Rodoviários querem aumento de 15% nos salários

onibusSe os usuários normalmente enfrentam problemas para ter acesso a mobilidade, durante este mês e em maio, com as reuniões entre Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (SET) e Sindicato dos rodoviários, a situação deve piorar.

Em sua proposta assinada dia 15 de março e recebida pelo SET em 22 daquele mês, o Sindicato dos Rodoviários de São Luís cobra reajuste salarial de 15% em relação ao piso, que foi acordado depois de ampla discussão no ano passado. Ainda são cobrados reajustes no tíquete-alimentação, que não devem ser descontados do salário, e sim por meio do Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT); plano odontológico e plano de saúde, e aumento no seguro de vida, garantido pela Lei 2.629, que regulamenta a profissão de motorista.

Com o reajuste, o salário dos rodoviários deve aumentar e assim corrigir parte das perdas salariais da classe, de acordo com o presidente do sindicato, Dorival Silva. Atualmente, o salário-base dos motoristas de ônibus é R$ 1.177,34; dos cobradores é R$ 665,54, e dos ficais é de R$ 696,84. Com a correção, os salários dos trabalhadores subiriam para R$ 1.353,34 (motoristas); R$ 779,70 (cobradores) e R$ 800,90 (fiscais).

Envolvida nas principais negociações para as melhorias do sistema de transporte coletivo de São Luís, a promotora do Consumidor, Lítia Cavalcanti, reconhece a possibilidade de crise com a proximidade das negociações trabalhistas. “A crise no sistema de coletivos é iminente. O que é algo alarmante e deve chamar a atenção de todos. A Prefeitura de São Luís parece estar disposta a se envolver nesse debate, diferentemente da última gestão, mas é preciso que os gestores saibam que essa é uma obrigação deles”, explicou.

O Estado procurou a Prefeitura de São Luís para tratar do impasse entre os rodoviários e o SET, mas não obteve resposta. Foram feitas as seguintes questões: a posição da Prefeitura no debate; o que precisa ser feito, e ainda o prejuízo que o Estado tem com a falta dos pagamentos dos tributos por parte das empresas de ônibus que mantêm o sistema de transporte coletivo. Nenhuma resposta foi dada, sob a justificativa de agenda lotada da secretária Myrian Aguiar.

Leia mais

4 comentários para "Rodoviários querem aumento de 15% nos salários"

  • Geovane

    culpa da nao contrução do viaduto da forquilha , e do turu , esses apertos , sem falar nos salarios baixos dos motoras ! uma vergonha nacional noa so aqui em sao luis ma ! ainda tenho que pegar um onibus cheio , pra piorar olhar a camisa brega do sampaio , cheirar peidos , bancos imundos ! ng merece ! Prefeito faça alguma coisa nao nos deixe nesse caos !

  • Pedro

    Podem anotar aí que vai acabar sobrando para a população pois se houver aumento para os motoristas e cobradores é a população que vai arcar com esse reajuste através de um aumento de tarifas.

  • Usuário

    VEM AÍ AUMENTO DE PASSAGEM.

  • Flávio

    Será que vamos ter aumento será uma decepção prefeito Edivaldo Holanda Jr. e um péssimo começo de administração se isto vier realmente a acontecer aqui na minha linda São Luís, porém mal tratada pelo seu povo e principalmente por vocês políticos.