Olimpíadas 2016

frederico
Em busca de uma vaga para representar o Maranhão nos Jogos Olímpicos de 2016, o nadador maranhense Frederico Castro recebeu uma excelente notícia esta semana: ele será patrocinado pela Lei de Incentivo ao Esporte nos próximos anos. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado de Esporte e Lazer, Joaquim Haickel, em reunião com o atleta.

De acordo com Haickel, a Lei de Incentivo ao Esporte surgiu para fortalecer e desenvolver o esporte e os atletas maranhenses. Por isso, viabilizar um projeto que ajude no custeio da preparação de Frederico Castro para a disputa das Olimpíadas de 2016 é importante.

“Estamos com um ótimo representante do Maranhão para as Olimpíadas de 2016 e nada mais justo que o Governo do Estado, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, o ajude nessa trajetória de preparação. Ficamos felizes em poder contribuir para o fortalecimento de grandes esportistas maranhenses”, destacou Haickel.

Com a proposta, Frederico Castro ficou muito confiante e agradeceu o apoio e confiança depositados na sua preparação para 2016. “Cheguei com outra proposta a esta reunião e, com a sensibilidade do secretário Joaquim, saio com a esperança de ter um bom preparo e representar o meu estado e o Brasil nas Olimpíadas de 2016. Eu sempre esperava ser reconhecido e ter essa confiança e, graças à Lei de Incentivo e ao Governo do Estado, pude ter esse apoio o que me dará mais garra para conquistar mais medalhas e representar o meu estado”, enfatizou.

Frederico Castro tem vasta experiência em circuitos de natação. A última medalha conquistada representando o Brasil foi na etapa de Dubai, na Copa do Mundo de Natação. O atleta maranhense completou os 200m borboleta com o tempo de 1min54s91.

Em Dubai, o maranhense só ficou atrás do sul-africano Chad Le Clos, que venceu a prova com o tempo de 1min49s07 garantindo o ouro, e também do polonês Pawel Korzeniowski, medalha de prata com a marca de 1min51s26.

“A confiança em mim depositada irei honrar. Quero conquistar títulos para o meu país e, consequentemente, para o meu estado. Através desse apoio, quero mostrar aos atletas iniciantes do Maranhão para não desistirem e lutarem para conseguirem seus objetivos. A hora do reconhecimento sempre chega”, finalizou o nadador.

Informações de como usufruir da Lei de Incentivo ao Esporte estão disponíveis no site da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel). O endereço é o www.esporteelazer.ma.gov.br.

Foto: Izabela Pinheiro

15 comentários para "Olimpíadas 2016"

  • Pedro

    São sempre as mesmas federações que se beneficiam beach soccer, vôlei, basquete, natação e os mesmos projetos já beneficiados anteriormente e infelizmente não vejo nenhum projeto do futebol ser contemplado. Lembro uma matéria que você postou sobre uma quadra feita com recursos da Lei de Incentivo porque os nossos timesm não podem utilizar essa lei para os centros de treinamento por exemplo o que está faltando? Gostaria de uma explicação sua.

    • Zeca Soares

      A Lei de Incentivo ao Esporte pode beneficiar projetos para as divisões de base e outras modalidades esportivos para os clubes que são marcas no futebol, mas no futebol profissional não prevê nenhum benefício realmente. O secretário Joaquim Haickel é leitor do blog e quando possível poderá explicar melhor os objetivos, afinal essa lei tão importante para o esporte é de sua autoria quando deputado estadual.

  • Marcos Lima

    Bela iniciativa esse atleta Frederico Campos deve ser motivo de orgulho para todos nós maranhenses e que ele de fato nos represente na Olimpíada do Rio.

    • Zeca Soares

      A vamos continuar na torcida por este nosso maranhense de outro para que de fato ele nos represente em 2016.

  • Torcedor do sampaio

    SÓ NÃO SERVE PARA AJUDAR O PRINCIPAL ESPORTE QUE É O FUTEBOL VEJA A REPERCUSSÃO DO SAMPAIO A NÍVEL NACIONAL E ESSA LEI NÃO AJUDA EM NADA AO CLUBE QUE ESTÁ PROJETANDO O NOME DO MARANHÃO MAIS DO QUE QUALQUER POTRA COISA AQUI NESTE MOMENTO. UMA PENA, MAS PARA O FUTEBOL NÃO AJUDA NADA.

    • Zeca Soares

      Pelo que conversei com o Joaquim haickel, a Lei de fato não contempla o futebol profissional. Mas pode contemplar a base.

  • Carlindo

    Não adianta você tentar aliviar Zeca Soares essa lei não olha para o futebol e pronto.

    • Zeca Soares

      Não estou defendendo nada Carlindo. Independentemente de Lei, o governo do Estado por exemplo pode investir nos clubes de futebol profissional através de mídia nas camisas. Mas os clubes deveriam buscar utilizar a Lei de Incentivo ao Esporte com projetos para a divisão de base. Pelo que sei apenas o Moto está tentando um projeto para a base.

  • Fátima

    Esse Frederico merece sim o apoio do poder público.

    • Zeca Soares

      Sem dúvida, Fátima acho que todo apoio ao Frederico é importante.

  • Fabio

    Não sou e não gosto de ficar comentando mas me vi no direito de opinar.
    em relação ao principal esporte no Estado ser o futebol não podemos de mencionar que houve uma crise nele, nenhuma organização por parte dos times daqui e etc. Em relação ao Sampaio, podem me corrigir se estiver enganado, mas os times que disputam a série B do Brasileirão recebem da CBF uma ajuda de R$ 4 milhoes, foi o que me falaram. E se a lei de incentivo nao contempla o futebol profissional é porque tem seus motivos. Nada mais justo que ajudar outros esportes que necessitam e muito pois temos excelentes atletas que não são colocados no cenário regional, nacional ou internacional por falta de oportunidades e apoios. Vocês querem que um atleta que mora na favela ou no subúrbio participe de eventos tirando do bolso deles e que na maioria das vezes não tem nem o que comer. Vocês estão sendo muito injustos com os atletas das outras modalidades e os próprios outros esportes que tanto necesitam de apoio.
    Vejam que para o Sampaio chegar onde chegou que não tiro os méritos quanto tempo foi? Não queiramos nos iludir só porque está na série B que irá fazer um excelente papel. Assim como pode, não pode fazer também. Pois não podemos nos basear num parâmetro como da série B pois pode ser um estado momentaneo pois quanto tempo o futebol maranhense ficou ou fica na mesmice, só apanhando, não tendo organização, só brigas e desavenças entre clubes e Federação?
    E como foi dito a lei pode contemplar sim o futebol mas de base isso sim é verdade pois o time que não tem base dificilmente alavanca ou o caminho é muito mais árduo e difícil. Depois como queremos ter futebol sem o futebol de base? Por que os que estão vão embora um dia seja por idade seja os que estão por empréstimos vindos de outros clubes de fora. Pensem nisso. A base é o que forma e prepara as outras gerações dos times.
    Abraços.

  • Fabio

    Outra, Federação de natação se beneficia? Antes de falar algo saiba como é a mesma. Outras federações sim podem receber ajuda mas a de natação não recebe ajuda alguma. Quem estiver achando errado isso e que só serve para o futebol como vc Carlindo, Pedro, torcedor do sampaio e etc que vão reivindicar diante do Governo e da Sedel. Parem que ficar só falando, falando e falando e tomem atitudes. Já que para vcs só o futebol presta e os outros esportes não. Vão lá na Sedel e no Palácio. Só porque o Sampaio está na série B acham que todos e tudo tem que ser para ele. Santa ignorância.

  • Ítalo Gomes

    ATÉ QUEM FIM um atleta como Frederico Castro será patrocinado Pela Lei de Incentivo. Dessa fez o futebol vai ficar de lado agora é a vez da NATAÇÃO.
    Parabéns! Secretário Joaquim Haickel e Frederico Castro.

  • sampaixonada

    Parabéns Frederico Veloso!! Um grande atleta, lutando e se bancando sozinho há um bom tempo. Enfim alguém lhe estendeu a mão. Sempre fez bonito e orgulhou nosso país. Tiro meu chapéu para esse grande atleta.

  • Kelvin Melonio

    bolsa atleta so era dado pra nego que tinha condição , ate que em fim pra alguem merecedor …………