Interlocutores do governo

luis1
Os secretários de Cidades, Hildo Rocha e de Infraestrutura, Luís fernando Silva serão os interlocutores escalados pelo governo do Estado para discultir a parceria proposta pela governadora Roseana Sarney (PMDB) ao prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC) na área de mobilidade urbana.

A parceria foi sugerida durante contato telefônico mantido na quinta-feira pelos dois gestores.

Os interlocutores da Prefeitura de São Luís deverão ser conhecidos esta semana quando as conversas serão aprofundadas. Os nomes cotados são os de Rodrigo Marques, secretário de Governo e José Silveira, de Obras.

O secretário Luís Fernando Silva avaliou a possibilidade de parceria entre Estado e Município. “Esta parceria é muito indispensável. O governo sempre procurou as parcerias com as prefeitura de todo o Maranhão e não é diferente em São Luís. Entendemos que qualquer decisão sobre mobilidade urbana precisa ser feita de forma integrada e tudo passa por este entendimento”, adiantou.

“Nós vamos sugerir ao Município, inicialmente a elaboração sobre o trânsito em São Luís para identificar os pontos mais críticos. Se eles já tiverem este estudo pronto o trabalho será facilitado. A gente precisa fazer tudo mediante estudos para que não se tome nenhuma decisão errada. Já estamos fazendo alguma intervenções na cidade, mas precisamos discutir com o município para que tudo possa ser feito de forma totalmente integrada”, disse Hildo Rocha, secretário de Cidades.

4 comentários para "Interlocutores do governo"

  • Alencar

    Rapaz estou esperando você comentar sobre o bolsa eleição que a Roseana lançou. Pessoal ganha 6mil por mês para não fazer nada e detalhe já tem mais de 200 pessoas. O povo quer mais explicações??

    • Zeca Soares

      Fica o espaço para o governo explicar.

  • Alencar

    Mais o governo é que nem você não divulga nada. Se fosse o Edivaldo já teria divulgado. Ai depois vem dizer que é imparcial!

    • Zeca Soares

      Não trabalho nem no governo e nem na prefeitura. Qualquer irregularidades deles, eles devem responder.