Preocupação oportuna

leocunha

Preocupado com os constantes acidentes que vem ocorrendo nas rodovias maranhenses, o deputado estadual Léo Cunha (PSC) vem constantemente cobrando providências que possam minimizar as tragédias. Entre essas medidas, o parlamentar encaminhou em novembro do ano passado um projeto de indicação ao Governo do Estado para que sejam instaladas barreiras eletrônicas ao longo das MA’s.

Ao justificar seu projeto, o deputado cita o exemplo da Avenida Pedro Neiva de Santana, que corresponde ao trecho da MA-122, entre João Lisboa e Imperatriz, local onde os acidentes têm sido frequentes, deixando inclusive vítimas fatais.

Léo Cunha lembra que no último dia 20, nessa avenida, a falta de prudência no trânsito vitimou fatalmente os irmãos Henrique Sousa Matos, de 22 anos, e Karine Sousa Matos, 18, após colidirem com um caminhão madeireiro que, conforme notícias publicadas, fazia uma conversão proibida. “A falta de fiscalização aliada à imperícia de alguns motoristas também contribui para os vários acidentes que ocorrem nessa avenida, e isso infelizmente tem deixado marcas tristes, perdas irreparáveis,” lamenta.

O deputado ressalta também que outra reclamação feita pelos motoristas é a respeito da necessidade de recuperação asfáltica em alguns trechos dessa avenida e que, na mesma semana do acidente, entrou em contato com o secretário Luís Fernando solicitando que fossem realizadas as obras necessárias. “Liguei para o secretário que prontamente autorizou a realização de operação de tapa buracos nesse trajeto, serviço que já se encontra em andamento e deve ser concluído neste final de semana. Também já solicitei a iluminação do trecho dentro do perímetro de Imperatriz, pois acredito que essas medidas podem melhorar a segurança nessa via,” afirma.

Ainda com relação à instalação das barreiras eletrônicas, o parlamentar diz que já estão sendo instaladas barreiras em várias rodovias federais que cortam o estado, mas enfatiza que seu projeto irá ampliar esse controle, contemplando as rodovias estaduais, priorizando aquelas localizadas nas proximidades de cidades e povoados, visto que nesses locais há uma maior movimentação de pessoas, além de entrada e saída de veículos.

Em todas as localidades onde as barreiras já funcionam, é comprovada a diminuição dos acidentes. Um exemplo disso é o que ocorreu na BR-158, que corta a cidade de Jataí no estado do Goiás, onde com apenas dois meses de funcionamento do equipamento, o número de acidentes teve uma queda em 50%.

Foi confiante em estatísticas como essa que Léo Cunha teve a iniciativa de fazer a proposta, que foi já foi aprovada pela Assembleia Legislativa em 20 de novembro de 2013, sendo encaminhada em seguida para a governadora Roseana Sarney (PMDB), que deverá viabilizar o atendimento. “Acredito na concretização desse projeto, chega de tragédias em nossas rodovias, acredito que essa é uma medida que terá muita eficiência para que nossos motoristas, ciclistas e pedestres trafeguem com mais tranquilidade, e que as pessoas posam sair de casa e retornar em paz ao seio de suas famílias,” diz Léo Cunha.

Foto: Agência Assembleia

Seja o primeiro à comentar em "Preocupação oportuna"