Viver Mais

VIverMais

A Prefeitura de São Luís, por meio do Instituto de Previdência e Assistência do Município (Ipam), realizou, nesta terça-feira (1º), a triagem de avaliação física e enfermagem para os aposentados e idosos das comunidades circunvizinhas que participam das atividades do projeto “Viver Mais”, no Centro de Convivência, no Olho d’ Água. Os participantes receberam kits com camisa, boné e sacola.

De acordo com a coordenação do “Viver Mais”, a triagem tem como objetivo avaliar o desempenho dos idosos que já estão no projeto, além das condições e necessidades dos que estão ingressando nas atividades. Durante toda a manhã, uma equipe de profissionais – de Enfermagem e de Educação Física – realizaram serviços de verificação de pressão arterial, glicose, peso, medidas e massa corpórea.

O resultado dessa triagem, que é realizada a cada três meses, servirá de base para que os profissionais de Educação Física, que trabalham nas atividades do “Viver Mais”, acompanhem o desenvolvimento de cada idoso. Além dessa avaliação, os beneficiários do projeto têm que apresentar atestado médico, autorizando a prática esportiva.

Durante a triagem, a coordenação do projeto ofereceu um café da manhã. Os idosos e aposentados podem optar por atividades como hidroginástica, aeróbica, zumba, natação, danças e ritmos, passeios, encontros e festas temáticas.

O presidente do Ipam, Raimundo Penha, disse que o projeto não proporciona apenas atividade física, mas também convivência, relacionamento, momentos de lazer e entretenimento. “Nossos profissionais estão analisando todo o desempenho de cada participante do ‘Viver Mais’, visando à melhoria da qualidade de vida”, afirmou.

O presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), Marlon Botão, também acompanhou as atividades do projeto “Viver Mais, no Centro de Convivência. Segundo ele, a inciativa é muito importante e positiva para a melhoria da qualidade de vida de seu público alvo.

Seja o primeiro à comentar em "Viver Mais"