Ministro apela para a consciência cidadã

Jaquesvagner

O ministro Chefe da Casa Civil, Jaques Wagner (PT), participou neste sábado (13) da solenidade de abertura do “Dia de Mobilização Nacional contra o mosquito Aedes Aegypti” na igreja do São Francisco, em São Luís. Também participaram da cerimônia o governador Flávio Dino (PCdoB) e o prefeito da capital, Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Jaques Wagner ressaltou como a incidência do mosquito se tornou uma preocupação mundial, sobretudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) que decretou estado de emergência pelo fato do Aedes Aegypti já está presente em 113 países  e o vírus da Zika em 28 países.

“Ainda não existe uma vacina contra o vírus da Zika. Hoje só existe uma vacina contra a Zika, a Dengue e o mosquito, é a consciência cidadã individual e coletiva de cada um de vocês. Não adianta apontar o dedo e cobrar do Governo. O Governo tem sua obrigação como fazer saneamento, recolher o lixo e por ai vai. Mas é bom que fique claro, 70% dos focos de criação do mosquito estão dentro da nossa casa”, disse Wagner.

Depois da solenidade, serão visitados pelos agente de saúde mais de oito mil imóveis nos bairros do São Franscico e da Ilhinha. “A mobilização é nacional. Na verdade é uma verdadeira guerra que nós estamos vivendo contra o mosquito transmissor da Dengue, da Febre Chikungunya e da Zika. A importância da população estar envolvida neste combate é porque a maioria dos focos do mosquito estão dentro dos imóveis”, disse o Prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior.

A expectativa do Governo Federal é que sejam visitadas três milhões de famílias em todo o Brasil neste dia. As famílias receberão importantes informações sobre o combate ao mosquitoAedes Aegypti, que é transmissor das doenças Zika, Febre Chikungunya e Dengue.

Leia mais

Seja o primeiro à comentar em "Ministro apela para a consciência cidadã"