Ponta D’Areia ou Península? Nossa declaração de amor…

Após grande polêmica da semana, os atores César Boaes e Adeílson Santos, da comédia Pão com Ovo decidiram se posicionar sobre o assunto mais comentado em São Luís e que ganhou inclusive a repercussão nacional sendo destaque em perfis de entretenimento de celebridades.

Por conta da grande aglomeração no último domingo, no novo point da cidade, o “Posto A”, na Península da Ponta D’Areia virou alvo da Vigilância Santitária, Blitz Urbana e até do Ministério Público e acabou interditado. Foi uma loucura, inclusive com moto-carreatas e buzinaços.

Em um vídeo postado nas suas redes sociais, Clarisse Milhomem e Dijé fizeram um passeio pela Ponta D’Areia e contaram de maneira respeitosa, mas com muito humor a história de uma das praias mais tradicionais da Ilha, atualmente um grande bairro, cheio de grandes prédios e apartamentos.

Clarrisse chega à Ponta D’Areia de carro. E nem poderia ser diferente. Dijé demorou bastante até por que usa ônibus. É dessa forma que a história começa a ser contada….

“Aqui tinha a choperia Reluz… Alli tinha o Castelinho, Estrela D’Alva… Tinha o clube de reggae”… Viajam no tempo as amigas.

“As praias da Ponta D’Areia e do Olho D’Água eram as praias que os ludovicenses tinham acesso; artistas, ricos, pobres, todos frequentavam… Agora a Ponta D’Areia está moderna e cheia de prédios..”, seguem os diálogos.

Clarisse e Dijé perguntam onde está a sereia da Ponta D’Areia? Aquela “Sereia”, da música famosa do compositor Escrete. E saem em busca do rabo da sereia mergulhando nas polêmicas ao longo dos anos.

Clarisse explica o processo de gentrificação – processo de ressignificação de um espaço público que era desvalorizado, discriminado até começar a construção de prédios modernos, restaurantes, hotéis caros e o pessoal de baixa renda que freqüentava aquele lugar fica desprestigiado naquele lugar. “O povão ainda vem, mas acabou ficando um espaço bem reduzido para eles, é um processo de exclusão mesmo, bem ali na Praça do Sol”, contou.

“Ei Clarisse essa parte que eu achei bonito, só prédios”, diz Dijé. “Ei Dijé ai é o metro quadrado mais caro de São Luís, caríssimo”, responde Clarisse.

“Ei Clarisse, agora ai só mora gente besta para o lado daí”, alfineta Dijé.

Não é bem assim explica, Clarisse pedindo a Dijé que não generalize, pois a generalização é sempre ruim e explica que muita gente bacana, honesta, gente que estudou e trabalhou muito para morar por lá.

E caminhando Clarisse e Dijé encontram o rabo da sereia.  “Olha ai Dijé como é que se joga fora uma história da cidade?”. Aqui um momento que deve servir de reflexão aos nossos governantes.

Abordam a especulação imobiliária que criou o termo Península para tornar o local mais atraente e sofisticado. “Que Península nada, isso aqui é uma Ponta, Dijé. Tanto é que chama Ponta D’Areia”, explica Clarisse ao começar, em seguida a relembrar os antigos carnavais por lá.

E chegam ao Posto A. “De repente é para se sentirem assim em Ipanema”, diz Clarisse. “Então porque esse povo não pega um avião e vai para Ipanema?”, dispara Dijé.

Em meio à crítica de que a elite está aglomerando no local em tempos de pandemia, Clarisse, acentadamente condena a incitação ao ódio. “Uma elite não pode se achar dona da praia e querer proibir que as pessoas possam frequentar”, diz Clarisse questionando a discussão sobre classes sociais, negros, brancos…. “O que a gente menos precisa neste momento é de ódio e de separação, de exclusão. O povo de São Luís é um povo tão bacana, tão pacífico”, afirma Clarisse.

E sobrou até para Clarisse que teve a sua imagem utilizada na internet, sem a devida autorização é claro para brincar como se fosse uma moradora da “Península”. E lembra os tempos de censura no país….

E chegam ao fim do passeio com o recado de que os espaços são públicos e que podem ser ocupados por todos sem qualquer tipo de discriminação.

“Dijé, Ipanema é Ipanema e Ponta D’Areia é Ponta D’Areia. A gente tem que gostar da gente como a gente é… Com o deboche que só o maranhense tem”, finaliza Clarisse.

O vídeo é genial. Como é genial toda a história da Ponta D’Areia contada por esses dois talentosos artistas maranhenses que deram a cara a tapa e tiveram a coragem de abordar temas que muitos fazem questão de jogar debaixo do tapete.

Parabéns César Boaes, parabéns Adeílson Santos pela coragem e pelas verdades ditas e mostradas durante 20 minutos.

…. Vou aproveitar e ver tudo novamente, pois vale à pena ver de novo essa história que reúne o ontem e o hoje na nossa Ponta D’Áreia.

16 comentários para "Ponta D’Areia ou Península? Nossa declaração de amor…"

  • Jaci

    Esses grandes artistasderam um show e uma verdadeira lição de cidadania!!!
    Humor, reflexão e alerta!!!
    Estão mais uma vez de parabéns!!!

  • Junior Ferreira

    Estão de parabéns… Ganharam um fã

  • João Pedroza

    Não conheço São Luís, mas adorei a história como foi narrada por elas!.
    Viajei na história e olhe que não sei de nada do Maranhão, que deve ser um estado lindo como sua capital!

    • Zeca Soares

      Aproveite para visitar a nossa cidade linda e acolhedora.

  • Josélia Costa

    O vídeo foi excelente! Esses artistas estão de parabéns pela construção do diálogo que levantou várias questões importantes . Não podíamos esperar menos que isso desses atores maravilhosos.

    • Zeca Soares

      O vídeo mostra a história que muitos não conheceram, principalmente os que moram no local.

  • Magda

    Acompanho esses artistas (pão com ovo)e vir esse video sobre a ponta da areia e pude infelizmente ver isso de perto em questão da desigualdade que acontece nas praias! Em janeiro de férias em SÃO LUÍS. Fui a praia do olho d,água e a Litorânea é fiquei muito triste, em ouvir de muitas pessoas que não gosta de ir em tal praia, porque só tem ” bacana metido ” .

  • Marco Aurélio

    Simplesmente fantástica, memórias que me reportaram a uma São Luís de todos e realmente sem exclusão. Parabéns Cia Pão com Ovo, Clarice, Dijé. Amoooooooooo. Parabéns Zeca Soares.

  • Waldécio

    Um abraço a todos ! gosto muito dos dois. O alerta foi dito ,feito e filmado. Povo use o que de direto pois a natureza pertence a todos . Assim como o dever de cuidar da mesma. Waldécio Manaus.

  • Vera Lemos

    Amei o vídeo! Sou Maranhense e moro mais de 30 anos fora, mas sinceramente fiquei triste com toda essa divisão sobre uso de espaço público.

  • Maria José Santos Ferreira

    Parabéns pão com ovo por relembrar à imagem da cereia e seria maravilhoso que os poderes publicos colocasse ela no lugar

  • Fernanda

    Depois que soube o que é uma península ( faltei a aula de geografia rsrs) achei muito coerente deixarmos de chamar a ponta d’areia de península. E os atores fizeram um vídeo incrível, educativo e pacificador. Parabéns!