União de partidos pode fortalecer Oposição

AdrianoeRoberto

Deputados estaduais do Partido Verde (PV) e do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) discutem a composição de um novo bloco parlamentar para o segundo ano da atual legislatura na Assembleia Legislativa.

PV e PMDB possuem as maiores bancadas da Casa, ao lado do PDT, com quatro deputados eleitos e em exercício, cada. Caso seja consolidada a nova conjuntura, as legendas forçam mudanças nas composições das comissões técnicas do Parlamento, que são montadas justamente de acordo com os números de membros de cada bloco.

Integram o PV, Adriano Sarney, Edilázio Júnior, Rigo Teles e Hemetério Weba. Atuam pelo PMDB, os deputados Roberto Costa, Andrea Murad, Nina Melo e Max Barros.

De acordo com Roberto Costa, os partidos discutem abertamente a possibilidade de nova composição. Ele destacou que faltam apenas detalhes para a consolidação da aliança.

“O PMDB enxerga com muitos bons olhos essa composição e acredita que os partidos podem sim somar. O que precisamos definir neste momento é justamente qual partido ficará com a liderança do bloco e quais serão os membros indicados para as comissões. Acredito que estamos iniciando um bom diálogo”, disse.

Adriano Sarney também falou da articulação entre as bancadas do Legislativo. “Já existe um diálogo bastante avançado neste sentido, portanto, é possível sim que essa composição seja consolidada”, enfatizou.

Ainda não está confirmado, mas caso os partidos decidam por formar novo bloco parlamentar, o deputado oposicionista Sousa Neto (PTN) também passaria a integrar o colegiado.

O Estado

2 comentários para "União de partidos pode fortalecer Oposição"

  • Adielson Botelho

    Existem muitos deputados inúteis, mas além disso, ainda há aqueles papagaios, tais como Andrea Murad, Adriano Sarney e Edilázio Jr. Pelo sobrenome essa afirmação se justifica.

  • Thiago

    A união da bancada de Oposição na Assembléia é de suma importância para a continuidade das ações fiscalizadoras ao Governo Estadual. E diante de um cenário de crise política e financeira, devemos destacar as discussões, debates e propostas encaminhadas na Assembléia pelos oposicionistas, com destaque ao deputado estadual Adriano Sarney. Pois, em seu primeiro ano de mandato foi responsável por defender os interesses dos maranhenses, atuando como verdadeiro intérprete dos que estão sendo prejudicados pelo governo Flávio Dino. Denunciou o caos que vivemos na segurança pública, na saúde, educação e também pela falta de incentivos a geração de emprego e renda. Com uma postura equilibrada, faz uma oposição construtiva propondo correções em diversas áreas do governo atual, demonstrando que política não se faz com rancor. Esperamos que os parlamentares sejam sábios ao fazer uma boa escolha para aperfeiçoar e, consequentemente, dar uma maior visibilidade aos trabalhos da bancada de Oposição.