Boiadeiro é o novo gerente de futebol do Sampaio

sampaiotreino_1Para a temporada 2013, o Sampaio Corrêa anunciou oito jogadores como novos nomes. No entanto, não é só nas quatro linhas que o Tricolor vem se reforçando. No setor administrativo, o time Sampaíno também vem anunciando novidades.

A diretoria do clube confirmou, que a partir de agora o clube vai voltar a contar com o cargo de gerente de futebol. Para a função, o nome escolhido pela direção do Sampaio Corrêa é de João Boiadeiro.

O cargo tinha sido extinto das últimas temporadas. E as funções vinham sendo realizadas pelo próprio presidente do clube, Sérgio Frota.

João Boiadeiro, de 46 anos, é ex-jogador e tem como destaque, passagens pelo Botafogo-SP, Bragantino-SP e Paraná Clube. Boiadeiro já esteve no Sampaio em 2009, quando foi coordenador técnico.

Na mesma função, o novo gerente de futebol do Sampaio Corrêa já esteve no Brasiliense, Gama-DF, São Bento-SP entre outras equipes. O presidente do clube, Sergio Frota, explicou a reativação do cargo.

– Nós estamos tendo problemas com o nosso processo organizacional. O Boiadeiro chega para resolver as nossas situações diárias. Ele me procurou e fechamos um valor. Problemas de logística, como situações de acomodação de atletas, resolver questão de Departamento Médico, enfim, nossas situações cotidianas ficarão a cargo dele – disse.

Sergio Frota revelou ainda outras informações sobre a real função do gerente de futebol. Segundo o mandatário Tricolor, questões de contratações e negócios quanto ao futebol do clube seguem sob o comando do presidente.

– Ele não vai resolver nada sobre contratação. Eu continuo no comando sobre isso. Estou acumulando a função de presidente e diretor de futebol. Ele vem para ser gerente – frisou.

Na temporada 2013, o Sampaio Corrêa tem no primeiro semestre a Copa do Brasil e o Campeonato Maranhense. No segundo semestre o clube disputa a Série C e uma segunda competição local, ainda não definida.

15 comentários para "Boiadeiro é o novo gerente de futebol do Sampaio"

  • José Carlos Pereira Martins

    Zeca esse Boaideiro não é o mesmo que aprontou no Sampaio, se passando pelo verdadeiro Boaideiro ex jogador do Guarani de Campinas?

    • Zeca Soares

      Comenta-se que sim.

  • patrício

    Zeca, esse João Boiadeiro é aquele que é homicida confesso de uma dentista em Anápolis? Se for, talvez não seja uma boa pra imagem do Sampaio.

  • Luiz Mauro Aragão Rosa

    Zeca,

    Tenho notado em reportagens a construção desses prédios dentro do terreno pertencente ao Sampaio. Você tem alguma informação sobre isso? Houve venda de parte do terreno para alguma construtora? O Sampaio terá alguma contrapartida? Acho que a torcida deveria ser informada sobre qualquer tipo de mudança no patrimônio do clube, principalmente os sócios. Abraço.

    Luiz Mauro – Fortaleza/CE

    • Zeca Soares

      Isto é algo que só a diretpria do Sampaio pode explicar porque tudo é um grande mistério, pelo menos desconheço o assunto.

    • flavio espindola

      Esses Predios são no terreno ao lado do terreno do clube, não tem nada haver com o SAMPAIO CORREA, que por sinal os pedreiros param as atividades para assistir os treinos kkkkkkk o RR sempre joga bola pra eles ficarem lá batendo uma pelada!!! kkkkkkkk

      • Paulo Dasmaceno

        Valeu! Espíndola, pra calar esses “maus intencionados” que não conhece nada de São luis, não sabe nem pra que lado fica a sede do Bolivão.
        Principalmente seu Zeca Soares que só conhece o caminho de casa.
        Os prédios não tem nada a ver com o Sampaio. É só ir lá conferir, onde começa os prédios.

  • José Carlos Pereira Martins

    Zeca Soares esse cara não é o mesmo que durante a presedência do d´putado Manoel Ribeiro chegou aqui dizendo ser parente do Carlos Alberto Boiadeiro, ex-jogador do Guarani de Campinas? Não foi esse cara que aprontou no Sampaio Correa em 2009?

    • Zeca Soares

      Comenta-se que sim.

  • patrício

    O jogador de futebol João Alves da Silva
    Júnior, mais conhecido como João Carlos
    Boiadeiro, que foi encaminhado à prisão por
    ter abandonado a Cadeia Pública de Anápolis, onde cumpria sua pena em regime semiaberto para supostamente jogar futebol está
    próximo de ser colocado em liberdade.
    Em 2007, Boiadeiro foi condenado pela
    Justiça a 18 anos de reclusão em regime inicialmente fechado, pelo assassinato de Alean Mendonça Barbosa, no estacionamento
    de um hotel da cidade, em 2006. Na ocasião,
    o jogador tentava reatar o relacionamento
    com a jovem, que teria se separado dele por
    outras agressões e ameaças.
    De acordo com Boiadeiro, ele já havia
    cumprido dois anos e sete meses de reclusão e teve negado o pedido de transferência
    da pena para a cidade de Rondonópolis
    (MT), a 215 quilômetros de Cuiabá, onde
    conseguiu um contrato com o União Futebol
    Clube. “Eu não sei porque ela (a juíza) não
    aceitou meu pedido, certamente é por causa
    da família, aí me prenderam e eu voltei há
    um ano e nove meses”, relata.
    Boiadeiro relata que seu recolhimento
    aconteceu após o time ser campeão. “Eu fui
    campeão lá e o pessoal ficou sabendo por
    notícias da Internet e me recolheram novamente, porque eu saí e fiquei dois anos fora
    sem dormir na cadeia”, conta.
    Porém, o jogador está a um passo de
    responder em liberdade ao seu processo
    acusatório, faltando apenas alguns exames.
    “Agora é só aguardar para sair e eu voltar a
    trabalhar”, comemora.
    Atualmente Boiadeiro trabalha dentro da
    Cadeia Pública de Anápolis vendendo mantimentos aos presos e atuando no futebol dentro da reclusão. “Eu já estou mexendo com
    futebol aqui dentro, tenho um diretor que me
    ajuda muito. O seu Danilo e o seu Eliezer me
    ajudam deixando que eu fique até mais tarde
    no orelhão e fazer meus contatos”, ressalta.
    O detento também atua como uma espé-
    cie de “empresário” esportivo, contatando inclusive técnicos para times regionais. “Eu ia
    trazer o Paulo Almeida para a Anapolina,
    mas não deu certo e levei ele para o Itumbiara”, declara.
    Mesmo preso Boiadeiro já tem um leque
    de opções de trabalho e possui propostas
    até mesmo no time de maior torcida do Pará,
    o Paysandu Sport Club, que está na série C
    do Campeonato Brasileiro.
    Arrependido de ter cometido o crime, ele
    diz que dorme pouco pensando no ocorrido.

    será esse?

  • Klisman

    TEM TUDO A VER COM SAMPAIO É UM BOI..
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Luiz Mauro Aragão Rosa

    Muito obrigado às pessoas que responderam minha pergunta sobre os prédios no terreno do Sampaio. Lembro que o Zeca Soares nada tem a ver com isso, pois fui eu quem fez a pergunta. Eu moro em Fortaleza e não tenho a oportunidade de ir frequentemente à sede do Sampaio, daí a explicação para a minha dúvida. Acho desnecessário o tom agressivo das respostas, principalmente me classificando como mal intencionado. Justifico afirmando que sempre tive a melhor das intenções no que diz respeito ao meu time do coração por isso me preocupo e tenho curiosidade de saber de tudo o que acontece com o Sampaio e com seu patrimônio, uma vez que os dirigentes passam e o clube continua. O Sampaio pertence à sua enorme torcida e por isso temos o direito de sermos informados de todas as mudanças, sejam elas patrimoniais, financeiras ou de qualquer outra ordem.
    Um abraço e obrigado pelos esclarecimentos.

    Luiz Mauro – Fortaleza (CE)

  • SELMA

    Zeca, seria possível você enviar para o meu e-mail uma foto de rosto visível desse Boiadeiro (gerente do Sampaio)? Gostaria de me certificar se é a mesma pessoa que estou pensando ser, ok? Obrigada. Um abraço.

  • urgente

    Zeca.poderia me enviar a foto do assassino de alean mendonço, pois é muito importante