PT mantém foco na aliança com o PMDB

alianca

O Estado

O vice-governador do Maranhão, Washington Oliveira (PT), avaliou ontem como “normais” as cobranças de setores do partido por mais espaço no Governo do Estado e destacou como “estritamente ligada ao Diretório Municipal” a aproximação com o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC).

Após uma série de encontros em Chapadinha, onde articula o Processo de Eleição Direta da legenda – marcado para outubro -, Washington reafirmou a intenção dos petistas de manter a aliança com o PMDB da governadora Roseana Sarney e adiantou que, mesmo já aprovada pela Executiva Municipal, a participação do PT na administração petecista ainda deve ser discutida no plano estadual.

“A nossa posição em nível estadual é bem clara: queremos a manutenção da aliança com o PMDB. Faz parte da nossa visão estratégica nacional. Em relação a essa decisão municipal, é uma situação específica que ainda será discutida pela direção estadual”, declarou.

Para o vice-governador, a busca por espaços políticos é a tônica “em qualquer partido que se pretenda grande”, mas disse que o PT tem assumido importantes responsabilidades no Executivo Estadual. “O PT está encarregado de ações importantes no Governo do Estado”.

Washington revelou, ainda, que na próxima semana terá mais uma reunião com Roseana para tratar do assunto – esta semana eles já se encontraram no Palácio dos Leões para discutir o mesmo tema. “Vamos fazer um balanço da relação PT /PMDB. De nossa parte, deixaremos claro que temos noção de que essa é uma boa aliança e temos a intenção de mantê-la. Ela é uma aliança natural, tendo em vista a conjuntura nacional, e a discussão de suas bases é normal, principalmente agora que o país inteiro já discute 2014”, completou.

Sem abalos – O presidente estadual do partido, Raimundo Monteiro, também garante que a aproximação petista da gestão Edivaldo Júnior não provoca qualquer tipo de abalo na relação com o Governo do Estado. De acordo com o dirigente estadual, a busca por mais cargos é atitude normal de qualquer legenda. “Essa é uma discussão que sempre ocorreu no partido desde que integramos a aliança com o PMDB, mas em nada abala, não compromete a nossa relação”, comentou.

Apesar disso, Monteiro é um dos que engrossam o discurso de que os peemedebistas devem ser mais benevolentes com o Partido dos Trabalhadores no Maranhão. “Pelo nosso tamanho, pela nossa importância, é natural que busquemos mais espaços, e natural também que um aliado como o PMDB ceda mais espaços”, destacou.

O presidente do PT estadual também confirma mais uma rodada de negociações com o Palácio dos Leões. “O companheiro Washington já teve essa conversa com a governadora Roseana Sarney e terá mais uma na próxima semana”, concluiu.

Foto:Biaman Prado

Seja o primeiro à comentar em "PT mantém foco na aliança com o PMDB"