Sebastião Uchoa responde a governistas

Uchoa

O ex-secretário de Justiça e Administração Penitenciária e ex-titular da Delegacia de Meio Ambiente, Sebastião Uchoa divulgou nas redes sociais uma manifesto em respostas às críticas que tem sido alvo nos últimos dias por conta da discussão que ganhou grande repercussão sobre a divisão dos presídio do Maranhão por facções criminosas.

“Só peço aos “corajosos” que venham pessoalmente enfrentar-me no campo das ideias e verdades. Não me venham com discursos copiados e fulcrados como se robores fossem em falácias, que terão respostas à altura”, disse.

“Não tentem usar instituições públicas para me atingir e possiveis “exército” de venais profissionais de imprensa, pois além de o direito ser uma via de mão dupla, existem os bons profissionais de imprensa atentos não esqueçam disso”, acrescentou.

Veja o que escreveu Uchoa:

“Grato pelo carinho e solidariedade recebida durante todo o dia de ontem.

Penso que estou no caminho certo, pois não se teme o mal, mas se enfrenta com a coragem do Cristo de levar sua cruz ao calvário em sua linda passagem pela terra com tão grande missão.

Só peço aos “corajosos” que venham pessoalmente enfrentar-me no campo das ideias e verdades. Não me venham com discursos copiados e fulcrados como se robores fossem em falácias, que terão respostas à altura.

Lembrem-se que só temo a Deus e sou missionário de Jesus que nao veio pregar a paz, mas a “guerra” do justo, ainda que a vida física nos seja sacrificada em prol de uma verdeira paz para todos, claro que nao em estilo do desespero pela perseguiicao no campo do suícidio, já que absolutamente nenhum de voces merecem minha vida, sobretudo na qualidade proba que a conduzo, sem receio de quaisquer investidas.

Se estão perdidos nos campos das principais pastas que compoem a governança, cujo clamor público por si só os fatos falam, problema é que confundiram o público com o privado, já que o mundo técnico não se confunde com o submundo da política partidária tão agonizada brasileira.

Não tentem usar instituições públicas para me atingir e possiveis “exército” de venais profissionais de imprensa, pois além de o direito ser uma via de mão dupla, existem os bons profissionais de imprensa atentos não esqueçam disso.

Façam retrospectiva que quem enfrentou crime organizado, prendeu seriais killes e travou luta de verdadeira batalha para não entregar o Estado-penitenciário a facções criminosas e retomá-lo das mãos de outra especie de “gangue”, topa qualquer combate, tenham certeza.

E para asseverar o parágrafo acima, é só lerem o relatório do Mecanismo Nacional de Combate e Prevenção à Tortura da Presidência da República que esteve no Complexo Penitenciário de Pedrinhas e teceu diversas recomendações ao Governo do Maranhao da realidade de Pedrinhas, tão omitida por mecanismo diversos da sociedade como um todo.

Por fim mando o recado que quem é partidario e sem valor moral ou brevemente cairá a máscara de falso moralista, não só eu, uma vez sempre me portei como um técnico e homem público, compromissado com o Estado e, portanto, a sociedade maranhense, sem hipocrisias e discursos panfletário, tenham certeza,também não sou eu. Portanto, exijo-lhes respeito!!!!!

Só respeitem o povo maranhense deixando os bons e verdeiros profissionais de Segurança Pública trabalharem é o que ainda os recomendo!”

Seja o primeiro à comentar em "Sebastião Uchoa responde a governistas"