Trabalho nas comunidades

O secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, assinou, na tarde desta quinta-feira (29), na sede da Associação do Bumba Boi do Quebra Pote, ordem de serviço para recuperação asfáltica de mais de 12 quilômetros, na estrada que liga o povoado Porto, no Quebra Pote, zona rural de São Luís, à BR-135. O investimento do Governo do Estado na obra é de R$ 631.522,77. Também assinaram o documento os vereadores Francisco Carvalho, Bárbara Soeiro, Isaías Pereirinha e Armando Costa.

“A estrada foi feita há 14 anos dentro de São Luís, durante o 1º governo de Roseana Sarney, mas depois não teve conservação. Estamos aqui, atendendo a um pedido da comunidade e de vereadores da capital, para reconstruir e recuperar os 12 quilômetros da estrada beneficiando 12 comunidades, inclusive pequenos produtores e pescadores”.

luisfernando
Luis Fernando Silva lembrou que a empresa responsável pela obra já deu início aos trabalhos de recuperação, com a operação tapa-buracos, e que a zona rural é uma região importante para São Luís, pois é geradora de emprego e renda.

“A obra tem um sentido especial, por esta ser uma área de produção rural, e com a estrada funcionando fica mais fácil retirar daqui a produção agrícola, que é o sustento de muitas famílias. A estrada vai beneficiar aqueles que produzem e precisam escoar a produção, os jovens e crianças, que se deslocam daqui para estudar em outros bairros, e os pais e mães de famílias que passam o dia fora e precisam retornar em um transporte seguro, por um caminho seguro”, frisou Luis Fernando.

A vereadora Bárbara Soeiro afirmou que a estrada vai abrir caminhos em várias áreas beneficiando as comunidades. “Quando se tem estrada chega saúde, educação, respeito e dignidade para aquela população”. “A alegria maior de ver essa obra sendo realizada é para vocês que moram aqui, e graças à sensibilização do secretário Luis Fernando e do Governo do Estado, é possível ver que as ações já tiveram início e vão continuar”, complementou o vereador Francisco Carvalho.

quebra-pote
Dentre as 12 comunidades beneficiadas estão as de Arraial, Santa Helena, Quebra Pote, Itapera e Matinha. A solenidade da assinatura da ordem de serviço contou com a presença de moradores da região e de lideranças das comunidades.

Na ocasião, o secretário Luis Fernando contou que técnicos da Sinfra já estão fazendo o planejamento para viabilizar a construção de um espaço Viva na comunidade Itapera. Os Vivas foram construídos pela governadora Roseana Sarney, em diversos bairros de São Luís, para serem um espaço destinado ao desenvolvimento de atividades culturais, de lazer e esportivas, beneficiando crianças, jovens e adultos.

“O Viva Itapera será construído para que a comunidade tenha um espaço para atrair o folclore e a cultura popular, e que seja um local para o entretenimento e o lazer tanto para a comunidade de Itapera como para as comunidades vizinhas”, finalizou Luis Fernando Silva.

Fotos: Antônio Martins

2 comentários para "Trabalho nas comunidades"

  • claudio

    esse Luis Fernando ta ficando cada vez mais ridículo, fazendo as coisas contra vontade tudo a mando da oligarquia.

  • andre

    kkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!! fazendo as coisas contra a vontade é boa, ele sabe que tem que fazer coisas mínimas para a população saber que esse governo não vive só de mentira da saúde com Ricardo Murad sabemos que esses vivas no na zona rural não passará de um elefante branco,pois é só vermos como os antigos não tiveram nada para mostrar no carnaval e são joão do maranhão.a sorte é a secretaria de esporte com Nagib que tem uma programação de lazer,mesmo eu sabendo que esse não pode ficar permanente nesse espaço.Mais continuo dizendo para o povo do maranhão esses não serve mais para ti!vamos votar nos feirantes,carroçeiros,professores,etc..