5 comentários para "Repercussão no Jornal Nacional"

  • Otávio

    Pegou muito mal para São Luís.

  • CARNEIRO JR

    COMO TODO RESPEITO À INICIATIVA DO DIRETOR DO SOCORRÃO I, EU CONSIDERO UMA DEMONSTRAÇÃO DE INEXPERIÊNCIA ADMINISTRATIVA QUE FOI CHANCELADA PELO GESTOR MAIOR, OU SERÁ GESTOR MENOR…
    UM CHEFE NÃO PODE FICAR LAMENTANDO GESTÃO SUPOSTAMENTE FRAUDULENDA E/OU IRRESPONSÁVEL DO SUBSTITUIDO.
    O MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS NÃO PODE FICAR A MERCÊ DE “PEDIÇÕES” DE USUÁRIOS A GRUPOS VIRTUAIS….ADMINISTRAR NÃO É E NÃO PODE SE AFEIÇOAR A ISSO…
    QUEM PENSAR QUE ADMINISTRAR É FÁCIL QUE NÃO SE CANDIDATE…
    QUE FIQUE BEM CLARO QUE NÃO PACTUO COM A GESTÃO ANTERIOR, SOMENTE MANFESTO MINHA POSIÇÃO CONTRÁRIA AO QUE HOJE SE INSTALA COMO NOVO.
    MUDANÇA NÃO É ISSO!

  • Noleto

    Nota do PSTU sobre a questão municipal – São Luís
    O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) que nas eleições municipais de São Luís lançou a candidatura de Marcos Silva e Kátia Ribeiro, obtendo mais de 2% dos votos válidos e que declarou voto nulo no 2º turno, vem por meio desta nota divulgar sua posição política em relação aos últimos fatos relacionados ao final do mandato de João Castelo e início da gestão Edvaldo Holanda.

    Prisão para Castelo e sua trupe ! Respeito aos servidores municipais!

    Os servidores municipais de São Luís amargaram no final de 2012 mais um calote da administração de João Castelo, do PSDB. Todos os trabalhadores da prefeitura tiveram seus pagamentos de dezembro cancelados após o prefeito derrotado nas eleições ter deixado um rombo nos cofres da Prefeitura.

    No final do mandato, o prefeito João Castelo priorizou o pagamento de fornecedores e empreiteiras, ou seja, seus doadores de campanha que após a derrota eleitoral não poderiam ficar no prejuízo. Além disso, os serviços básicos de saúde, educação e trânsito estão sucateados e a dívida do município está em torno de R$ 800 milhões, uma mostra do caos instaurado na cidade nos quatro anos da administração castelista.

    O ex-prefeito João Castelo (PSDB) tem total responsabilidade sobre a situação caótica e a sua derrota eleitoral foi a expressão da insatisfação da população com seu (des)governo. Diante das improbidades e dos casos de corrupção trazidos à tona é preciso ir além e exigir a responsabilização criminal pelas atrocidades cometidas à frente da Prefeitura. Por isso, nós do PSTU defendemos punição exemplar aos responsáveis: Prisão para Castelo e sua trupe!

    É preciso exigir das instituições públicas, principalmente da Polícia Federal e do Ministério Público, uma investigação completa e rigorosa da antiga administração João Castelo, que garanta também a devolução aos cofres públicos de todo dinheiro, onde for comprovado fraude, corrupção e desvios. Não é possível manter a postura de omissão e descaso verificada na comissão de transição do atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior/Roberto Rocha, onde seria possível evitar absurdos, como o atraso dos salários dos servidores.

    Também discordamos da proposta absurda de parcelamento do salário de dezembro em três parcelas feita pelo prefeito Edivaldo Holanda (PTC) por ser prejudicial aos trabalhadores, que já sofrem com o arrocho salarial e a falta de uma política de valorização. Além de evitar, o atual governo tem a responsabilidade de buscar os recursos necessários, seja com orçamento próprio ou junto ao Governo Federal, sem penalizar os servidores.

    Os governos mudam, promessas são feitas, mas tudo continua como sempre. A responsabilidade fiscal fica acima dos direitos dos trabalhadores, embora para os grandes empresários não existam limites para o Estado se endividar.

    Nós do PSTU acreditamos que os servidores municipais merecem ser tratados com mais respeito. Há servidores contratados que estão com 8 meses em atraso, há escolas sem aulas devido à falta de segurança, pois os vigilantes estão com 3 meses de salários atrasados. Basta de atrasos! Pagamento integral já!

    Neste início de ano conclamamos os servidores, suas entidades e a população ludovicense em geral para se mobilizar exigindo a responsabilização dos culpados pelo caos instaurado na cidade e impedir que os trabalhadores sejam injustamente penalizados por esta situação criada pelos governantes.

    Prisão para Castelo e sua trupe!
    Basta de atrasos! Pagamento integral já!
    Nenhum direito a menos!

    São Luís, 8 de janeiro de 2013

  • ismar martins

    isso é uma vergonha para os maranhanse,se diz q oama o maranhão,resouvi sarney esta setuaçao,se o castlo fosse do seu lado nao tinha comentários do desvil do dinheiro publico,mas ele nõa faz parte da companhia!!!!

  • CESAR FM

    Nada contra a reportagem coisas ruins a exemplo das boas também tê-em que serem mostradas mais isso seria interessante se a saúde no Rio de Janeiro e São Paulo as principais cidades do Brasil, fossem melhores do que a nossa, infelizmente eles escondem suas mazelas para mostrar as dos outros. Aquele velho ditado quem cuida dos rabos dos outros esquecem do seu. E a rabada deles é imensa.