CBF nega extinção da Série D

Brasileirao

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nota nesta sexta-feira (28) esclarecendo informações divulgadas esta semana na imprensa sobre a possível extinção da Série D.

Segundo a CBF diz estar aberta a sugestões, mas que não há qualquer previsão de mudança na competição

O Maranhão tem uma vaga que será do campeão estadual em 2016, desde que não seja o Sampaio que já está garantido na Série B.

Veja a nota na íntegra:

“Mediante matérias publicadas pela imprensa esportiva sobre a Série D do Campeonato Brasileiro, a CBF esclarece que não há qualquer previsão de mudança na realização deste campeonato ou de extinção do mesmo.

Naturalmente, a entidade recebe e analisa projetos e sugestões formais de melhorias, sempre com abertura para novas ideias e diálogo com os clubes, federações e a sociedade. Porém, cabe ressaltar que, nesse momento, não há qualquer movimentação oficial neste sentido.

A CBF tranquiliza as partes interessadas e reafirma o seu compromisso como fomentadora e organizadora do futebol em todo o território brasileiro. Cabe ressaltar que, em 2015, a Série D contou com a participação de clubes de todos os Estados brasileiros e, pela primeira vez na história, houve transmissão de televisão, o que demonstra o potencial de crescimento e fortalecimento da competição.

Nos últimos anos, a CBF tem aumentado seus investimentos anuais em todas as categorias, superando 100 milhões de reais diretamente em suas competições ou no apoio à promoção dos campeonatos organizados pelas federações. Desde 2010, a entidade subiu de seis para 14 o número de torneios organizados, incluindo sete de profissionais, dois de futebol feminino e cinco da categoria de base, garantindo a continuidade de mais de 200 clubes e gerando emprego para cerca de 4.500 atletas.”

Seja o primeiro à comentar em "CBF nega extinção da Série D"