Promessa no judô busca patrocínio para competir

Adryelly-KarolynnyEla tem apenas 13 anos, mas já é destaque no cenário do judô nacional. A jovem judoca Adryelly Karolynny, atleta da Associação Ippon de Judô, é uma promessa do esporte maranhense. Dedicada nos estudos e em cima do tatame, Adryelly é nome certo para brigar pela medalha de ouro no Campeonato Brasileiro Regional I, competição que será realizada no início de abril na cidade de Macapá (AP).

Hexacampeã estadual, tricampeã regional, medalha de prata nas Olimpíadas Escolares em 2011 e atual vice-campeã brasileira Sub-15, a judoca maranhense agora se prepara para mais um desafio.

“Espero ter um bom resultado. Que possa vir qualquer medalha, mas meu foco é primeiro lugar para que eu possa me classificar para o Brasileiro final. Fui campeã da Copa Cidade de Fortaleza e agora estou treinando para ir para o Regional”, declarou a judoca de 13 anos.

No entanto, para competir na capital do Amapá entre os dias 6 e 7 de abril e buscar um lugar entre os melhores judocas do país, Adryelly terá de superar, além dos adversários, a falta de patrocínio para viajar. De acordo com a mãe da jovem promessa maranhense, Karine Sales Santos, a ausência de investimentos para o esporte é a principal dificuldade encontrada para a conquista de bons resultados.

“Infelizmente, não dispomos com recursos suficientes para estar arcando com todas as despesas. A grande dificuldade é essa para você conseguir patrocínio para o seu filho estar viajando e estar participando das competições. Até agora, só temos perspectivas. Está faltando algumas respostas. O pessoal prefere investir em festas a estar investindo em uma criança que está participando do esporte. Essa é a grande tristeza”, declarou dona Karine.

Apesar da dificuldade, a mãe de Adryelly espera conseguir estes patrocínios para que a filha não tenha o sonho de lutar interrompido. “Ela tem paixão pelo judô, uma dedicação inacreditável. Por isso, eu faço todo o sacrifício. Eu corro atrás de patrocínio porque esse tipo de incentivo está faltando. Se eu como mãe não incentivar, não correr atrás, irei estancar o sonho dela. Corro atrás para que esse sonho não seja interrompido”, finalizou.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

Uma resposta para "Promessa no judô busca patrocínio para competir"

  • Karine Sales

    Espero Que a Divulgação dessa reportagem possa sensibilizar os orgãos competentes e os Empresários Maranhenses,para que ajudem essa talentosa atleta a viajar para participara das competições nacionais.