Edivaldo firma parceria com a Santa Casa

saude2
O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, e o provedor da Santa Casa de Misericórdia do Maranhão, Abdon José Murad Neto, discutiram, na tarde desta quarta-feira (23), os termos de cooperação para ampliar o atendimento a pacientes da rede pública de saúde da capital maranhense.

A parceria, segundo o prefeito, começou esta semana com o encaminhamento para a Santa Casa de 60 pacientes que se encontravam no setor de ortopedia do Hospital Clementino Moura (Socorrão II).

“A nossa pretensão é ampliar a atuação conjunta com a Santa Casa de Misericórdia e a nossa meta é que, com esta parceria, aqui sejam realizadas 250 cirurgias por mês”, afirmou o prefeito. Ele destacou que a Santa Casa, além de ser uma das mais antigas e tradicionais instituições da área da saúde no Maranhão, é um hospital capacitado no atendimento a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

O secretário municipal de Saúde, Vinicius José da Silva Nina, também salientou a importância da parceria com a Santa Casa, frisando que todos os esforços estão sendo feitos para, o quanto antes, desafogar o atendimento na rede municipal de saúde, especialmente o Socorrão II, que tem sido acarretado com um grande número de atendimento a pacientes oriundos de municípios do interior do Estado.

saude1
Além de conhecer de perto os leitos, consultórios e os setores de cirurgias, ortopedia, pediatria, obstetrícia e de tratamento de pacientes com doenças crônicas, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior fez questão de conversar com médicos, enfermeiros e pacientes atendidos pela Santa Casa.

Ele ouviu também um relato pormenorizado sobre as condições em que está funcionando a Santa Casa de Misericórdia do Maranhão. O provedor Abdon Murad informou que, com 432 leitos, a Santa Casa realiza em São Luís mais de 1.200 internações por mês e realiza, mensalmente, cerca de 12 mil consultas.

“Para nós, é muito importante esta aproximação com a Prefeitura de São Luís, para que haja uma efetiva cooperação e parceria com a nossa Casa”, afirmou Abdon Murad. Ele explicou que a Santa Casa passa por momentos de dificuldades, tendo em vista diversos problemas, entre os quais uma dívida acumulada no valor de R$ 11 milhões.

Abdon Murad disse que, nesta primeira fase, a Santa Casa prestará atendimento prioritário para pacientes do Socorrão II, em tratamento ortopédico. A transferência dos pacientes foi iniciada na última sexta-feira (dia 18).

Depois de ouvir o relato do provedor Abdon Murad, que forneceu informações sobre dívidas e atrasos nos repasses da gestão anterior, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior disse que, lamentavelmente, a popula

7 comentários para "Edivaldo firma parceria com a Santa Casa"

  • CESAR FM

    QUEM PASSOU ONTEM A NOITE PELO TERMINAL DO SÃO CRISTOVÃO? VIRAM O LIXÃO? OU FIZERAM QUE NÃO VIRAM? NÃO OUVIR UMA ALMA SEQUER FALAR SOBRE ISSO ONTEM A NOITE NA RADIO OFICIAL AQUELA QUE FAZIA CAMPANHA NA CARA DURA PARA O PREFEITO ELEITO, PORQUE? SÓ PODEM FALAR MAL É DO GOVERNO DO ESTADO? MUITO MAL SR. EDVALDO, MUITO MAL, O SR. TEM TUDO PRA DAR CERTO.

  • Sérgio

    Acho que o prefeito precisa dar condição e fazer o Socorrão funcionar contratando novos médicos e equipando o hospital com aquilo que é necessário para acabar com essa superlotação.

  • claudio

    Comendador, Ricardão dinheiro não deve ter gostado dessa parceria ele queria logo era os 77 milhões.

  • Macabeu

    Esta sim é parceria, cada um entra com sua parte de ajuda, nada do modus operandi de Ricardo Murad, quê quer ajudar mais quer os R$ 77 mi. do Socorrão, aonde já se viu isso!? Comentário moderado

  • Macabeu

    Está difícil dizer as verdade no teu blog, está censurando mais do quê na ditadura. Tens medo diquêr!?, Porque vcs são tão subalterno!.
    Responda se perguntar não ofender!.

    • Zeca Soares

      É regra básica do blog o respeito ãs pessoas e instituições e você foge delas quando, por exemplo se refere a uma pessoa como ladráo. O espaço é democrático mas não abro mào do respeito a todos. Espero contar com a sua compreenção.

      • Macabeu

        Sem quere criar polêmica, em nenhum momento citei a palavra “ladrão” nos meus comentários, observo que, em algumas resposta dos blogs ligado ao Sistema, os senhores insinuam que nós leitores somos revoltados e despeitoso para com os agentes do governo, engano, a tal censura, dar endender isso. Seria bom que deixasse os seus leitores julgar os tais comentários!. Eu desafio provar os excesso!