Caso Bradesco

bradesco-300x225O advogado José de Alencar Júnior, que representa a ex-gerente do Bradesco Raimunda Célia de Abreu, negocia com a polícia, desde o início da semana, a apresentação espontânea da cliente.

O objetivo é pedir garantias dos investigadores de que a prisão dela – decretada pelo juiz  Fernando Cruz, da 7ª Vara Criminal da capital – será revogada.

Em troca, a ex-funcionária do banco relataria todo o esquema e entregaria todos os envolvidos, vereadores, inclusive.

Enquanto não se apresenta, nem é presa, Raimunda Célia, entre todos os envolvidos, é a que vai se colocando na posição mais difícil.

Para os investigadores do caso de agiotagem envolvendo recursos da Câmara Municipal de São Luís ela era a líder de uma organização criminosa criada para saquear recursos públicos. As investigações apontam que ela estava no centro da fraude que pode ter culminado com o desvio de aproximadamente R$ 30 milhões. A ex-funcionária estava em posição de liderança no grupo.

Leia mais

4 comentários para "Caso Bradesco"

  • José Carlos MAQUEANO

    Zeca, não estou aompanhando esse caso do bradesco. Tem como me resumir o que houve?

    • Zeca Soares

      A história é longa. Entra na busca e coloca Caso Bradesco. Você terá um resumo das matérias. A história é longa e complicada….

  • Paulo Roberto

    Amigo Zeca sera que nesse esquema só estava essa Sra?,sera que a população não tem o direito de saber os nomes desses “HONESTISSIMOS VEREADORES”,olho neles “PF”,

  • Paulo Roberto

    Zeca,se for constatado o envolvimento dos “HONESTISSIMOS PARLAMENTARES”, não caberia ao MP pedir o afastamento imediato do envolvidos,será que não vai acabar em “PIZZA”;É ESPERAR P/ver.