Expectativa de Edivaldo

edivaldo

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior considerou a reunião desta quarta-feira (24), em Brasília, com a presidente Dilma Rousseff, como um momento histórico na relação do Governo Federal com estados e municípios e antecipou que a presidente pretende realizar outras reuniões semelhantes. Ele ressaltou que o momento foi possível graças à mobilização da sociedade e que a reunião criou a expectativa de mudanças concretas.

Durante a conversa com Dilma, o prefeito reforçou o pleito em relação a projetos na área da saúde, educação, saneamento, habitação, pavimentação e mobilidade urbana. Entre as propostas deste último setor está a negociação de recursos, junto ao Governo Federal, para as obras do corredor de transporte urbano de São Luís. “A partir de agora teremos um foco maior nas questões que mais afligem a população nos centros urbanos, incluindo a nossa São Luís”, disse Edivaldo Holanda Júnior.

A qualidade do serviço de transporte coletivo na capital maranhense é um dos compromissos de governo da atual gestão. Essa preocupação com o transporte público foi expressa desde o primeiro dia de governo com as metas dos primeiros 120 dias. Dentro desse planejamento, em maio, foi aberta a licitação para a 1ª fase do Plano de Ações Imediatas do Tráfego (PAIT) que prevê intervenções em seis trechos críticos da cidade. As intervenções visam melhorar o trânsito nos principais corredores onde ocorrem congestionamentos.

Durante o pronunciamento desta quarta-feira (24), a presidente Dilma Rousseff informou que serão destinados mais R$ 50 bilhões para novos investimentos em obras de mobilidade urbana como reflexo do pleito popular pela melhoria do transporte coletivo. Ela também anunciou que para baratear o custo das tarifas, o Governo Federal está disposto a desonerar o PIS/Cofins cobrado sobre o óleo diesel utilizado para os ônibus.

“Desoneramos o IPI para compra de ônibus e estamos dispostos agora a ampliar a desoneração do PIS/Cofins sobre o óleo diesel dos ônibus e da energia elétrica consumida por mêtros e trens. Esse processo pode ser fortalecido por estados e municípios com a desoneração de seus impostos”, ressaltou.

Outras metas

Durante a reunião desta quarta-feira (24), a presidente Dilma Rousseff apresentou ainda outras metas para serem viabilizadas com o apoio dos chefes do Executivo. Além do pacto na área de Transporte, Dilma também anunciou um pacto na área da Saúde, Educação, Responsabilidade fiscal e Reforma política.

Para esta última área, a presidente defendeu a realização de um plebiscito que autorize o funcionamento de um processo constituinte específico para fazer a reforma política que o país precisa. Dilma também se posicionou a favor de sejam feitas mudança na legislação atual para que a corrupção dolosa seja classificada como equivalente a crime hediondo, com penas muito mais severas.

Foto: Fábio Rodrigues/Agência Brasil

5 comentários para "Expectativa de Edivaldo"

  • CESAR FM

    Edvaldo Holanda Junior? não votei nele, mais antes do candidato por ser sãoluizense de sangue e nascimento, sempre fico do lado de quem trabalha, pra mim não importa partido ou quem esteja no comando da capital ou do Estado não entro nessa qualhiragem de ilha rebelde, por isso pra esses caras que tudo pra eles é mirante tenho uma perguntinha Porque só mirante?, porque não outros sistemas que antes eram castelo doentes e não mais eles que também mentem e omitem coisas, favorecendo os que vem depredando São Luís a mais de 20 anos. Enquanto São Luis se acaba eles ficam olhando a banda desafinada passar comendo petinhas, vocês tem que deixar de ser ave agorenta, e deixar São Luís em Paz, São Luis, não pode andar separada do Estado (governos estadual e Municipal) em vez de ficarem jogando contra como fizeram com o antes candidato de vocês (castelo), deixem o jovem trabalhar, Acorda pra Jesus Edvaldo não precisa parceira política até porque sabemos que tem candidato, São Luís, precisa de trabalho de união entre os dos governos e, em 2014 deixe para o povo decidir, mais também se não quiser fazer parceira com o governo do Estado se acha que da conta sozinho então meu caro jovem deixe de ouvir conselhos dos vermelhos do mal e passe a ouvir seu genitor ele conhece São Luís melhor do que você, e dos que o rodeiam, sabe dos nossos problemas crônicos, nós só queremos uma São Luís digna de sua história e do seu povo, mande essas aves agorentas, esses urubus, abutres pra PQP. com certeza eles já estão pensando em 2016, não foi assim que fizeram com castelo logo no segundo ano de mandato?

  • Toni

    FALTA APENAS O PREFEITO EDIVALDO CONVERSAR COM A GOVERNADORA ROSEANA SARNEY. SERÁ QUE A TURMA DE LÁ DEIXA?????

    • Zeca Soares

      Concordo, Toni. O momento é oportuno. Acho que os dois precisam ter uma relação institucional para o bem de São Luís.

  • Carlos

    Este prefeitinho nao consegue nem tapar os buracos espalhados pela cidade. Estamos lascados, um prefeito incompetente e uma governadora que so faz obra pela metade.

  • Carlos

    Este prefeitinho que nao consegue nem tapar os buracos espalhados por toda cidade, ainda fala em mobilidade urbana, parece ate piada. Realmente sao luis ta muito mal servida, de um lado um prefeito incompetente, que nunca foi administrador de nada e de outro, uma governadora que so faz obra pela metade.