o seu repúdio a todo e qualquer ato de violência física, verbal e/ou psicológica à mulher.

Informa que ao tomar conhecimento das notícias envolvendo o parlamentar, esta Procuradoria decidiu solicitar cópia do processo relacionado ao caso, que tramita na 2ª Vara Especial de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de São Luís, e, após isso, convidará a esposa do deputado, Lorena Melo Macedo, para trazer informações, que ainda entender necessárias, para esclarecimentos dos fatos narrados nos referidos meios de comunicação.

A Procuradoria da Mulher esclarece, ainda, que após receber o processo, ouvir a vítima e efetuar a análise dos fatos, tomará as providências cabíveis, permanecendo à disposição, tanto da esposa do deputado, quanto de toda a sociedade, no combate à violência e discriminação contra a mulher”.

São Luís, 20 de outubro de 2020

Deputada Helena Duailibe
Procuradora da Mulher da Assembleia Legislativa

Uma resposta para "Assembleia divulga nota sobre caso envolvendo Fábio Macedo"

  • Reynaldo Pinto Filho

    Acho inconveniente expor a esposa do deputado na casa do povo para falar do seu drama familiar com o incompetente marido deputado. O relato processual já será suficiente para penalizar esse senhor e mostrar aos seus eleitorado feminina a cara e a personalidade dele.Acho que tempos atrás,ele simulou uma doença para escapar de punição. E agora o que inventará?