Cenário no PT

honoratoewashington

O vice-governador, Washington Oliveira (PT), o presidente Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Raimundo Monteiro e o vereador de São Luís, Honorato Fernandes (PT) estiveram reunidos hoje pela manhã discutindo o cenário do partido para as Eleições 2014, além do Processo de Eleição Direta (PED) que vai ocorrer em novembro.

Honorato não descartou a possibilidade de vir a ser candidato, mas deixou claro que esta não é a sua prioridade para o próximo ano.

O vereador Honorato disse que o PT está discutindo internamente a possibilidade de alianças que possam garantir uma participação efetiva do partido. Ele não quis adiantar uma possível reedição da aliança nacional com o PMDB. “Nós vamos aguardar o comando nacional, mas posso adiantar a você que só vamos fazer alianças que sejam boas para o PT”, afirmou.

Honorato não descartou a possibilidade de vir a ser candidato, mas deixou claro que esta não é a sua prioridade para o próximo ano. Segundo ele, isto só deverá ocorrer caso Washington Oliveira e Raimundo Monteiro não venham a sair candidatos.

O vereador Honorato também comentou a saída do deputado Bira do Pindaré do Partido dos Trabalhadores. “É preciso deixar bem claro que a saída do Bira é uma opção dele que não estava se sentindo mais confortável no PT. A saída é uma escolha dele e não do partido. O PT não tem qualquer interesse em prejudicá-lo”, afirmou.

Seja o primeiro à comentar em "Cenário no PT"