Comandadas por agiotas

A Polícia Federal confirmou, nesta sexta-feira (27) que em, pelo menos, 32 prefeituras no Maranhão houve desvio de recursos federais comandados por quadrilhas de agiotas no Maranhão. Dados apurados pela Operação Cheque em Branco, que investiga a atuação de agiotas no Estado, mostram que o grupo de agiotas chefiado por Gláucio Alencar e seu pai, José Alencar Miranda, liderava o desvio de verba que iria, principalmente, para a merenda escolar.

Na manhã desta sexta, os empresários Gláucio Alencar e José de Alencar Miranda prestaram depoimento na sede da Polícia Federal, no bairro da Cohama, em São Luís.

Ainda de acordo com dados da PF, em 90% das prefeituras do Estado existem indícios de desvio de recursos públicos. Foram apresentadas provas dos desvios de dinheiro de sete municípios: Arari, Serrano do Maranhão, Pedro do Rosário, Paulo Ramos, Cajapió, Vitória do Mearim e Turilândia. Existem, atualmente, na Polícia Federal, pelo menos, 700 inquéritos de investigação de desvio de dinheiro público.

G1

Seja o primeiro à comentar em "Comandadas por agiotas"