Risco no mata-mata

rodrigoramos
Um dos destaques do Sampaio no Campeonato Brasileiro Série C e dono de defesas consideradas milagrosas, o goleiro Rodrigo Ramos revela o segredo dos jogos de mata-mata: “Não podemos levar gol, principalmente em casa”. E um gol em casa nesta fase pode ser fatal…

É exatamente esta a missão do Sampaio nestes primeiros 90 minutos da decisão contra o Macaé, neste sábado, às 19h, no Castelão, em São Luís.

“Estamos estudando o adversário que fez a melhor campanha no grupo B e tem jogadores fortes no ataque e na defesa. Nós sabemos que serão dois jogos difíceis, mas vamos trabalhar muito para buscar a nossa classificação e o acesso à Série B”, garante Rodrigo Ramos.

Além de não tomar gols em São Luís, o Sampaio terá que ganhar com uma boa diferença para que possa seguir para Macaé com vantagem.

Nos dez jogos que realizou em São Luís, o Sampaio levou 9 gols. A média é praticamente de um gol. O importante agora é não tomar nenhum. Já o Macaé, em nove jogos realizados fora de casa marcou 14 gols. A média é de 1,5 gols.

Foto: Zeca Soares

3 comentários para "Risco no mata-mata"

  • Ze Carlos

    O zagueiro Cleber Carioca, 37 anos, jogou no Sampaio na época do seu Geografia.

  • (JOCA)

    Espero que este post chegue ate os jogadores do Sampaio, a receita para vencermos o Macaé e simples, humildade acima de tudo, competência, fazermos gol aqui dentro, sem muita afobação, ou achando que podemos fazer a qualquer momento do jogo, como aconteceu contra o Águia, onde Robinho querendo jogar bonito e com classe exagerada, deu mole, ai o moleque ganhou no pique e…o resultado todos sabem..Então não devemos subestima-los, muita calma que conseguiremos o acesso, afinal respaldo nesse tipo de competição temos mais que eles, afinal somos tri, inclusive duas vezes invictos, o que não e para qualquer um.

  • Jorge Franco

    Ultimas noticias do macaé :::

    17/10/2013 15h35 – Atualizado em 17/10/2013 15h35
    Bruxa passeia no treino do Macaé, e Norton e Marcelo viram dúvidas
    Com as baixas dos dois meias, Andreotti montou o Macaé com três atacantes. Jogadores vão passar por testes no sábado antes do jogo
    Por Júnior Costa Macaé, RJ
    Comente agora
    A bruxa andou passeando no último treino do Macaé antes do embarque para São Luís (MA), onde o Alvianil Praiano enfrentará o Sampaio Corrêa, neste sábado, às 19h, pelo primeiro jogo das quartas de final da Série C do Brasileiro. Tanto que, o técnico Gérson Andreotti, que comandaria apenas um trabalho técnico de dois toques nesta quinta-feira, precisou realizar um novo coletivo. Isso porque os meias Marcelo e Norton não treinaram e se tornaram dúvidas para o confronto.
    Desolado, Norton acompanhou o treino de longe (Foto: Júnior Costa/Globoesporte.com)
    Marcelo nem apareceu no treino desta quinta-feira. O jogador sofreu uma pancada na perna direita no coletivo da última quarta-feira, foi atendido e voltou a treinar normalmente. Porém, o local da pancada apresentou um inchaço e o atleta precisou ficar em tratamento no departamento médico.
    Por outro lado, o meia Norton chegou ao treinamento com o restante dos companheiros, no entanto, sem condições de participar das atividades, ficou apenas olhando. O meia permaneceu do lado de fora com uma bolsa de gelo no músculo adutor da coxa direita. Ambos os jogadores não foram confirmados no time para o jogo deste sábado.
    Por conta das baixas, Gérson Andreotti testou uma formação mais ousada, com três atacantes. Rodrigo Dantas entrou no lugar de Marcelo, na criação das jogadas, enquanto Jean treinou ao lado de Ziquinha e William no ataque.
    – Foi uma situação atípica. Mudou nosso planejamento e nos pegou de surpresa. Mas estamos tranquilos. Marcelo e Norton vão viajar com a gente e vamos esperar a recuperação deles – avaliou Gérson Andreotti.
    As baixas no time mexeram com os titulares, que acabaram perdendo o coletivo para os reservas por 2 a 0. Gérson Andreotti formou a equipe com: Luis Henrique, Valdir, Cléber Carioca, Laerte e Marco Goiano; Gedeil, Lucas e Rodrigo Dantas; Jean, Ziquinha e William (Sergio Junior).