PRE quer igrejas fora de propaganda eleitoral

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Maranhão enviou recomendação aos capelães religiosos do estado do Maranhão, aos diretórios estaduais de partidos políticos e aos principais dirigentes de entidades religiosas, orientado qualquer pessoa que represente liderança de uma religião, a não promover ou participar de atividades que possam ser entendidas como propaganda eleitoral ou emprego de recursos dos templos religiosos em prol de determinadas candidaturas, especialmente nos locais de cultos.

Segundo a PRE, a recomendação, que se destina à orientação de padres, sacerdotes, clérigos, pastores, ministros religiosos, presbíteros, epíscopos, abades, vigários, reverendos, bispos, pontífices ou qualquer representante religioso, leva em consideração o entendimento, firmado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de que a propaganda eleitoral em prol de candidatos feita por entidade religiosa, ainda que de modo velado, pode caracterizar abuso de poder econômico e, por isso, deve ser uma prática vedada.

Para o procurador regional eleitoral Pedro Henrique Castelo Branco, a utilização dos recursos dos templos pode causar desequilíbrio na igualdade de chances entre os candidatos, o que poderia atingir gravemente a normalidade e a legitimidade das eleições e até mesmo levar à cassação do registro ou do diploma dos candidatos beneficiados, se eleitos.

A íntegra da Recomendação PRE-MA nº 06-2018 pode ser acessada aqui.

Uma resposta para "PRE quer igrejas fora de propaganda eleitoral"

  • Dantas

    Esse púpito é para pregar a palavra de Deus, e não para ser usado como palanque eleitoral,se ele usa e a Roseana usou,o erro está na liderança da igreja (pastores com interesse pessoais)que se aproveitam do evento religioso para mostrar sua força com a quantidades de pessoas,sabendo que eles não são donos dos votos dos evagelícos,pelo contrario a maioria como eu repudiamos essa atitudes por parte desses pastores politicos que não tem compromisso com o reino.isso é uma vergonha para essa denominação que no passado era tão conceituada,que disciplinava e excluia seus membros por coisas banais como jogo de futebol e batia ferrenhamente contra o comunismo e hoje coloca o pai do comunismo no maranhão nos púlpitos de suas igrejas, será que a bíblia mudou ou Deus se mordenizou?