Edivaldo define ações para solucionar transtornos

edivaldo
Limpeza e desassoreamento de canais, retirada de famílias de áreas de risco, fornecimento de cestas básicas e colchões para as famílias que sofreram com os alagamentos provocados pela forte chuva, nos últimos dias. Essas são parte das ações emergenciais desenvolvidas pela Prefeitura de São Luís.

Uma série de ações de curto e médio prazo foram definidas na tarde desta quinta-feira (14) durante reunião entre o prefeito Edivaldo Holanda Júnior com titulares e adjuntos das secretarias de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Assistência Social e da Criança e do Adolescente (Semcas), Urbanismo e Habitação (Semurh), Segurança com Cidadania (Semusc) e Comunicação (Secom). O plano de contingência, que envolve parte das secretarias de governo, será apresentado na próxima semana.

Durante esta quarta e quinta-feira, equipes de governo percorreram os pontos alagados ou com risco de desmoronamento. “Ao longo do dia de ontem e hoje percorri vários pontos da cidade onde houveram prejuízos e reunimos aqui as secretarias para estabelecermos metas que serão desenvolvidas até este sábado”, explica o prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

O levantamento da Defesa Civil Municipal, órgão vinculado à Semusc, mostra que cerca de 270 famílias foram afetadas pela chuva. Os dados incluem as áreas da Cidade Operária, São Raimundo, Anil, Coroadinho e Cidade Olímpica. A coleta de informações sobre a situação das famílias está sendo realizada em conjunto com a Semcas.

“Já temos equipes da Secretaria de Assistência Social trabalhando junto com a Defesa Civil em todas as áreas atingidas. Elas fazem a identificação das famílias para, além de abrigo e alimentação, incluí-las em programas de moradia”, explica a secretária-adjunta da Semcas, Andrea Lauande.

Para dar celeridade às ações desenvolvidas pela Semosp nas áreas atingidas haverá um aumento na quantidade de máquinas que realizam os trabalhos. Já a Semurh, por meio da Blitz Urbana, está intensificando as ações preventivas e repressivas para evitar a reincidência dos transtornos ocasionados pela chuva.

“A Secretaria de Urbanismo está trabalhando na regularização fundiária e através da Blitz Urbana identificando eventuais construções irregulares que possam contribuir para ocorrência de tragédias, como as que já estão acontecendo, por conta disso, essas construções serão removidas”, informa o secretário de Urbanismo, Felipe Camarão.

Foto: Fabrício Cunha

3 comentários para "Edivaldo define ações para solucionar transtornos"

  • Gusmao

    Zeca,

    Avisa ao Edivaldo para ele passar na Av. Santo Antônio, via que liga o Barramar aos bairros Coelho Neto, Parque Atenas, et cetera. Essa Avenida foi inaugurada em dezembro pelo Castelo. As chuvas desta semana já foram o suficientes para testar a qualidade dos serviços nela realizados. Ou ele manda alguém, de imediato, recuperar os estragos ou daqui mais algumas chuvas vai ter que emendar as vias no trecho sobre o córrego.

  • Marcos

    A vereadora Rose Sales está vigiando o prefeito ela está em todas as visitas grudada no prefeito.

  • Observador

    Rose Sales aparece mais do que o prefeito.