São Luís pode receber jogos da Superliga de Vôlei

vol_murilo_sesi2_vip.jpg_95

As duas últimas rodadas da fase de classificação da Superliga 2012/2013 poderão ser realizadas em São Luís nos dias 28/02 e 02/03. O superintende técnico da CBV, Renato D’Avila está realizando as negociações com os representantes da Federação Maranhense de Vôlei para que a capital maranhense receba os quatro jogos, que poderão definir a classificação das equipes para a fase de play-offs da Superliga.

As equipes que poderão jogar em São Luís são o Volta Redonda, São Bernardo, Funvic e Sesi, este, um dos favoritos ao título da temporada, contando como jogadores como Murilo, Cidão, Serginho e Lorena. Segundo Fernando D’Avila as negociações com as equipes já foram realizadas e agora dependerá da FMV atender às exigências do caderno de encargos da CBV para receber os jogos da competição.

– Já conseguimos nesse período de 10 dias de negociações, quatro equipes para jogar aqui e estamos trazendo uma série de condições para que isso aconteça. Vamos tentar junto ao SporTV a possibilidade, se não de todos, se parte dos jogos que poderão ser realizados.

Foto: VIPCOMM

Leia mais

8 comentários para "São Luís pode receber jogos da Superliga de Vôlei"

  • Gojoba

    quein vai bancar e pagar essa conta?

    • Zeca Soares

      Você não é porque é um liso.

    • Luis Paulo

      quem diz o que quer houve o que não quer seu liso

  • Torquato

    Oi Zeca,sou eu, o Torquatinho da casa 19, estou com saudades do condominio e de São Luis em geral, só queria que vc soubeçemos que estamos bem aqui e queremos tudo do melhor para vcs ai em São Luis, já começou a escola aqui, estou numas das melhores escolas de fortaleza e queria comunicar que todos estamos com saudades de vcs

    • Zeca Soares

      Beijão em todos e sempre que puder entre em contato com a gente. A nossa amizade continua mesmo distante. Logo que for a Fortaleza iremos procurar por vocês.

  • Honorato L. Fernandes Filho

    Será muito bom!!!
    Abcs.,

  • Samyr

    Excelente oportunidade, desde que seja bancado pela inciativa privada é claro, nunca entendi o por que das pessoas envolvidas no volei nunca terem apresentado um projeto pra Vale por exemplo, é uma empresa que está a anos no estado e tem uma forte ligação com a população, pelo que leio uma equipe como Sollys/Osasco que joga no feminino custa 10 milhões por temporada e estamos falando de uma equipe que conta com várias bi-campeãs olímpicas(acho que 5), mas um equipe como o praia clube que está entre as entre as 3 ou 4 primeiras custa bem menos do quê isso. A Vale ou outra grande empresa patrocinando uma equipe seria formidável e o que seriam 10 milhões pra uma empresa desse porte !?

  • Verdade solene.

    Muito bom de um ponto de vista estético. Pena que o atraso e a miséria do nosso estado não nos permite manter uma equipe local de nível neste tipo de esporte e comptição para torcermos verdadeiramente. Assim, será engraçado ver tais equipes por aqui e o povão a aplaudir todas as jogadas, de todas as equipes, como se fossémos torcedores europeus em jogos de tenis. No mais, quando falo que não temnos condição de manter uma equipe de volei faço lembrar aos demais, entes que me corrijam e invoquem o Maranhão basquete para a defesa, que este só existe devido ao “incentivo” de Eike Batista desde o ano passado a pedido de Fernando Sarney. Como uma mão lava a outra e o citado empresário já vem ganhando dinheiro em terras Tupinambás, de pronto aceitou o pedido. Melhor que a Gatorade este ano finacia parte das despesas, mas se fosse uma equipe de volei masculino a coisa seria bem mais complicada. A MAIS PURA VERDADE, A VERDADDE SOLENE.