Versão de Câmara

faciocamaraO vereador Fábio Câmara (PMDB), líder da Oposição na Câmara Municipal, acusou Honorato Fernandes (PT), líder do Governo na Casa, de tentar “jogar os colegas de plenário contra ele”. Durante pronunciamento na tribuna do Parlamento, na manhã de segunda-feira, o petista disse que o peemedebista teria afirmado que colegas de parlamento já apareciam como “vendidos”. Na tarde desta terça-feira, o vereador do PMDB resolveu responder às provocações do parlamentar do PT.

– Não vou “bater boca” com nenhum vereador pela imprensa, pois o meu problema não é com colegas, é com um governo que vem praticando uma “falsa mudança” em São Luís, – disse o peemedebista.

Câmara afirmou que tem travado um embate com Honorato no plenário do Parlamento, sempre forte e franco, porém, pautados na lealdade e no respeito. Para peemedebista, o prefeito Edivaldo Júnior tenta não só prejudicar uma relação de amizade com o petista, mas também tenta desmoralizar a aliança do PMDB com PT.

– Como sempre tenho dito ao próprio vereador Honorato, o seu partido, o PT e o meu partido, o PMDB, são irmãos que caminham unidos no âmbito estadual e nacional e que foram desarmonizados na esfera municipal pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Eu posso assegurar uma coisa: Mesmo ganhando a maioria das votações travadas em plenário, a missão do líder do governo tem sido muito mais ingrata que a minha, – declarou.

Uma resposta para "Versão de Câmara"

  • ribamar

    Fábio Câmara não precisa da ajuda de ninguém para se desarmonizar com seus colegas vereadores. A sua conduta pouco equilibrada já faz o serviço sozinho. Ele deveria era lutar pelo mandato dele ao invés de ficar sendo usado por terceiros.