Conferência de Viana discute plano para educação

pedrofernandesO plano estratégico de metas para melhorar os indicadores educacionais do Maranhão foi destacado pelo secretário Pedro Fernandes durante solenidade de abertura da sétima etapa das Conferências Intermunicipais de Educação, nesta segunda-feira (15), no auditório do centro de eventos do município de Viana. O encontro é promovido pela secretaria de Educação (Seduc), por meio da secretaria adjunta de Gestão Institucional (Sagi), em conjunto com o Fórum Estadual de Educação (FEE), e será encerrado nesta terça-feira (16).

Para um público composto por deputados, prefeitos, vereadores, gestores escolares e professores de 13 municípios da região dos Lagos, Pedro Fernandes destacou que a meta das conferências “é colher subsídios da sociedade melhorar os indicadores educacionais do Maranhão”, explicou. “A educação é um dever do Estado e responsabilidade de todos”, arrematou.

Ao falar sobre o planejamento estratégico de metas do governo do Estado, o secretário Pedro Fernandes ressaltou que o programa tem como objetivo a melhoria do processo de aprendizado; a universalização do ensino médio; institucionalizar o regime de colaboração entre União, Estado e municípios; e o efetivo combate ao analfabetismo no Maranhão. “A erradicação do analfabetismo é prioridade da governadora Roseana Sarney”, disse.

Pedro Fernandes salientou que, por orientação da governadora Roseana Sarney, a política de educação foi transformada em política de Estado para ampliar os horizontes para curto, médio e longo prazo.

Sobre a realização das conferências, Pedro Fernandes enfatizou que elas abrem um canal de dialogo com a sociedade a fim melhorar o nível de aprendizado dos alunos da rede estadual e uma nova forma de exercer a democracia, contribuindo para reverter e melhorar os indicadores educacionais com a participação da sociedade. “É preciso discutir com quem faz a educação para que possamos construir um diagnóstico que aponte soluções democráticas construídas por meio de um processo coletivo”, apontou.

O secretário-adjunto de Gestão Institucional da Seduc e presidente do Fórum Estadual de Educação, Fernando Silva, disse que as conferências representam um momento ímpar para a educação maranhense. “A população vai melhorar a qualidade de vida com educação de excelência e a conferência contribuirá para o planejamento estratégico feito pela Seduc com o objetivo de melhorar da qualidade de ensino”, disse. Ele contou que a Seduc vai realizar mais 23 conferências nas Unidades Regionais de Educação (UREs), para discutir a educação básica, profissional e superior, incluindo todas as etapas e modalidades de ensino.

Seja o primeiro à comentar em "Conferência de Viana discute plano para educação"