São Luís ausente

 

lulafylho

Nesta semana o ministro do Turismo, Gastão Vieira, convocou para uma reunião em Brasília prefeitos e representantes das 34 cidades históricas contempladas com recursos do PAC do Turismo. No encontro foi assinado o Pacto da Sinalização, que formalizou o repasse de R$ 19 milhões para a implantação de placas e equipamentos que facilitem a localização de visitantes nestes destinos turísticos.

Das 34 cidades localizadas em 17 estados do país, São Luís e Belém (PA) foram os municípios que receberam parcelas maiores dos recursos. Belém ficou R$ 1 milhão e São Luís, pela sua importância histórica como Patrimônio Cultural da Humanidade, recebeu R$1,5 milhão.

Apesar de ter sido a cidade contemplada com o maior volume de recursos para a sinalização turística, dos 34 prefeitos convidados para a reunião em Brasília, na última quinta-feira (8), apenas São Luís não enviou nenhum representante. O encontro aconteceu pela manhã na sede do Ministério do Turismo, mesmo horário em que o prefeito de São Luís e o secretário do Turismo da capital maranhense, Lula Fylho, estavam em Brasília sem nenhuma agenda oficial.

Por telefone, o secretário de Turismo Lula Fylho disse que não foi convidado para participar do evento. Segundo Lula, ele foi a Brasília para compromissos oficiais na Embratur. Disse que ao chegar lá, leu no Facebook uma postagem do ministro Gastão Vieira com quem falou por telefone às 10h40. Gastão Vieira disse a Lula que o município de São Luís foi convidado pelo cerimonial do Ministério do Turismo.

Lula Fylho disse que comunicou o fato ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior que também alega não ter sido convidado. O prefeito disse que vai apurar o fato para saber onde foi parar o convite feito pelo ministro Gastão Vieira.

Seja o primeiro à comentar em "São Luís ausente"