Conferência do Meio Ambiente

conferencia

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão (Sema) divulgou, nesta sexta-feira (6), o resultado da participação do Maranhão na 4ª Conferência Nacional do Meio Ambiente, que aconteceu em outubro, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília.

Das 60 propostas que compõem o documento final do evento, 13 tiveram a contribuição direta dos maranhenses. Foram elaboradas durante as 11 Conferências Regionais, 14 Conferências Municipais e Conferências Livres, realizadas e apoiadas pela Sema no estado com mobilização de cerca de 12 mil participantes.

Segundo a secretária-adjunta de Desenvolvimento Sustentável da Sema e coordenadora geral da IV Conferência Estadual do Meio Ambiente no Maranhão, Lorena Saboya, a votação de 13 propostas é um indicativo de que o Estado está alinhado com a discussão nacional em torno da Política Nacional de Resíduos Sólidos – tema do evento.

“Também recebemos como um resultado positivo por toda mobilização, sensibilização e discussão sobre resíduos sólidos que a Sema fez, em parceria com a Comissão Organizadora Estadual. Unimos representações do poder público, da sociedade civil, do empresariado, da comunidade acadêmica e percorremos todas as mesorregiões maranhenses para fazer esse debate e elaborar propostas que pudessem contribuir para o desenvolvimento e aprimoramento da gestão dos resíduos sólidos”, afirmou Lorena Saboya.

O Maranhão foi representado, na Conferência Nacional, por 40 delegados eleitos na IV Conferência Estadual do Meio Ambiente no Maranhão (IV Coema). Foram 16 representantes da sociedade civil, 4 de comunidades tradicionais e povos indígenas, 12 do setor empresarial e 8 representantes do poder público, além de 5 servidores da Sema e 2 representantes da Comissão Organizadora Estadual da IV Coema, sendo 1 representante do poder público e 1 representante da sociedade civil organizada.

Seja o primeiro à comentar em "Conferência do Meio Ambiente"