Maranhão Basquete quer pelo menos duas vitórias fora

maranhaobasquete

O objetivo do Maranhão Basquete é se reabilitar na Liga de Basquete Feminino (LBF). A derrota na estreia para o Sport-PE, em São Luís, já é passado no time maranhense. O foco agora é na sequência de três jogos fora de casa. O MB terá a difícil missão de enfrentar, em cinco dias, as equipes do Guarulhos-SP, Americana-SP e Santo André-SP. E a maratona de jogos começa na quinta-feira (31) diante de Guarulhos-SP.

“Esperamos vir de São Paulo com, pelo menos, duas vitórias. Achamos que o jogo contra Americana será o mais difícil, apesar de acharmos as outras duas equipes (Guarulhos e Santo André) fortes. Só que nós já demos o primeiro passo que é estrear. A estreia sempre é difícil. E agora nosso foco é vencer fora de casa”, destacou o técnico do MB, Betinho Lima.

No entanto, o primeiro adversário do Maranhão Basquete nesta sequência de jogos em São Paulo não atuará em casa. Devido a problemas em seu ginásio ocasionado por vândalos, o Guarulhos-SP não poderá atuar diante do seu torcedor contra o MB. Por esse motivo, a partida desta quinta-feira foi transferida para o Ginásio Centro Cívico, na cidade de Americana, e começará às 17h (horário local).

Após o jogo, as meninas do Maranhão Basquete continuam na cidade de Americana já que, no sábado (2 de fevereiro), o MB encara as donas da casa, jogo que terá transmissão do canal SporTV. E na segunda-feira (4 de fevereiro), a equipe maranhense visita o Santo André-SP.

“Não tem mais descanso. Começou o campeonato e agora é trabalho. Temos que corrigir o que fizemos de errado contra o Sport-PE, acertar o que precisa ser acertado e ir em busca das vitórias em São Paulo. Sabemos das três equipes que vamos jogar. Já assistimos os jogos delas e então é ir para cima delas e trazer essas vitórias quando voltar para o Maranhão”, analisou a ala Iziane, que anotou 14 pontos e pegou 5 rebotes na estreia do MB contra o Sport-PE.

O próximo jogo do Maranhão Basquete diante o torcedor maranhense será apenas no dia 18 de fevereiro. Na ocasião, o MB medirá forças com o São José-SP, no Ginásio Castelinho.

2 comentários para "Maranhão Basquete quer pelo menos duas vitórias fora"

  • ozeas

    Rapaz eu não queria nem dizer isso, mas o que falta na seleção maranehese de Basquete é substituir esse tecnico Betinho, ele é muito fraco como treinador, pôxa esse cara treinava escolas no jem’s é pouco demais para quem almeija ganhar títulos, o MB tá um timasso todo mundo sabe, e o cara fica armando o time como coadjuvante, ano passado foi a mesma coisa. Mas torço pra que esse ano seja diferente.

  • Jorge Franco

    Time que pretende ser campeão tem que ter planejamento para ganhar todas esta proposta de pelo menos ganhar duas e muito pouco.