Foi por pouco…

escola

Não foi por falta de aviso.

A nota da Secretaria Municipal de Educação deixa claro que o acidente com a queda de uma torre na escola Miguel Lins, localizada no bairro da Alemanha bem que poderia ter sido evitado.

Ao determinar que as aulas fossem suspensas ontem, a Semed demonstrou ter conhecimento do risco para os alunos e procurou preservá-los.

Pelo que apuramos, o risco de desabamento da torre chegou a ser comunicado à Semit. E porque a Semit não agiu?

Pelo visto, mesmo alertada, a Semit não tomou nenhuma providência… E por pouco não se registra uma tragédia.

Que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior apure o que de fato aconteceu.

Leia a nota

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), informa que assim que tomou conhecimento da situação tomou as providências necessárias para manutenção da torre.

Entre as ações, a fim de preservar a integridade física dos alunos e funcionários da escola, as aulas foram suspensas na sexta-feira (13).

Os alunos serão deslocados para outra Unidade de Educação Básica enquanto as obras acontecem na U.E.B. Miguel Lins. A Semed ressalta ainda que os 200 dias letivos estão assegurados aos alunos da Unidade de Educação Básica “Miguel Lins”.

Foto: Jorge Mendes/ Imirante

Seja o primeiro à comentar em "Foi por pouco…"