Noite de nostalgia e bom futebol no Castelão

zico3

Uma noite de festa e nostalgia. Assim foi o jogo entre os Amigos de Zico e a Seleção Maranhense. Com grandes passes do Galinho, além de gol, Juca Baleia revivendo a Baleia voadora da década de 90, Julinho arrancando pela direita, Raimundinho fazendo cruzamentos precisos e tudo isso para o público que compareceu ao Castelão na noite desta quinta-feira.

Apesar da festa em solo maranhense, Zico e seus amigos golearam por 5 a 1. Julinho e Jorginho Paulista, cada um marcando dois gols, além do gol do Galinho, enquanto Kleber Pereira descontou para o time maranhense.

publico

Primeiro toque e aplausos

Logo no primeiro toque que deu na bola, Zico deu um passe de letra, para delírio da torcida presente no Castelão. Na sequência, a bola chegou para Julinho, que invadiu pela direita e chutou forte para fazer 1 a 0 para os Amigos de Zico. Aos três minutos, Maurinho cruzou a bola na cabeça de Zico, que marcou o segundo do jogo.

A primeira chance da Seleção Maranhense começou com Paulo Cesar, que tocou para Raimundinho, que tentou encobrir o goleiro Marcelo Leite, mas a bola foi pela linha de fundo. Na sequencia, o time de Zico saiu em velocidade, Jorginho tocou para Julinho na entrada da área, que chutou cruzado para grande defesa de Juca Baleia. Kleber Pereira deu o primeiro chute a gol, após receber passe na entrada da área, mas a bola foi pela linha de fundo. Após a pressão maranhense, aos 16 minutos, Jorginho recebeu a bola frente a frente com Juca Baleia, driblou o goleiro maranhense e fez 3 a 0 para os Amigos de Zico.

Mas aos 20, Raimundinho, recebeu a bola na esquerda, esperou o momento certo e cruzou para Kleber Pereira, que de cabeça fez o primeiro da Seleção Maranhense. Aos 25 minutos, Zico voltou a aparecer, dessa vez cobrando falta no cantinho, mas Kleber Pereira salvou na linha do gol. Kleber Pereira voltou a aparecer, chutando da entrada da área, para boa defesa de Marcelo. No lance seguinte, Donizete chutou cruzado para mais uma boa defesa de Juca Baleia.

Quem roubava a cena era Raimundinho Lopes, com novo cruzamento para Kleber Pereira, que cabeceou, mas dessa vez Marcelo Leite defendeu em dois tempos. Depois, Raimundinho recebeu passe de Paulo Cesar, chutou forte, mas Marcelo mandou a bola pela linha de fundo. Ainda no primeiro tempo, Donizete tentou encobrir Juca Baleia, mas a bola foi pela linha de fundo.

No último lance da primeira etapa, Juca Baleia lembrou os tempos em que era conhecido como Baleia Voadora, com Zico arriscando o chute no canto, mas o goleiro maranhense fazendo uma ponte para ficar com a bola, antes do apito final.

zico2_1
Substituição sob aplausos

Na etapa final, as duas equipes passaram a realizar mudanças e o jogo ficou mais cadenciado. Aos 11 minutos, Zico tocou para Djalminha, que chutou forte, mas Tião evitou o quarto gol dos visitantes. Na sequência Maurinho ainda arriscou para mais uma boa defesa de Tião. Mas aos 15, Julinho chutou cruzado e fez o quarto dos Amigos de Zico.

O grande momento do segundo tempo foi aos 21 minutos, quando Zico foi substituído e deixou o gramado do Castelão sob aplausos de todo o público presente no Estádio. O time de Zico ainda teve tempo para marcar o quinto gol, com Jorginho, que aproveitou a saída do goleiro Tião e deu uma cavadinha para selar a goleada de 5 a 1 para os Amigos de Zico

publico2

Fotos: Fabiano Araújo/Divulgação

 

13 comentários para "Noite de nostalgia e bom futebol no Castelão"

  • Macabeu

    Zeca, espero que não passe despercebido: E a RENDA?, Estádio lotado, quantos pagante, quantidade de alimentos arrecadado. Tudo isto tem que vir a publico para a sociedade saber, se esses movimentos tráz lucro ou prejuizo. O que não pode é ficar por isso mesmo, muito gente ganhando em cima disso, se dando bem ect e tal.
    Vou te cobrar, saia em campo e diga como foi este traçado. Do jeito que voce relata o jogo, muita gente agradece por não poder ter ido ao Estádio… vc é um “craque” tb.

    • Zeca Soares

      O jogo foi um evento como um show. Vai quer quer e pode pagar. VOcê não perguntou,por exemplo o público e a arrecadação do sow do Skank, de Marisa Monte, de Fagner, enfim…. Sobre o jogo foi muito bom e o público adorou. Ainda bem que você não foi. Senão teria visto um milhão de defeitos.

      • Macabeu

        Estou anotando tuas malcriação, pensei que fosse algum gaiato querendo fazer obra de caridade em cima disso ai, pedindo alimento não perecíveis como moeda, pensei que era para ajudar algumas casa de Caridades existente por São Luis. Está bom não precisa se chatiar, afinal perguntar não ofende?, ou será que ofende!!!…

        • Zeca Soares

          Entra na Justiça.

  • flavio espindola

    Quem vai pagar essa conta? Pq abrir o Castelão pro SAMPAIO botam um monte de berreiras, q o custo é muito alto, o SAMPAIO bota facinho numa semi final o dobro do publico de ontem!!!

    • Zeca Soares

      Não vi nenhuma barreira colocada para o Sampaio. O custo para abrir o estádio é um só para qualquer jogo.

  • José Carlos Pereira Martins

    PORQUÊ ESSA ZANGA TODA!

    Caro José Raimundo Soares, não vi nenhuma maldade no comentário do Macabeu. Todo desportista tem a curiosidade em saber os custos de um evento desta envergadura e pareceu-me que os promotores do evento não tem o interesse em publicar. O povo quer saber, Zeca! Outra coisa, o Flávio Espíndola tem toda a razão em perguntar sobre a abertura do Castelão para o evento. Quando das semi-finais do estadual disseram que a abertura do Estádio Castelão sairia caro para os clubes e que os jogos deveriam serem realizados no acanhado Nhozinho Santos. Acho que local de jogos importantes,tem que ser no Castelão. Não quero aqui deixar nenhum protesto quanto a realização do evento que foi bastante gratificante tanto ao Zico como aos craques maranhenses que participaram.

    • Zeca Soares

      Não tem zanga nenhuma. Já disse aqui que não vou receber porrada de ninguém. Se bater, leva. Tem muita gente mal educada e que confunde as coisas ao se esconder por trás de um e-mail. Não vou aceitar isto.

      Quanto ao castelão quem reclama dos custos são os clubes. Você acha que os jogos importantes devam ser no Castelão, mas os presidentes dos clubes, não. è simples de se entender isso. Você viu algum dirigente topando a parada dos custos e pedindo para jogar no Castelão? Eu não vi.

  • RIBEIRO

    É VERDADE ZECA VC ESTA MUITO BRABO, EU NÃO PRECISO PERGUNTAR QUEM TROUXE ESSES EX JOGADORES, ATÉ PORQUER EU SEI QUEM TROUXE, ESSA SEMANA FOI FEITA Á MAIOR DISTRIBUIÇÃO GRATIS DE INGRESSO DA HISTORIA DO MARANHÃO PARA O JOGO, PARECIA ATÉ O BOLSA FAMILIA, EU NÃO FUI NO JOGO, MAS UM AMIGO DSSE ZECA QUE VC É MUITO HABILIDOSO PARECE MUITO COM O ESTILO RONALDINHO, DISSE TAMBEM QUE VC PERDEU DOIS GOLS NA LINHA DO GOL ? ISSO SO ACONTECE COM QUEM É GOLEADOR.

    • Zeca Soares

      Não é isso não, Ribeiro. Apenas estou respondendo no mesmo tom das ofensas e piadas. Tenho este como um espaço democrático, mas é fundamental que as discussões sejam pauitadas no respeito às pessoas e às ideias.

  • Laura

    Que discussão desnecessária!!! O jogo foi bacana e tal, deu muita gente, os ex-atletas ficaram satisfeitos e os organizadores também. O chato apenas é que, foi uma panelinha isso tudo, pois este evento foi apenas demonstração de um pequeno grupo. O futebol é um ramo sujo, cheio de falsidade, aqui no maranhão então! Quantos craques ficaram de fora? Homens que fizeram histórias para nossos queridos clubes, como Moto e Sampaio, homens que um dia suaram suas camisas com este Castelão cheio. Muitos ex-atletas, que jogaram com este pequeno grupo que participou, não tiverem convite dos organizadores para assistir, muito menos para jogar. Somente no Maranhão, que o que prevalece é o interesse capitalista, posição política e individualismo. Mesmo assim, fica meus parabéns a essa “Noite de Nostalgia”!

    • Zeca Soares

      Perfeito, Laura.

  • Verdade solene.

    Fugindo das discussões infrutíferas, eu só não entendo o por quê de tanta badalação. Zico não passou de um jogador mediano, produto da mídia carioca manipulada pela ditadura militar que em muito beneficiou pessoas como Roberto Marinho, transformando-o em marajá das comunicações televisivas, não à-toa flamenguista. Zico, aiás, nunca serviu bem a seleção brasileira, não ganhou copa do mundo e, mesmo naquele time de 1978, Dirceuzinho do Vasco da Gama foi quem brilhou, isso sem deixar de mencionar que Roberto Dinamite salvou o time na primeira fase, caso contrário nem se classificaria para pegar Argentina, Peru e Polônia. Na Espanha deu no que deu e o pé frio foi ainda “mais eficiente” na copa seguinte perdendo até penalti.
    Como sempre é bom apelar para elementos objetivos, provando a tese de sua medianidade, foi jogar em um time italianao que sequer figura como um dos principais do país, nem naquela época, nem hoje. Na realidade o Brasil vivia mergulhado na ditadura militar e precisava de um herói. Assim surgiu Zico, alguém absolutamente desconhecido do primeiro mundo do futebol. Vivi um tempo na europa e sei o que estou dizendo. Zico e flamengo não passam de uma boa criação midiática.
    PS: para finalizar, ao contrário do que disse o narrador flamenguista da mirante no jogo de ontem, o flamengo não tem a maior torcida. Fica atrás e muito atrás de duas equipes da china e do nosso conhecido Chivas Guadalajara do México que detém 70% da torcida do país.